Melville Jean Herskovits

(Redirecionado de Melville J. Herskovits)

Melville Jean Herskovits (Bellefontaine (Ohio), 10 de Setembro, 1895 - Evanston (Illinois), 25 de Fevereiro, 1963) foi um antropólogo americano que firmemente estabeleceu Estudos africanos e Estudos afro-americanos na academia americana.[1] O filho de imigrantes judeus, obteve um Bacharelado em Filosofia na Universidade de Chicago em 1923 e obteve seu mestrado e Ph.D. em Antropologia da Universidade de Columbia em Nova York sob a orientação do antropólogo Franz Boas. Sua dissertação, intitulada "The Cattle Complex in East Africa", investigou as teorias de poder e autoridade na região africana. Ele estudou a forma como alguns aspectos da cultura africana e tradições eram evidentes em afro-americanos nos anos 1900. Em 1927, Herskovits mudou-se para Northwestern University, como um antropólogo em tempo integral e estabeleceu o Departamento de Antropologia, em 1938.{{

Melville J. Herskovits
Melville J. Herskovits
Conhecido(a) por Estudos afro-americanos
Nascimento Melville Jean Herskovits
10 de Setembro de 1895
Bellefontaine (Ohio)
Morte 25 de Fevereiro de 1963
Evanston (Illinois)
Nacionalidade Estados Unidos
Campo(s) Antropólogo

Em 1934, Herskovits e sua esposa passaram um pouco mais de três meses na aldeia haitiana de Mirebalais, os resultados da pesquisa que ele publicou em seu livro de 1937 Life in a Haitian Valley. Em seu tempo, Life in a Haitian Valley era considerado como uma das representações mais precisas da prática do vodu haitiano, meticulosamente detalhando a vida e as práticas de vodu dos habitantes de Mirebalais durante a estadia de três meses de Herskovits.

Depois da Segunda Guerra Mundial, Herskovits defendeu publicamente a independência africana e também atacou os políticos americanos por visualizar a África como um objeto de estratégia de Guerra Fria.

ObrasEditar

Leitura adicionalEditar

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar