Abrir menu principal
Armada Espanhola
Emblem of the Spanish Navy.svg
País Flag of Spain.svg Espanha
Corporação Marinha
Subordinação Forças Armadas da Espanha
Criação Século XIII
Aniversários 16 de Julho
Insígnias
Bandeira Marítima Naval Jack of Spain.svg
Insígnia Naval Flag of Spain.svg
Sede
Quartel General Madrid

A Armada Espanhola (em espanhol: Armada Española) é o ramo naval das Forças Armadas da Espanha, uma das mais antigas forças navais ativas do mundo. É responsável por realizações notáveis ​​na história do mundo como a descoberta da América, a circunavegação de primeiro mundo, e a descoberta de um caminho marítimo do Extremo Oriente para a América através do Oceano Pacífico (via Urdaneta). Durante três séculos, teve um papel crucial na defesa e logística do Império Espanhol. Ela fazia parte de uma vasta rede de comércio que navegava no Pacífico, da Ásia para a América, e no Atlântico, da América para a Europa, acompanhando os navios da Frota da Prata. Foi a mais poderosa força marítima do mundo no Século XVI e início do Século XVII. Após um declínio gradual na segunda metade do Século XVII, ela foi revivida após a Guerra da Sucessão Espanhola, e em grande parte do Século XVIII, foi a terceira mais forte no mundo. [1] [2]

Sua sede localiza-se em Madrid, no Quartel Geral da Armada Espanhola.

Índice

HistóriaEditar

A marinha espanhola tem no século XXI só na região da Catalunha uma frota equivalente da Dinamarca.[3]

Origens: A Idade MédiaEditar

As raízes da moderna Marinha Espanhola datam de antes da unificação da Espanha. Ao final da Idade Média, os dois reinos principais, que mais tarde se combinariam para formar a Espanha, Aragão e Castela, haviam desenvolvido frotas poderosas. Aragão possuía a terceira maior marinha no Mediterrâneo medieval, embora suas capacidades navais fossem superadas por Veneza e Gênova. Nos séculos XIV e XV, estas capacidades navais permitiram a Aragão reunir o maior conjunto de territórios de qualquer potência europeia no Mediterrâneo, abrangendo as Ilhas Baleares, Sardenha, Sicília, o Sul da Itália e, brevemente, o Ducado de Atenas. Castela, entretanto, utilizou as suas capacidades navais para realizar as suas operações de reconquista contra os mouros, capturando Cadiz em 1232, e também para ajudar a Coroa Francesa contra os seus inimigos na Guerra dos Cem Anos. Em 1402, uma expedição liderada por Jean de Bettencourt, conquistou as Ilhas Canárias para Henrique III de Castela.

No Século XV, Castela entrou em uma corrida de exploração com Portugal, que inaugurou a Era dos Descobrimentos. Em 1492, duas Caravelas e um Nau, comandadas pelo Almirante Cristóvão Colombo chegaram à América, em uma expedição que buscava uma passagem ocidental através do Atlântico, para o Extremo Oriente. Isto começou a era das rotas trans-oceânicas de comércio, pioneiras pelos espanhóis nos mares a oeste da Europa e os portugueses ao leste.

EquipamentoEditar

Fragata
Nome Origem Tipo Quantidade Observações Foto
Classe Álvaro de Bazán   Espanha Fragata 5 (5 em serviço)
Classe Santa María   Espanha Fragata 6 (6 em serviço)
Submarino
Nome Origem Tipo Quantidade Observações Foto
Classe Agosta   França   Espanha Submarino 4 (3 em serviço)
Navio de assalto anfíbio
Nome Origem Tipo Quantidade Observações Foto
Classe Juan Carlos I   Espanha Navio de assalto anfíbio 1 (1 em serviço)
Classe Galicia   Espanha Navio de assalto anfíbio 2 (2 em serviço)
Classe LCM1E   Espanha LCM 14 (14 em serviço)
Navio de guerra de minas
Nome Origem Tipo Quantidade Observações Foto
Classe Segura   Espanha Navio de guerra de minas 6 (6 em serviço)
Navios de Patrulha
Nome Origem Tipo Quantidade Observações Foto
Classe Meteoro   Espanha Navios de Patrulha 6 (6 em serviço)
Classe Serviola   Espanha Navios de Patrulha 4 (4 em serviço)
Classe Descubierta   Espanha Navios de Patrulha 6 (2 em serviço)
Classe Chilreu   Espanha Navios de Patrulha 4 (3 em serviço)
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Armada Espanhola

Referências

  1. Española, Armada. «HISTORIA DE LA ARMADA ESPAÑOLA - CAPITÁN DE NAVÍO - CESAREO FERNANDEZ DURO (1830 - 1908)». www.armada.mde.es (em SPANISH). Consultado em 20 de março de 2018 
  2. Española, Armada. «Armada Española - Ministerio de Defensa - Gobierno de España». www.armada.mde.es (em SPANISH). Consultado em 20 de março de 2018 
  3. The Military Implications of Scottish and Catalonian Secession
  Este artigo sobre Forças Armadas da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.