Abrir menu principal

Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico

(Redirecionado de OCDE)
Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico
OCDE - OECD
Logótipo da OCDE.
Tipo Organização internacional
Fundação 30 de setembro de 1961 (57 anos)
Sede Paris,  França
Membros
Línguas oficiais Inglês - Francês
Secretário-geral México José Ángel Gurría
Sítio oficial www.oecd.org

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (português europeu) ou Econômico (português brasileiro) (OCDE)[1] é uma organização internacional de 36 países que aceitam os princípios da democracia representativa e da economia de mercado, que procura fornecer uma plataforma para comparar políticas económicas, solucionar problemas comuns e coordenar políticas domésticas e internacionais. A maioria dos membros da OCDE é composta por economias com um elevado PIB per capita e Índice de Desenvolvimento Humano e são considerados países desenvolvidos.[2]

Teve origem em 1948 como a Organização para a Cooperação Económica (OECE), (em inglês - Organization for Economic Cooperation and Development - OECD), liderada por Robert Marjolin da França, para ajudar a gerir o Plano Marshall para a reconstrução da Europa após a Segunda Guerra Mundial. Posteriormente, a sua filiação foi estendida a estados não-europeus. Em 1961, a Convenção sobre a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico reformou a OECE e deu lugar à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico.

A sede da OCDE é localizada no Château de la Muette em Paris, França.

Índice

HistóriaEditar

A OCDE foi criada em 30 de Setembro de 1961, sucedendo à Organização para a Cooperação Económica Europeia, criada em 16 de Abril de 1948. Também é chamada de "Grupo dos Ricos", porque os 35 países participantes produzem juntos mais da metade de toda a riqueza do mundo.

O Secretário-Geral é, desde 1 de Junho de 2006, o mexicano José Ángel Gurría Treviño.

ObjetivosEditar

  • apoiar um crescimento económico duradouro;
  • desenvolver o emprego;
  • aumentar o nível de vida;
  • manter a estabilidade financeira;
  • ajudar os outros países a desenvolverem as suas economias;
  • contribuir para o crescimento do comércio mundial.

A OCDE também partilha os seus conhecimentos e troca de ideias com mais de 100 outros países e economias, desde o Brasil, China, Rússia e África do Sul até os países menos desenvolvidos da África.

Países membrosEditar

Existem presentemente 36 membros da OCDE.[3] Destes 36, México e Turquia (marcados com *) são descritos como economias de renda média alta do Banco Mundial. Os restantes membros, são descritos como economias de renda alta.[4][5]

Membros fundadores da OCDE (1961):

Admitidos na OCDE posteriormente:

Admitidos com a reforma da OCDE (1961):

Admitidos na OCDE posteriormente:

A Comissão Europeia participa nos trabalhos da OCDE, ao lado dos Estados Membros da UE.[7]

Membros antigosEditar

Países que assinaram o acordo de adesão mas ainda não são membrosEditar

  • Colômbia: assinou o acordo de adesão em 30 de maio de 2018.[8]

Países em negociações de adesãoEditar

  • Costa Rica: em maio de 2013, a OCDE declarou sua intenção de abrir negociações de adesão com a Costa Rica em 2015. Em 9 de abril de 2015, a OCDE decidiu abrir negociações de adesão com a Costa Rica.

Países cujas negociações de adesão estão suspensasEditar

  • Rússia: em maio de 2007, a OCDE decidiu abrir negociações de adesão com a Rússia. Em março de 2014, a OCDE suspendeu as negociações de adesão em resposta ao papel da Rússia na crise de Crimeia de 2014.

Países cujo pedido de adesão está sob consideração pelo Conselho da OCDEEditar

 
  Membros da OCDE
  Países candidatos à adesão
  Parceiros-chave

A Dezembro de 2012, a OCDE tem 25 estados não-membros com o estatuto de observadores ou participantes de pleno direito nas suas Comissões. Cerca de 50 não-membros participam nos grupos de trabalho, regimes ou programas. A OCDE mantém um dialogo político com o propósito de partilhar as opiniões sobre quais são as melhores práticas a seguir.

Referências

  1. Diário do Governo n.º 174, I Série, de 28.07.1961 – Convenção relativa à Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Económicos
  2. «About the OECD - OECD». www.oecd.org. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  3. «List of OECD Member countries - Ratification of the Convention on the OECD». www.oecd.org. Consultado em 31 de julho de 2018. 
  4. «Country Groups. High-income OECD members». The World Bank. Consultado em 23 de janeiro de 2009. 
  5. «Country Groups. High-income economies». The World Bank. Consultado em 10 de maio de 2010. 
  6. a b «Organisation for European Economic Co-operation». OECD. Consultado em 29 de novembro de 2011. 
  7. «Member Countries». Oecd.org. 1 de janeiro de 1970. Consultado em 23 de outubro de 2010. 
  8. «OECD countries agree to invite Colombia as 37th member - OECD». www.oecd.org. Consultado em 28 de maio de 2018. 
  9. a b c d e f «OECD strengthens engagement with partner countries during annual Ministerial Meeting» (Nota de imprensa). OECD. 1 de Junho de 2018. Consultado em 3 de Junho de 2018. 

Ligações externasEditar