Abrir menu principal

Madagascar: Escape 2 Africa

Gogh
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Madagascar: Escape 2 Africa
Madagáscar 2 (PRT)
Madagascar 2: A Grande Escapada (BRA)
Cartaz promocional do filme.
 Estados Unidos
2008 •  cor •  89 min. min 
Direção Eric Darnell
Tom McGrath
Produção Mireille Soria
Mark Swift
Roteiro Etan Cohen
Eric Darnell
Tom McGrath
Elenco Ben Stiller
Chris Rock
David Schwimmer
Jada Pinkett Smith
Sacha Baron Cohen
Cedric the Entertainer
Andy Richter
Bernie Mac
Alec Baldwin
Sherri Shepherd
will.i.am
Gênero animação
comédia
aventura
Música Hans Zimmer
will.i.am
Edição Mark A. Hester
Companhia(s) produtora(s) DreamWorks Animation
Pacific Data Images
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 7 de novembro de 2008
Portugal 27 de novembro de 2008
Brasil 12 de dezembro de 2008
Idioma inglês
Orçamento US$ 90 milhões
Receita US$ 603.900.354
Cronologia
Madagascar (2005)
Madagascar 3: Europe's Most Wanted (2012)

Madagascar 2: Escape 2 Africa (no Brasil, Madagascar 2: A Grande Escapada e em Portugal Madagáscar 2) é um filme de animação estadunidense do gênero comédia lançado em 2008, produzido pela DreamWorks Animation e distribuído pela Paramount Pictures. É a sequência do filme Madagascar de 2005 e a segunda parte da franquia e mostra as aventuras de Alex, o leão, Marty, a zebra, Melman, a girafa, e Gloria, a hipopótamo. Foi dirigido por Eric Darnell e Tom McGrath, com roteiro sendo escrito por Etan Cohen, Darnell e McGrath. Ben Stiller, Chris Rock, David Schwimmer, Jada Pinkett Smith, Sacha Baron Cohen, Cedric the Entertainer, Andy Richter, e Elisa Gabrielli reprisam seus papéis do primeiro filme, sendo unidos com novos integrantes do elenco como Bernie Mac, Alec Baldwin, Sherri Shepherd e will.i.am.

O filme começa mostrando uma pequena parte do início da vida de Alex, incluindo sua captura por caçadores, e depois muda para um pouco depois do ponto em que o primeiro filme terminou, com os animais decidindo voltar para a cidade de Nova York. Eles viajam utilizando um avião acidentado em Madagascar, mas acabam por cair na África, onde cada um dos personagens centrais conhece outros da mesma espécie e onde Alex se reúne com seus pais.

Madagascar: Escape 2 Africa foi lançado em 7 de novembro de 2008 e arrecadou US$ 603,9 milhões contra um orçamento de US$ 150 milhões, tornando-o o sexto filme de maior bilheteria daquele ano.[1] Foi dedicado a Bernie Mac, o dublador do pai de Alex, que morreu antes do lançamento do filme.[2] A sequência Madagascar 3: Europe's Most Wanted foi lançada em 2012.

EnredoEditar

Zuba, um leão líder de uma grande alcateia de leões, está ensinando seu filho Alekey (o futuro Alex), ainda filhote, a lutar, para que este, no futuro, saiba assumir a liderança. No entanto, o filhote não segue as instruções do pai, preferindo dançar. Então, Zuba tenta demonstrar a ele como é que se faz, lutando com seu rival, Makunga, que o desafia. No entanto, o pequeno leão acaba se distraindo e capturado por caçadores. Zuba, que presencia tudo, ainda tenta, com toda sua força e velocidade, alcançá-los, mas não consegue. Por um descuido, Alekey, que está preso em uma caixa, acaba caindo do jipe onde estava e indo parar dentro de um rio. Mais tarde, ele é encontrado na cidade de Nova York, e levado para um zoológico. Lá, ele tenta demonstrar suas graciosas danças para o público, que o aplaude sem parar. O tempo passa, e então podemos ver esse mesmo leãozinho, agora já crescido, virar o famoso Alex, que continua suas magníficas apresentações e sendo aplaudido calorosamente pelos fãs. Depois desse longo período, a história volta ao momento em que os animais haviam sumido do zoológico do Central Park, com os jornais anunciando essa perda, e também noticiando o desaparecimento do cargueiro que os levava para a África do Sul.[3]

A história avança mais um pouco, e então finalmente chegamos ao momento em que Alex, Marty, Gloria e Melman estão em Madagascar, se despedindo dos lêmures e se aprontando para escapar do local, em um velho avião de guerra caído na ilha que foi consertado pelos pinguins. Junto com eles, viajarão também o rei Julien, Maurice e o pequeno Mort. Finalmente, eles conseguem fazer o avião decolar e partem rumo a sua cidade natal. Todavia, em determinado momento, o combustível do veículo acaba, uma vez que há muito tempo não tinha sido abastecido. Neste momento, ele pára e começa a cair, provocando desespero nos animais. No entanto, os pinguins conseguem dar um jeito de fazê-lo pousar em segurança em algum lugar da África.[3]

