Papa Highirte

Papa Highirte é uma peça teatral de Oduvaldo Vianna Filho escrita em 1968. A peça tem 11 personagens e se desenvolve em um único ato.

Papa Highirte é um ditador típico do Terceiro Mundo que fora banido de seu país, Alhambra, depois de governá-lo por seis anos. Seu governo havia sido conduzido de maneira violenta pelo coronel Perez y Mejía, mas ele parecia estar alheio a isso. Acaba sendo deposto por um golpe militar (arquitetado próprio Perez y Mejía), que leva Camacho ao poder. Papa Highirte é, então, exilado por três anos. [1] Planeja seu retorno ao poder mas acaba sendo assassinado por um revolucionário, Maurito, que assim pretendia vingar a morte de amigos e a opressão de seu povo. [2]

Papa Highirte recebeu o 1º prêmio no Concurso do Serviço Nacional de Teatro. Porém logo depois foi censurada e não pôde ser encenada nem publicada até a revogação do AI-5, em 1979. Naquele ano foi afinal apresentada no Teatro dos Quatro (Rio de Janeiro), sob a direção de Nelson Xavier. Do elenco participaram Sérgio Britto, Tonico Pereira, Ângela Leal, Nildo Parente, Carlos Alberto Baía, Dinorah Brillanti, Hélio Guerra, Paulo Barros e Miguel Rosenberg. [3]

A peça foi traduzida e adaptada para o francês por Jacques Thieriot e levada ao ar pela France Culture.

Referências