Os Virgulóides

Os Virgulóides foi uma banda brasileira que mistura rock e samba, formada em São Paulo.

Virgulóides
Informação geral
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Rock, samba-rock, rock cômico, punk rock, hardcore punk
Período em atividade 1997 - 2001, 2012 - 2015
Gravadora(s) Excelente Discos, Polydor, Plug, BMG
Integrantes Henrique Lima
Beto Demoreaux
Paulinho Jiraya
Ex-integrantes Marcello Fumaça

Era uma banda caracterizada pelas suas letras bem humoradas e repletas de sarcasmo, e pela mistura de ritmos distintos, como o rock e o samba.

CarreiraEditar

Foi criada pelo trio Henrique Lima (vocal e guitarra), Beto Demoreaux (baixo) e Paulinho Jiraya (bateria) na Cidade Dutra, Zona Sul de São Paulo[1], na segunda metade dos anos de 1990. O nome da banda surgiu da fusão de nomes de Virgulino Ferreira da Silva, o "Lampião", e do desenho animado Os Herculóides.

O produtor Carlos Eduardo Miranda foi o responsável pela produção[1][2] e gravação do primeiro disco do grupo, lançado em 1997 pelo selo independente Excelente e intitulado Virgulóides?.[3] O álbum de estreia de Virgulóides vendeu mais de 200 mil cópias[1] e contém o principal hit da banda: "Bagulho no Bumba"[4][5][6], música que ficou na posição 33 das 100 músicas mais tocadas de 1997 no Brasil.[7][2] No mesmo ano, a banda ganhou o Prêmio Multishow de Artista Revelação em 1997.[2]

Pouco antes de eles assinarem com a Polygram e lançarem o novo álbum, Marcello Cassettari, o "Marcello Fumaça" (guitarra e cavaquinho) entra na banda.[1][8]

Em 1998, os Virgulóides lançaram seu segundo disco, Só Pra Quem Tem Dinheiro?, pela PolyGram[3], produzido por Liminha.[2] O álbum contou com a participação de Bezerra da Silva[3] na faixa "Alcoólatra da Fumaça" e dos Raimundos na regravação de "Eu Sou Rebelde".[1]

Após um período sem gravadora, o grupo lançou seu terceiro disco: As Aventuras dos Virgulóides, pela BMG em outubro de 2000, com produção do inglês Paul Ralphes (baixista da banda inglesa Bliss). No ano seguinte, Marcello Fumaça sai da banda, que posteriormente apresentou-se no Rock in Rio, no Rio de Janeiro.[1][2]

Depois de passar um ano sem conseguir contrato para shows e o novo disco não vingar, a banda resolve encerrar suas atividades.

Em 2012, o grupo voltou a ativa em trio, para um show na Virada Cultural de São Paulo[9], e o vocalista Henrique Lima confirmou o retorno definitivo da banda.[10] No ano seguinte, a banda se apresentou no programa “Som Brasil”, da TV Globo.[11]

Em 20 de agosto de 2018, Marcello Fumaça morre aos 51 anos em Mongaguá, após um escorregão no banheiro de casa[11] que lhe custou duas costelas quebradas.[1][8][12][5][13]

IntegrantesEditar

Músicos de apoioEditar

Ex-integrantesEditar

DiscografiaEditar

PrêmiosEditar

Referências

  1. a b c d e f g «Marcello Fumaça, da banda Os Virgulóides, morre aos 51 anos». www.vice.com. Consultado em 4 de abril de 2022 
  2. a b c d e «Virgulóides, de 'Bagulho no Bumba', misturou samba com rock e fez sucesso na cola do Mamonas Assassinas». G1. Consultado em 4 de abril de 2022 
  3. a b c «Folha de S.Paulo - Disco: Virgulóides buscam público eclético - 13/06/98». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 4 de abril de 2022 
  4. Bernardi, Renan (16 de julho de 2019). «Além dos Mamonas: 5 bandas nacionais que usam humor em suas músicas». Tenho Mais Discos Que Amigos!. Consultado em 4 de abril de 2022 
  5. a b «Músico dos Virgulóides passou por dois hospitais antes de morrer em casa». VEJA. Consultado em 4 de abril de 2022 
  6. Bagulho do Bumba, por Os Virgulóides, consultado em 4 de abril de 2022 
  7. http://veja.abril.com.br/150300/p_160.html
  8. a b «Guitarrista da banda Os Virgulóides morre após sofrer acidente doméstico». GZH. 23 de agosto de 2018. Consultado em 4 de abril de 2022 
  9. «Depois de hit de 1997, Virgulóides tocam samba e rock na Virada Cultural». UOL Entretenimento. 6 de maio de 2012. Consultado em 12 de março de 2013 
  10. Alexandre Gaioto (11 de maio de 2012). «A volta dos Virgulóides». odiario.com. Consultado em 12 de março de 2013 [ligação inativa]
  11. a b «Marcello Cassetari, do Virgulóides, morre após acidente saindo do banho». entretenimento.uol.com.br. Consultado em 4 de abril de 2022 
  12. «Guitarrista do Virgulóides morre após sofrer acidente doméstico ao sair do banho». G1. Consultado em 4 de abril de 2022 
  13. «Combate Rock - Morre Marcello Fumaça, ex-guitarrista da banda Os Virgulóides». combaterock.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 4 de abril de 2022 
  14. «Marcello Cassetari, do Virgulóides, morre após acidente saindo do banho» 
  15. Músico da banda Virgulóides morre após cair no banheiro de casa Metropoles - agosto de 2018

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.