Maria Francisca de Sulzbach

aristocrata alemã

Maria Francisca Doroteia Cristina de Sulzbach (15 de Junho de 172415 de Novembro de 1794), foi uma condessa do Palatinado-Sulzbach e membro da Casa de Wittelsbach por nascimento e, por casamento, foi condessa do Palatinado e duquesa de Zweibrücken-Birkenfeld.

Maria Francisca
Condessa Palatina de Zweibrücken
Condessa Palatina de Sulzbach
Maria Francisca
Cônjuge Frederico Miguel, Conde Palatino de Zweibrücken
Descendência Carlos II Augusto, Duque de Zweibrücken
Clemente Augusto do Palatinado-Zweibrücken
Amália do Palatinado-Zweibrücken
Maria Ana do Palatinado-Zweibrücken
Maximiliano I José da Baviera
Karl Friedrich Stephan
Casa Wittelsbach
Nome completo em alemão: Maria Franziska Dorothea Christina von Pfalz-Sulzbach
Nascimento 15 de junho de 1724
  Schwetzingen, Baden-Württemberg
Morte 15 de novembro de 1794 (70 anos)
  Sulzbach-Rosenberg, Baviera
Pai José Carlos do Palatinado-Sulzbach
Mãe Isabel Augusta Sofia de Neuburgo

Nascida em Schwetzingen, era a quinta filha de José Carlos do Palatinado-Sulzbach e da condessa Isabel Augusta Sofia de Neuburgo. Entre os seus seis irmãos, apenas ela e duas irmãs mais velhas chegaram à idade adulta: Isabel Augusta e Maria Ana.

VidaEditar

O seu pai era o sucessor designado do seu sogro, Carlos III Filipe, Eleitor Palatino, mas nunca chegou a subir ao trono, uma vez que morreu novo em 1729. A irmã mais velha de Maria Francisca, Isabel Augusta, acabaria por se casar com o herdeiro seguinte do Palatinado, Carlos Teodoro, Príncipe-Eleitor da Bavaria.

Após a morte de Carlos Teodoro em 1799 sem deixar descendentes legítimos, o Palatinado e a Baviera foram herdados pelo filho mais novo de Maria Francisca, Maximiliano IV José (depois rei Maximiliano I da Baviera); assim, Maria Francisca tornou-se antepassada dos reis da Baviera até 1918 e, depois, do ramo da Casa de Wittelbach que ainda sobrevive até hoje.

A 6 de Fevereiro de 1746, Maria Francisca casou-se com Frederico Miguel, Conde Palatino de Zweibrücken-Birkenfeld. Depois de dar à luz cinco filhos, a sua relação com o marido começou a esmorecer a partir de 1760.

Segundo a própria, Francisca foi seduzida pelo mau exemplo da corte e teve um caso amoroso com um actor de Mannheim. Quando engravidou dele, foi expulsa da corte. Em Estrasburgo deu à luz um filho e, depois, foi condenada a um estado de quase prisão numa série de conventos, primeiro no das Irmãs Ursulinas em Metz e depois no das Irmãs Augustinianas em Bonnevoye no ducado de Luxemburgo. Quando o seu marido morreu em 1767, Maria Francisca recebeu permissão para regressar ao Castelo de Sulzbach.

Maria Francisca morreu em Sulzbach e foi sepultada na igreja paroquial local. O seu coração foi enterrado em separado e, desde 1983, encontra-se no Altar de Nossa Senhora Altötting.

DescendênciaEditar

  1. Carlos II Augusto, Duque de Zweibrücken (29 de Outubro de 1746 – 1 de Abril de 1795), casado com a princesa Maria Amália da Saxónia; com descendência.
  2. Clemente Augusto do Palatinado-Zweibrücken (18 de Setembro de 1749 – 19 de Junho de 1750), morreu com nove meses de idade
  3. Amália do Palatinado-Zweibrücken (10 de Maio de 1752 – 15 de Novembro de 1828), casada com o rei Frederico Augusto I da Saxónia; com descendência.
  4. Maria Ana do Palatinado-Zweibrücken  (18 de Julho de 1753 – 4 de Fevereiro de 1824), casada com o duque Guilherme da Baviera; com descendência.
  5. Maximiliano I José da Baviera (27 de Maio de 1756 – 13 de Outurbro de 1825), rei da Baviera entre 1799 e 1806. Casou-se primeiro com a princesa Augusta Guilhermina de Hesse-Darmstadt; com descendência. Casou-se depois com a princesa Carolina de Baden; com descendência.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Maria Francisca de Sulzbach em três gerações[1]
Maria Francisca de Sulzbach Pai:
José Carlos do Palatinado-Sulzbach
Avô paterno:
Teodoro Eustáquio do Palatinado-Sulzbach
Bisavô paterno:
Cristiano Augusto do Palatinado-Sulzbach
Bisavó paterna:
Amália de Nassau-Siegen
Avó paterna:
Maria Leonor de Hesse-Rotemburgo
Bisavô paterno:
Guilherme, Marquês de Hesse-Rotemburgo
Bisavó paterna:
Maria Ana de Lowenstein-Wertheim
Mãe:
Isabel Augusta Sofia do Palatinado-Neuburgo
Avô materno:
Carlos III Filipe, Eleitor Palatino
Bisavô materno:
Filipe Guilherme, Eleitor Palatino
Bisavó materna:
Isabel Amália de Hesse-Darmstadt
Avó materna:
Luísa Carolina Radziwiłł
Bisavô materno:
Boguslau Radziwiłł
Bisavó materna:
Ana Maria Radziwiłł
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria Francisca de Sulzbach

FontesEditar

  • thePeerage.com
  • Oskar Klausner: Die Familienzweige der pfälzischen Wittelsbacher. Die ersten Wittelsbacher, die Kurlinie, die Seitenlinien. Editorial Schimper, Heidelberg 1995.
  • Karl Weich: Mannheim - das neue Jerusalem. Die Jesuiten in Mannheim 1720–1773. Palatium-Editorial, Mannheim 1997, p. 142, 151.
  • «- Person Page 10565». thepeerage.com. Consultado em 16 de março de 2016