Abrir menu principal

Nuno Espírito Santo

Nuno Empates Santo

Nuno Herlander Simões Espírito Santo, mais conhecido por Nuno Espírito Santo ou simplesmente Nuno (São Tomé, 25 de Janeiro de 1974), é um técnico e ex-futebolista português que atuava como goleiro. Atualmente comanda a equipe do Wolverhampton.

Nuno Espírito Santo
Nuno Espírito Santo
Informações pessoais
Nome completo Nuno Herlander Simões Espírito Santo
Data de nasc. 25 de janeiro de 1974 (45 anos)
Local de nasc. São Tomé, São Tomé e Príncipe
Nacionalidade são-tomense
português
Altura 1,88 m
destro
Informações profissionais
Equipa atual Wolverhampton
Posição Ex-goleiro
Função Técnico
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1992–1996
1993–1994
1997–2002
1998–2000
2000–2001
2002–2004
2005–2006
2007
2007–2010
Vitória de Guimarães
Vila Real (emp.)
La Coruña
Mérida (emp.)
Osasuna (emp.)
Porto
Dínamo Moscou
Desportivo das Aves
Porto
0034 0000(0)
0019 0000(0)
0004 0000(0)
0069 0000(0)
0033 0000(0)
0006 0000(1)
0011 0000(0)
0015 0000(0)
0008 0000(0)
Seleção nacional
1994–1996 Portugal Sub-21 0003 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2012–2014
2014–2015
2016–2017
2017–
Rio Ave
Valencia
Porto
Wolverhampton
Nuno Espírito Santo (11-07-2015).JPG

Índice

Carreira como jogadorEditar

Em julho de 2002, o Porto o contratou e ele fez parte da equipe que venceu a Liga dos Campeões de 2003–04, e depois substituiu Vítor Baía durante a Taça Intercontinental contra o Once Caldas. Após passagens por Dínamo Moscou e Desportivo das Aves, voltou ao Porto na temporada (2007–2008) onde permaneceu até ao fim da carreira profissional, na temporada 2009–2010. Em 259 jogos realizados em toda a sua carreira, marcou apenas um gol de pênalti nas quartas-de-final da Taça de Portugal contra o Varzim, no dia 8 de março de 2003.[1]

Seleção PortuguesaEditar

Nuno, que jamais jogou pela Seleção Portuguesa principal, foi convocado para a Euro 2008 para substituir Quim, que se lesionou na véspera do início da competição.

Carreira como técnicoEditar

Tornou-se técnico do Rio Ave a partir de junho de 2012.[2] Permaneceu na equipe vilacondense até julho de 2014, quando foi contratado pelo clube espanhol Valencia inicialmente por uma temporada.[3] Em sua primeira temporada, a equipe terminou em quarto lugar na Liga de 2014–15. Em janeiro de 2015 o clube ampliou seu contrato até 2018.[4] No entanto, no dia 30 de novembro do mesmo ano, deixou o clube por mútuo acordo, e no dia 1 de junho de 2016 foi confirmado como novo treinador do Porto, cargo que ocupou até dia 22 de maio de 2017.[5]

TítulosEditar

Universidade de WolverhamptonEditar

No dia 4 de maio de 2019, foi concedido o título acadêmico de Doutor Honorário em Desporto pela Universidade de Wolverhampton, em reconhecimento pelo sucesso da equipe sob a sua liderança e a sua contribuição para o desporto na região.[6]

Referências

  1. Group, Global Media (2 de junho de 2016). «▶ Vídeo: FC Porto recorda o dia em que o treinador marcou um golo». O Jogo 
  2. «Rio Ave confirma Nuno Espírito Santo como treinador». Rádio Renascença. 16 de maio de 2012 
  3. «Acuerdo para la contratación del técnico D. Nuno Espírito Santo» (em espanhol). Sítio oficial Valencia CF. 3 de julho de 2014 
  4. «Nuno renueva hasta junio de 2018» (em espanhol). Marca. 12 de janeiro de 2015 
  5. «Valencia confirma saída do técnico Nuno Espírito Santo». Gazeta Esportiva. 30 de novembro de 2015 
  6. «Wolves manager Nuno to be honoured by University». University of Wolverhampton. 3 de Maio de 2019. Consultado em 3 de Maio de 2019 

Ligações externasEditar