Abrir menu principal
Mercedes F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton 2016 Malaysia FP2 1.jpg
Visão Geral
Produção 2016
Fabricante Mercedes
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Aldo Costa (Diretor de Engenharia)
Geoff Willis (Diretor Tecnológico)
Paddy Lowe (Diretor Técnico Executivo)
Ficha técnica
Motor Mercedes PU106C 1.6 V6 Turbo híbrido
Transmissão Mercedes 8 marchas + 1 reverso semiautomáticos
Dimensões
Comprimento 5.000 mm
Entre-eixos 1.555 mm (Dianteiro)
1.325 mm (Traseiro)
Largura 1.800 mm
Altura 950 mm
Peso 702 kg
Cronologia
Mercedes F1 W06 Hybrid
Mercedes AMG F1 W08 EQ Power+

O Mercedes F1 W07 Hybrid é o carro da Mercedes da temporada de 2016 da F1, sendo conduzido por: Lewis Hamilton e Nico Rosberg. Seu lançamento foi realizado no dia 21 de fevereiro, através da internet onde a equipe divulgou as fotos do carro.[1]

A equipe foi confirmado no dia 06 de fevereiro de que o chassi W07 passou no teste de impacto da FIA.[2]

Soberana no ano passado, a Mercedes tem tudo para seguir como a equipe a ser batida nesse ano devido às poucas mudanças do regulamento. O motor do W07 Hybrid segue como ponto forte, e a aerodinâmica também é de excelência, a Mercedes fornecerá motores a Manor, Williams e Force India, e uma diferença grande que os adversários admitem uma demora para alcançar sua performance.[3]

Esse modelo conquistou o título do Mundial de Construtores antecipadamente no Grande Prêmio do Japão[4] e o título do Mundial de Pilotos com Nico Rosberg.

Índice

Pré-Temporada[5]Editar

O piloto três vezes campeão do mundo, Hamilton, disse nunca ter tido uma preparação para o campeonato tão fácil, tão sem problemas. Nunca dispôs de um carro rápido e confiável como este ano. A classificação dele, décimo tempo, bem como a de Rosberg, terceiro, não traduzem o potencial do impressionante modelo W07 Hybrid. O único problema apresentado foi, segundo a equipe, a quebra da transmissão, no último dia de treinos.

O W07 é tão resistente que a Mercedes precisou alterar a programação original da escala de pilotos. Hamilton sinalizou dores no pescoço depois de percorrer 156 voltas já na estreia, mais do equivalente a dois GPs, 132 voltas. Como o carro permitia a seus pilotos quilometragem nunca vista na F1, Hamilton e Rosberg compartilharam o W07 no mesmo dia, um de manhã e outro à tarde. E mesmo assim se aproximavam das 100 voltas cada um.

Como explicar que todos na F1 atribuem a Mercedes o favoritismo no começo da temporada sendo que Hamilton registrou apenas o décimo tempo, a 857 milésimos do mais rápido das duas sessões de quatro dias cada, e Rosberg, o terceiro, a 257 milésimos? O mais veloz foi Kimi Raikkonen, com o modelo SF16-H Ferrari, 1min22s765. Há uma diferença fundamental entre a condição da dupla da Mercedes e a de Raikkonen. Hamilton e Rosberg tinham pneus macios no W07 enquanto o finlandês, ultramacios na Ferrari.

DesempenhoEditar

Soberana nos dois últimos anos, a Mercedes tem tudo para seguir como a equipe a ser batida em 2016 com a manutenção do regulamento. Na pré-temporada, impressionou com enorme confiabilidade, mas preferiu não demonstrar todo o potencial do W07.

EstatísticaEditar

  Lewis Hamilton X   Nico Rosberg
380 Pontos 385
10 Vitórias 9
12 Pole Positions 8
4 Volta Rápida 6
17 Pódios 16
2 Abandonos 1

Resultados[6]Editar

(legenda) (em negrito indica pole position e itálico volta mais rápida)

Pos Piloto Nu. AUS
 
BHR
 
CHN
 
RUS
 
ESP
 
MON
 
CAN
 
EUR
 
AUT
 
GBR
 
HUN
 
ALE
 
BEL
 
ITA
 
SIN
 
MAL
 
JAP
 
EUA
 
MEX
 
BRA
 
UAE
 
Pts Pts da Equipe Pos da Equipe
1   Nico Rosberg* 6 1 1 1 1 Ret 7 5 1 4 3 2 4 1 1 1 3 1 2 2 2 2* 385 765
2   Lewis Hamilton 44 2 3 7 2 Ret 1 1 5 1 1 1 1 3 2 3 Ret 3 1 1 1 1 380

* Campeão da temporada.

Referências

  1. «Em busca da excelência, Mercedes parte para caça ao tri da F1 com W07 quase idêntico ao antecessor». Grande Prêmio. 21 de fevereiro de 2016 
  2. «Bicampeã mundial de F1, Mercedes passa no crash-test e tem chassi para 2016 homologado pela FIA, diz site». Grande Prêmio. 06 de fevereiro de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. «'Mago dos motores', Illien diz que Renault "levará mais de um ano" para alcançar performance de Mercedes e Ferrari». Grande Prêmio. 07 de janeiro de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. «Rosberg wins in Japan as Mercedes seal constructors' crown» (em inglês). Formula 1. Consultado em 09 de outubro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. ORICCHIO, Livio (05 de março de 2016). «Livio Oricchio: A Fórmula 1 depois dos testes de pré-temporada. Capítulo 1». Globoesporte.com. Consultado em 05 de março de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  6. «Mercedes F1 W07» (em inglês). STATS F1 
|}|}|}|}|}|}|}