Abrir menu principal
Marcondes Gadelha
Deputado federal pela Paraíba
Período 1 de janeiro de 1971
até 15 de março de 1983
1 de fevereiro de 1999
até 31 de janeiro de 2011
1 de dezembro de 2015
até 31 de março de 2016
17 de maio de 2018
até atualmente
Senador pela Paraíba
Período 15 de março de 1983
até 14 de março de 1991
Dados pessoais
Nascimento 23 de julho de 1943 (76 anos)
Sousa, PB
Partido PSC
Profissão Médico

Marcondes Iran Benevides Gadelha (Sousa, 23 de julho de 1943) é um médico e político brasileiro.[1] É vice-presidente nacional do Partido Social Cristão (PSC).

Marcondes é irmão do deputado estadual Renato Gadelha e do ex-prefeito Salomão Gadelha e pai do deputado federal Leonardo Gadelha.

BiografiaEditar

Nasceu em Sousa, município localizado no Sertão Paraibano, formou-se em Medicina pela Universidade Federal de Pernambuco e iniciou a carreira política no final dos anos 60. Ao longo das décadas seguintes exerceu diversos cargos.

Foi eleito deputado federal por três legislaturas consecutivas, nos períodos de 1971 a 1975, 1975 a 1979, e 1979 a 1983.[1] Foi senador da república no período de 1983 a 1991.[1] Em 1989, candidatou-se a vice-presidente, na chapa de Silvio Santos, pelo PMB. Mas o registro da chapa Silvio–Marcondes foi impugnado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por conta do cancelamento do registro do PMB, a pedido da campanha de Fernando Collor.

No final da década de 1990, voltou a eleger-se deputado federal, por mais três legislaturas: 1999 a 2003, 2003 a 2007, e 2007 a 2011.[1] Em 2010, candidatou-se a primeiro suplente de senador na chapa de Wilson Santiago.

Para a 54.ª legislatura, foi eleito apenas suplente de deputado federal, mas com o falecimento do deputado federal Rômulo Gouveia, assumiu a vaga em 17 de maio de 2018.[2]

Referências

  1. a b c d Câmara dos Deputados. «Biografia». Consultado em 31 de julho de 2018 
  2. «Marcondes Gadelha assume mandato que era de Rômulo Gouveia». Política & Etc. 17 de maio de 2018. Consultado em 17 de maio de 2018