Abrir menu principal

Hans Zimmer

Compositor de Trilha Sonora - (Soundtrack Composer)
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Hans Zimmer
Hans Zimmer em 2018
Informação geral
Nome completo Hans Florian Zimmer
Nascimento 12 de setembro de 1957 (62 anos)
Origem Frankfurt
País  Alemanha
Gênero(s) Trilha sonora
Ocupação(ões) Compositor
Produtor Musical
Instrumento(s) Piano
Teclado
Guitarra
Banjo
Violão
Período em atividade 1982-presente
Gravadora(s) Remote Control Productions
Página oficial hans-zimmer.com

Hans Florian Zimmer (Frankfurt, 12 de Setembro de 1957) é um compositor alemão, conhecido por seus trabalhos com trilha sonoras de vários filmes. Hans possui mais de 110 prêmios de 178 indicações na carreira, sendo o segundo compositor de trilha sonoras para filmes mais premiado da história, ficando atrás apenas de John Williams que possui 112 prêmios de 231 indicações segundo o IMDb.

Índice

BiografiaEditar

Nascido em Frankfurt, Zimmer iniciou sua carreira musical tocando teclados e sintetizadores, entre outros instrumentos, com as bandas 'Ultravox' e 'The Buggles' ("Video Killed the Radio Star"). Nos anos 80, começou a compor e produzir trilhas sonoras para filmes. Seu primeiro grande sucesso veio em 1988 com o tema de Rain Man, pelo qual foi indicado ao Oscar. Desde então, tem composto música para muitos filmes como O Último Samurai, Gladiador, Falcão Negro em Perigo, Hannibal, O Código Da Vinci, Pearl Harbor , Interestelar e Missão Impossível 2. Além de filmes, Zimmer, também contribuiu para o DVD da banda finlandesa "Nightwish", "End of an era". Zimmer, compôs a música de introdução, e de final também. Zimmer também compôs parte da trilha sonora da série Piratas do Caribe, trabalho que define muito bem o estilo do compositor. Compôs a trilha sonora de The Dark Knight junto com James Newton Howard. Também contribuiu nos arranjos do álbum de Tarja Turunen, My Winter Storm. Em 2008 ele compôs para o filme de animação Kung Fu Panda, da DreamWorks, junto com John Powell. Ainda em 2008, Hans compôs para mais um filme de animação da DreamWorks Animation, Madagascar: Escape 2 Africa, junto com will.i.am. E em 2009, compôs a trilha sonora de Anjos e Demônios e do jogo Call of Duty: Modern Warfare 2, considerado o maior sucesso da industria dos jogos e um dos maiores sucessos da industria do entretenimento.

Também 2009 compôs a trilha sonora de Sherlock Holmes, com a qual foi indicado ao Oscar, porém perdeu para o filme Up: Altas Aventuras. Em 2010 fez a trilha de A Origem, continuando sua colaboração com o diretor Christopher Nolan, além de ter participado também da composição da trilha sonora da mini série The Pacific. Um dos trabalhos notáveis de Zimmer foi em seu trabalho em The Dark Knight - o segundo filme da trilogia de Christopher Nolan . Em dezembro de 2010, foi anunciado que Zimmer será o compositor do filme Homem de Aço, produzido por Nolan e dirigido por Zack Snyder. Embora a esposa de Nolan, Emma Thomas tenha dito que Nolan não vá interferir demais no filme do Homem de Aço, Zimmer é bem próximo de Nolan. Zimmer também fez a trilha sonora de Sherlock Holmes 2 e The Dark Knight Rises, último filme da trilogia Batman, dirigido por Nolan. Em um de seus ultimos trabalhos ele colaborou na composição da trilha sonora dos jogos Crysis 2 e Guild Wars 2. Em 2013 como seu último trabalho compôs a trilha sonora do jogo de Playstation 3, Beyond: Two Souls.

Em 2014, Zimmer compôs toda a trilha sonora do aclamado filme Interestelar, uma vez mais dirigido por seu parceiro e amigo Nolan. A trilha sonora ficou tão surpreendente que é considerado pela critica mundial como a melhor obra prima de Zimmer, onde suas musicas neste filme são as mais visualizadas em todas as mídias como youtube. Prova é que o filme Interestelar está entre os 20 melhores filmes de todos os tempos da historia do cinema no respeitado site Imdb. Também em 2014, Zimmer compôs a música tema da Tomorrowland , em comemoração aos 10 anos do festival

Zimmer também foi o resposável pela composição da música tema de abertura da "Copa do Mundo FIFA Rússia 2018", para a TV.

FilmografiaEditar

PrêmiosEditar

Em 1995 foi premiado com o Oscar de Melhor Trilha Sonora pelo filme The Lion King, que transporta o ouvinte para o mundo africano. Zimmer foi indicado ao Oscar pelas trilhas sonoras de Rain Man, The Preacher's Wife, As Good as It Gets, The Prince of Egypt, The Thin Red Line, Gladiator, Sherlock Holmes, Inception e Interstellar. Na disputa pelo Globo de Ouro foi indicado 13 vezes e ganhou o prêmio 2 vezes por The Lion King e Gladiator.

Em dezembro de 2010, ganhou uma estrela na Calçada da Fama, em Los Angeles, Califórnia. No momento da entrega, ele dedicou o evento ao seu agente e amigo de longo prazo, Ronni Chasen, que havia morrido no mês anterior a tiros durante um assalto.

OscarEditar

  • 2018 – Dunkirk
  • 2014 – Interstellar
  • 2011 – Inception
  • 2010 – Sherlock Holmes
  • 2001 – Gladiator
  • 1999 – The Thin Red Line
  • 1999 – The Prince of Egypt
  • 1998 – As Good as It Gets
  • 1997 – The Preacher's Wife
  • 1995 – The Lion King *Vencedor*
  • 1989 – Rain Man

Globo de OuroEditar

  • 2018 – Dunkirk
  • 2017 – Hidden Figures
  • 2015 – Interstellar
  • 2014 – 12 Years a Slave
  • 2011 – Inception
  • 2009 – Frost/Nixon
  • 2007 – The Da Vinci Code
  • 2005 – Spanglish
  • 2004 – The Last Samurai
  • 2003 – Spirit: Stallion of the Cimarron
  • 2002 – Pearl Harbor
  • 2001 – Gladiator *Vencedor*
  • 1999 – The Prince of Egypt
  • 1995 – The Lion King *Vencedor*

EstiloEditar

O estilo de Zimmer é caracterizado pelo uso predominante de sons metálicos, combinados com coro de vozes marcantes. A mistura de sintetizadores com fundo orquestrado e melodias simplistas, como as presentes nas trilhas de Pearl Harbor, Piratas do Caribe e Gladiador, são constantes em muitos de seus trabalhos.

Alguns compositores de estilo similar: Nick Glennie-Smith, Harry Gregson-Williams e ocasionalmente James Horner.

Ligações externasEditar