Luiz Salomão Chamma

Luiz Salomão Chamma (12 de maio de 1923 - 19 de fevereiro de 1995) foi vereador e prefeito do município de Mairiporã.


Luiz Salomão Chamma
Vereador de Mairiporã
Período 1° de janeiro de 1960 a 31 de dezembro de 1963
Vereador de Mairiporã
Período 1° de janeiro de 1964 a 31 de dezembro de 1968
Prefeito de Mairiporã
Período 1° de janeiro de 1969 a 31 de dezembro de 1972
Vice-prefeito Ademar Valter Coimbra
Prefeito de Mairiporã
Período 1° de janeiro de 1977 a 31 de dezembro de 1982
Vice-prefeito José Aparecido Cardoso da Silva
10° Prefeito de Mairiporã
Período 1° de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992
Vice-prefeito Arlindo Carpi
Dados pessoais
Nascimento 12 de maio de 1923
Juquery, SP. Brasil
Morte 19 de fevereiro de 1995 (71 anos)
Progenitores Mãe: Seleia Salomão Nicolau
Pai: Cecílio Salomão Chamma
Cônjuge Dorothy Teixeira Pinheiro
Filhos José Luiz e Tereza
Partido Partido Democrático Social (PDS)
Ocupação Sapateiro, taxista e comerciante

BiografiaEditar

Luiz Salomão Chamma nasceu em 12 de maio de 1923 no município de Juquery, tendo começado sua trajetória como sapateiro, além disso foi taxista e comerciante. Era também jogador no time Olaria Esporte Clube, time fundado em 9 de julho de 1960[1], sendo um dos fundadores do mesmo.

Casou-se com Dorothy Teixeira Pinheiro, com quem teve os filhos José Luiz e Tereza[2]

Faleceu em 19 de fevereiro de 1995.

Prefeito de MairiporãEditar

Início de governo e a criação de órgãosEditar

Nesse mandato instalou o prédio municipal, com a vara judicial e fundou a merenda escolar municipal.

Investimento em educaçãoEditar

No novo mandato, o prefeito Luiz Salomão Chamma, asfaltou grande quantidade de ruas da periferia, construiu a creche do Fernão Dias, hoje denominada como Creche "Maria Terezinha Rocha Chamma" e várias escolas rurais.[3][4]

Investimento em saúde, criação do distrito de Terra PretaEditar

No novo mandato, investiu na área da saúde do município[3] e criou o Distrito de Terra Preta ao promulgar a lei n°1.534 de 29 de abril de 1991.[5]

HomenagemEditar

Com a promulgação da Lei n°9.393 de 1996, foi denominada como "Prefeito Luiz Salomão Chamma" a rodovia estadual 023 que liga Mairiporã a Franco da Rocha.[4]

Referências

  1. «OLARIA ESPORTE CLUBE DE MAIRIPORÃ (SP) | História do Futebol» 
  2. ESTADO DE SÃO PAULO, LEI nº 9393, de 16 de outubro de 1996. Dá denominação de "Prefeito Luiz Salomão Chamma" à Rodovia Estadual 023, que liga Mairiporã a Franco da Rocha.. Diário Oficial do Estado de São Paulo, São Paulo, v. 106, n. 200, p. 1-1, 17 de outubro de 1996.
  3. a b Sapienza, Vitor (1 de agosto de 1995). «Projeto de Lei n° 0.508, de 1995». Diário Oficial do Estado de São Paulo. Consultado em 28 de março de 2020 
  4. a b ESTADO DE SÃO PAULO, Lei nº 9.393, de 16 de outubro de 1996, Lei n° 9.393. Dá denominação de "Prefeito Luiz Salomão Chamma" à Rodovia Estadual 023, que liga Mairiporã a Franco da Rocha.. Diário Oficial do Estado de São Paulo, n. 1, 16 de outubro de 1996.
  5. MUNICÍPIO DE MAIRIPORÃ, Lei nº 1.534, de 29 de abril de 1991. FICA CRIADO O DISTRITO DE TERRA PRETA, CONFORME AUTORIZA O ARTIGO 128 E SEGUINTES DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO., 29 de abril de 1991.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
Florêncio Pereira
Prefeito de Mairiporã
1969 - 1972
Sucedido por
Aloysio Salotti

Precedido por
Aloysio Salotti
Prefeito de Mairiporã
1977 - 1982
Sucedido por
Jair Oliveira

Precedido por
Jair Oliveira
Prefeito de Mairiporã
1989 - 1992
Sucedido por
Sarkis Tellian