Ministério da Defesa (Espanha)

Ministério da Defesa (Espanha)
Ministério da Defesa (Espanha)
Resumo da agência
Sede Paseo de la Castellana 109, Madrid

O Ministério de Defesa da Espanha é o atual ministério encarregado da política de defesa e a administração militar. Seu titular é Margarita Robles Fernández.

HistóriaEditar

O Ministério de Defesa criou-se com o primeiro governo democrático de Adolfo Suárez, em julho de 1977, e fundiu os anteriores ministérios do Exército, de Marinha e do Ar. É o único ministério do período democrático que tem mantido sua denominação original em todas as reestruturações ministeriais realizadas até a presente data.

TitularesEditar

 
A atual titular de Defesa, Margarita Robles.
Início Finalização Nome Partido
4 de julho de 1977 6 de abril de 1979 Manuel Gutiérrez Mellado Militar
5 de julho de 1979 26 de fevereiro de 1981 Agustín Rodríguez Sahagún UCD
26 de fevereiro de 1981 3 de dezembro de 1982 Alberto Oliart Saussol UCD
3 de dezembro de 1982 12 de março de 1991 Narcís Serra Serra PSOE
12 de março de 1991 3 de julho de 1995 Julián García Vargas PSOE
3 de julho de 1995 5 de maio de 1996 Gustavo Suárez Pertierra PSOE
5 de maio de 1996 27 de abril de 2000 Eduardo Serra Rexach Independente (num Governo do PP)
28 de abril de 2000 18 de abril de 2004 Federico Trillo-Figueroa e Martínez-Conde PP
18 de abril de 2004 7 de abril de 2006 José Bono Martínez PSOE
7 de abril de 2006 14 de abril de 2008 José Antonio Alonso Suárez PSOE
14 de abril de 2008 20 de maio de 2008 Carme Chacón Piqueras PSOE
20 de maio de 2008 30 de junho de 2008 Alfredo Pérez Rubalcaba (Suplente)[1] PSOE
30 de junho de 2008 22 de dezembro de 2011 Carme Chacón Piqueras PSOE
22 de dezembro de 2011 2 de novembro de 2016 Pedro Morenés e Álvarez de Eulate[2] Independente (num Governo do PP)
4 de novembro de 2016 7 de junho de 2018 Maria Dolores de Cospedal García PP
7 de junho de 2018 Atualidade María Margarita Robles Fernández Independente (num Governo do PSOE)


FunçõesEditar

O Ministério de Defesa é o departamento da Administração Geral do Estado ao que lhe corresponde a preparação, o desenvolvimento e a execução da política de defesa determinada pelo Governo e a gestão da administração militar.[3]

Estrutura orgânicaEditar

O Ministério de Defesa, baixo a direção do titular do Departamento, estrutura-se em:

  • As Forças Armadas (FAS).
  • A Secretaria de Estado de Defesa (SEDEF).
  • A Subsecretaria de Defesa (SUBDEF).
  • A Secretaria Geral de Política de Defesa (SEGENPOL).

A Policia civil depende do ministro de Defesa nos termos previstos nas leis.

São órgãos assessores e consultivos do ministro de Defesa:

Como órgão de assistência imediata ao ministro existe um Gabinete, bem como um Gabinete Técnico.

Depende diretamente do Ministro de Defesa a Direção de Comunicação Institucional da Defesa.

EvoluçãoEditar

A seguir mostram-se as unidades administrativas que têm dependido do Ministério de Defesa, desde sua criação até a atualidade:

  • Órgãos de comando e direção da corrente de comando militar da cada um dos três exércitos
  • Órgãos político-administrativos que por sua natureza não se encontrem enquadrados na corrente de comando militar
  • Órgãos de informação e de relação dependentes diretamente do ministro
  • Altos órgãos consultivos e de assessoramento do ministro

Referências

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar