Maria Lúcia Lepecki

Maria Lúcia Torres Lepecki ComSE (Araxá, Minas Gerais, 1940Lisboa, 24 de Julho de 2011) foi uma professora universitária de literatura portuguesa, ensaísta e crítica literária.

Maria Lúcia Lepecki
Nome completo Maria Lúcia Torres Lepecki
Nascimento 1940
Araxá, Brasil
Morte 24 de julho de 2011 (71 anos)
Lisboa, Portugal
Nacionalidade brasileira
Ocupação Professora universitária de literatura portuguesa, ensaísta e crítica literária
Prémios Grande Prémio de Ensaio Literário APE/PT (2004)

BiografiaEditar

Maria Lúcia Lepecki nasceu em 1940 em Araxá, estado de Minas Gerais, no Brasil.[1][2]

Brasileira pelo nascimento, por altura de sua morte, a agência AP anunciou erroneamente que Maria Lúcia Lepecki tinha nacionalidade portuguesa por casamento.[2] Tal informação foi reproduzida em vários jornais, porém não corresponde aos factos. Maria Lúcia Lepecki nunca se casou com um cidadão português, nem nunca teve outra nacionalidade que não a brasileira.[3] Com residência fixa em Portugal a partir de 1970, Maria Lúcia Lepecki licenciou-se em Filologia Românica pela Universidade de Minas Gerais e doutorou-se, em 1967, com uma dissertação sobre Camilo Castelo Branco intitulada Sentimentalismo: Contribuição para o Estudo da Técnica Romanesca de Camilo.[1]

Foi professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa,[1] onde ensinou entre 1970 e 2008, e especialista nas áreas de Literatura Portuguesa dos séculos XIX e XX.

Foi professora visitante e conferencista em várias universidades europeias (Brown University, Sorbonne[carece de fontes?], Salamanca, Oxford, Budapeste e Varsóvia) e brasileiras (Minas Gerais e Rio de Janeiro).[1]

Colaborou com a Escola de Formação de Professores do Ensino Secundário da Cidade da Praia, em Cabo Verde.[1]

Na sua actividade de crítica literária, colaborou em várias revistas e jornais portugueses e estrangeiros.[1]

Foi colunista da revista mensal Super Interessante e membro do seu Conselho Consultivo. Na televisão, co-apresentou o programa Frou Frou, um magazine feminino da RTP1 em 1995, conjuntamente com Alexandra Lencastre, Margarida Pinto Correia, Catarina Portas e Margarida Martins.

Durante o encontro literário Correntes d'Escritas de 2008, Maria Lúcia Lepecki manifestou-se publicamente contra o novo acordo ortográfico.[2]

Maria Lúcia Lepecki faleceu em Lisboa em 24 de Julho de 2011, com 71 anos de idade, vítima de cancro.[2]

Obras publicadasEditar

  • Sentimentalismo: Contribuição para o Estudo da Técnica Romanesca de Camilo, 1967
  • O Tempo no Romance Português Contemporâneo: Fernanda Botelho, 1969
  • Eça na Ambiguidade (Crítica Literária), 1974
  • Autran Dourado: Uma Leitura Mítica, 1976
  • Ideologia e Imaginário: Ensaio sobre José Cardoso Pires, 1978
  • Romantismo e Realismo na Obra de Júlio Dinis, 1979
  • Meridianos do Texto, 1979
  • Para Uma História das Ideias Literárias em Portugal, 1988
  • Sobreimpressões: Estudos de Literatura Portuguesa e Africana, 1988
  • Ensaios de retórica e de interpretação, 2004

Algumas associações de que foi membroEditar

Prémios e distinçõesEditar

  • Prémio Nacional da Crítica (Brasil, 1977) pela obra Autran Dourado: Uma Leitura Mítica
  • Foi agraciada, a 11 de Março de 2000, com o grau de Comendadora da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[4]
  • Grande Prémio de Ensaio Literário da Associação Portuguesa de Escritores (2004)[2] pela obra Ensaios de retórica e de interpretação.

Referências

  1. a b c d e f g h i j «Maria Lúcia Lepecki (Súmula curricular)». Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, Vol. VI, Lisboa, 1999. Instituto Português do Livro e das Bibliotecas. Consultado em 23 de junho de 2007. Arquivado do original em 20 de junho de 2007 
  2. a b c d e Agência Lusa (25 de Julho de 2011). «Morreu a escritora Maria Lúcia Lepecki». Semanário Expresso. Consultado em 21 de Fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 21 de fevereiro de 2016 
  3. Testemunho de André Torres Lepecki, filho de Maria Lúcia Lepecki.
  4. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Lúcia Lepecki". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de junho de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Maria Lúcia Lepecki
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.