Ao sair do avião e caminhar um pouco, o grupo se depara com um lugar enorme, onde estão vivendo animais semelhantes a eles, mas habituados à vida selvagem. Naquele momento, eles percebem que suas raízes estão, na verdade, ali.[3]

Nessa aventura, os quatro amigos precisam passar por vários momentos. Marty encontra várias zebras iguaizinhas a ele, o que o deixa orgulhoso por estar em um verdadeiro bando, algo que nunca havia acontecido com ele; Gloria, desejando entrar em um relacionamento, percebe que sua chance está bem perto dela, quando vê vários hipopótamos machos reunidos. No entanto, um deles é especial, pois é admirado por todas as fêmeas do local: Moto-Moto, o hipopótamo mais popular da savana. Este se apaixona de cara por Gloria, e pretende conquistar seu coração a todo custo; Melman, percebendo que por ali não havia médico, sugere que as girafas dali arrumem um. Estas dizem que tinha uma vaga para o curandeiro do bando, e propõem a ele o seja; os pinguins, vendo o estrago do avião, decidem consertá-lo novamente. Para isso, precisam contar com muita mão-de-obra, tanto sua como de um grupo enorme de chimpanzés.[3]

Alex consegue reencontrar sua família, de quem nunca teve notícias nem se lembrava. Zuba, seu pai, ao vê-lo, fica extremamente feliz e decide comemorar sua volta, juntamente com sua mãe e todos os leões do bando. O que ninguém sabia, no entanto, era que Makunga, ainda desejando tomar o controle da alcateia, estava planejando usar Alex para conseguir o que queria.[3]

Em um esquema para expulsar Zuba como leão alfa, Makunga insiste que Alex complete um rito de passagem, que Alex confunde com um concurso de talentos, mas na verdade é um concurso de luta; Makunga persuade Alex a escolher o leão mais forte como seu oponente, resultando na derrota humilhante de Alex. Confrontado com o dever de banir seu filho, Zuba renuncia ao seu título de leão-alfa e Makunga assume o posto no lugar. Zuba acusa com raiva o filho de suas dificuldades e o deserda. Enquanto isso, Marty fica abatido ao perceber que as outras zebras podem fazer tudo o que ele faz, acreditando que ele não é mais único; Melman acredita que ele está mortalmente doente e o interesse de Gloria em Moto Moto o entristece, já que ele a ama secretamente há muito tempo. Os quatro amigos discutem calorosamente um com o outro; Gloria tem um encontro com Moto Moto, mas perde o interesse quando ela percebe que ele só é atraído por ela por causa de seu tamanho.[3]

No dia seguinte, os animais entram em pânico quando a lagoa da savana seca. Determinado a se redimir, Alex conserta sua amizade com Marty e eles deixam a reserva para investigar a falta de água no rio. Julien sugere que oferecer um sacrifício ao vulcão próximo restaurará a água; Melman, abandonado e acreditando que está morrendo, se oferece para ser sacrificado, com Gloria tentando o impedir de pular no vulcão e percebe que ele é o cara perfeito para ela. Alex e Marty descobrem que os nova-iorquinos assaltados pelos pinguins anteriormente construíram um acampamento e represaram o rio, o que causou a falta d'água; Alex é descoberto e capturado por eles. Zuba corre para ajudá-lo e também é cercado, mas Alex os salva dançando para os turistas, que se lembram dele com carinho do zoológico. Marty, Melman, Gloria, os pinguins e os chimpanzés chegam no avião de guerra consertado e ajudam Alex a destruir a represa, restaurando a água da savana. Makunga reforça sua liderança e bane novamente Zuba e sua família, mas Alex o engana para que ele seja dominado por golpes pela idosa Nana, uma velha durona que espancou Alex durante os eventos do primeiro filme. Alex e Zuba se reconciliam e se tornam co-líderes da savana.[3]

Após resolvido o problema, os pinguins e os chimpanzés partem para uma "lua de mel" em Monte Carlo, enquanto Alex, Marty, Melman, Gloria e os lêmures decidem viver felizes na savana por um tempo.[3]

ElencoEditar

Personagem Espécie Dublador   Dublador  [4] Dublador  
Alex (Alekey) Leão(oa) Ben Stiller Alexandre Moreno Pedro Laginha
Zuba Bernie Mac José Santana
-
Makunga Alec Baldwin Márcio Simões Rui Unas
Florrie Sherri Shepherd Emilia Rey
-
Teetsi Fred Tatasciore Bruno Rocha
Marty Zebra Chris Rock Felipe Grinnan (adulto)
Matheus Perissé (filhote)
Rui Oliveira
Melman Girafa David Schwimmer Ricardo Juarez (adulto)
Erik Lopes (filhote)
Bruno Nogueira
Glória Hipopótama(o) Jada Pinkett Smith Heloísa Perissé (adulta)
Helena Palomanes (filhote)
Leonor Alcácer
Moto-Moto will.i.am Sérgio Loroza Pacman
Hipopótama (Colega da Glória) Fergie Carla Pompílio
-
Rei Julien Lêmure Sacha Baron Cohen Guilherme Briggs Marco d'Almeida
Maurice Aie-aie Cedric the Entertainer Ricardo Schnetzer Fernando Luís
Capitão Pinguim Tom McGrath Claúdio Galvan Bruno Ferreira
Kowalski Chris Miller Eduardo Dascar Rui Paulo
Recruta Christopher Knights Gustavo Veiga Carlos Macedo
Rico John DiMaggio Marcelo Sandryni Peter Michael
Mason Macaco Conrad Vernon Pedro Eugênio
-
Nona Humano(a) Elisa Gabrielli Geisa Vidal
-
Guia Turístico Phil LaMarr Duda Espinoza
-
Créditos da dublagem brasileira

