Parque Mayer (filme)

filme
Parque Mayer
Cartaz do filme
Portugal Portugal
2018 •  cor •  
Realização António-Pedro Vasconcelos
Produção Tino Navarro
Argumento Tiago Santos
Elenco Francisco Froes
Daniela Melchior
Diogo Morgado
Miguel Guilherme
Alexandra Lencastre
Carla Maciel
Duarte Grilo
Género comédia
Música José M. Afonso
Cinematografia Miguel Sales Lopes
Edição Pedro Ribeiro
Companhia(s) produtora(s) MGN Filmes
Distribuição Big Picture Films
Lançamento Portugal 6 de dezembro de 2018
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Parque Mayer é um filme português de comédia, realizado por António-Pedro Vasconcelos e produzido por Tino Navarro.[1] Estreia em Portugal a 6 de dezembro de 2018.[2]

SinopseEditar

O filme gira à volta de um teatro do Parque Mayer, um lugar onde era possível sentir Portugal inteiro. A ação acontece em 1933, ano da aprovação da Constituição do Estado Novo, limitando assim a liberdade de expressão apreciada por todos os que passavam pelo parque na altura. Neste sítio, onde a revista e as sátiras permitiam atingir liberdades que outrora não seriam possíveis, as histórias passam a ser construídas entre a censura e a luta de contornar a mesma.[3]

ElencoEditar

Referências

  1. «Parque Mayer». SAPO Mag. Consultado em 8 de outubro de 2018 
  2. Tiago Resende (23 de julho de 2018). «"Parque Mayer" é o novo filme de António-Pedro Vasconcelos». Cinema 7ª Arte. Consultado em 8 de outubro de 2018 
  3. Bruno Horta (9 de junho de 2018). «António-Pedro Vasconcelos: "O cinema português hoje é irrelevante"». Observador. Consultado em 8 de outubro de 2018 
  Este artigo sobre um filme português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.