Estúdio: Delart, RJ

Direção: Marlene Costa

Direção Musical: Marcelo Coutinho

Trilha sonoraEditar

  1. "Once Upon A Time In Africa" by Hans Zimmer
  2. "The Traveling Song" by will.i.am
  3. "Party, Party, Party" by Hans Zimmer
  4. "I Like to Move It" by will.i.am
  5. "The Good, The Bad and The Ugly (Polka Version)" by Hans Zimmer
  6. "Big And Chunky" by will.i.am
  7. "Chums" by Hans Zimmer
  8. "New York, New York (Polka Version)" by Hans Zimmer
  9. "Volcano" by Hans Zimmer
  10. "Rescue Me" by Hans Zimmer
  11. "More Than A Feeling" by Boston
  12. "She Loves Me" by will.i.am
  13. "Foofie" by Hans Zimmer
  14. "Copacabana (At the Copa)" by Barry Manilow
  15. "Monochromatic Friends" by Hans Zimmer
  16. "Best Friends" by will.i.am
  17. "Alex On The Spot" by Hans Zimmer and will.i.am

ClipesEditar

  1. "I Like To Move It" by will.i.am
  2. "She Loves Me" by will.i.am

RecepçãoEditar

Comentários do filme foram, em geral, foram bem favoráveis conquistando 78% no Rotten Tomatoes, levando o consenso "Madagascar: Escape 2 Africa" é uma continuação bem elogiável para aquela estória, uma continuação digna com relação ao primeiro filme, personagens antagonistas que dão mais gás a estória fazendo-a mais polpa-out,uma animação mais nítida e humor mais consistente.[5] ''. No Metacritic, o filme mantém uma pontuação de 68 em 100, com base em 26 críticos, indicando "revisões geralmente positivas ao longa".[6]

Estreou no topo das bilheterias americanas com 68 milhões de dólares.[7] Faturou 180 milhões de dólares na América do Norte e US$ 603 milhões mundialmente, a 6ª maior bilheteria de 2008.[8] No Brasil, atraiu mais de 5 milhões de espectadores. Em Portugal, foi o segundo maior público de 2008 (atrás de Mamma Mia!) com 700 000 espectadores.[9]

SequênciaEditar

 Ver artigo principal: Madagascar 3

Mesmo antes de Madagascar 2 ser lançado nos cinemas, o CEO da DreamWorks Animation, Jeffrey Katzenberg, confirmou mais um filme para a série, estragando para alguns a surpresa de o que pode acontecer no final do segundo filme da franquia. Katzenberg acabou revelando que “com certeza todos querem ver estes bichos voltarem para Nova York”.[10] A confirmação do novo longa o levou a ser lançado por volta do ano de 2011, mesmo ano em que a continuação de Kung Fu Panda também chegou aos cinemas.[11]

JogoEditar

Referências

  1. «2008 Worldwide Grosses». Box Office Mojo. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  2. Rodriguez, Brenda (24 de novembro de 2008). «Remembering Bernie Mac». People. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  3. a b c d e f g h «Madagascar 2 - AdoroCinema». Consultado em 15 de novembro de 2019 
  4. Léo Francisco (11 de dezembro de 2008). «Conheça o elenco de dubladores de "Madagascar 2"». Cinema com Rapadura. Consultado em 19 de novembro de 2012. Arquivado do original em 21 de fevereiro de 2014 
  5. «Madagascar: Escape 2 Africa». www.rottentomatoes.com. 7 de novembro de 2008. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  6. «Madagascar: Escape 2 Africa». Metacritic. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  7. «Weekend Box Office». Box Office Mojo (em inglês). 7–9 de novembro de 2008. Consultado em 26 de abril de 2012 
  8. «Madagascar: Escape 2 Africa». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 26 de abril de 2012 
  9. «Ranking dos Filmes Exibidos: Janeiro a Dezembro 2008» (PDF). Ministério da Cultura (Portugal). Consultado em 26 de abril de 2012. Arquivado do original (PDF) em 20 de setembro de 2008 
  10. «Katzenberg Planning 3rd Madagascar, 2nd Kung Fu Panda». Comingsoon.net (em inglês). 14 de agosto de 2008. Consultado em 26 de abril de 2012 
  11. «DreamWorks Confirms Madagascar 3 is Coming». IGN Movies (em inglês). 9 de janeiro de 2009. Consultado em 26 de abril de 2012 

Ligações externasEditar