Partido Popular para a Liberdade e Democracia

Partido Popular para a Liberdade e Democracia
Volkspartij voor Vrijheid en Democratie
Líder Mark Rutte
Presidente Jan van Zanen
Fundação 1948
Sede Haia,  Países Baixos
Ideologia Liberalismo
Conservadorismo liberal
Liberalismo económico
Espectro político Centro-direita
Think tank Telders Stichting
Ala jovem Jongeren Organisatie Vrijheid en Democratie
Fusão PvdV e Comité-Oud
Afiliação internacional Internacional Liberal
Afiliação europeia ELDR
Grupo no Parlamento Europeu Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa
Cores Azul e Laranja
Página oficial
http://www.vvd.nl

O Volkspartij voor Vrijheid en Democratie (VVD), literalmente o Partido Popular para a Liberdade e Democracia, é um partido liberal neerlandês, sendo um dos três maiores partidos dos Países Baixos.

O partido foi o único membro dos "gabinetes púrpura" liderados por Wim Kok a permanecer no poder com o governo de Balkenende I em 2002, apesar de uma grande queda na sua representação na Tweede Kamer (câmara baixa do parlamento). O partido foi fundado em 24 de Janeiro de 1948, no seguimento da tradição dos partidos liberais Liberale Staatspartij (LSP) e Partij van de Vrijheid (PvdV).

Em 2 de Setembro de 2004, o deputado do VVD Geert Wilders deixou o partido após disputa com o presidente do partido Van Aartsen. Ele optou por se tornar um partido de uma só pessoa (em neerlandês: eenmansfractie) na Tweede Kamer. O VVD participou do Governo liderado por Jan Peter Balkenende da CDA, que contava ainda com o D66.

Índice

GovernoEditar

Nas eleições Gerais de 2010, o VVD saiu-se como o principal partido dos Países Baixos, conquistando 31 cadeiras, uma a mais que os Partido Trabalhista (PvdA). Em Outubro, Mark Rutte anunciou a formação do governo [1] em parceria com a Aliança Democrata Cristã (CDA) e com o PVV de Geert Wilders, sendo que este último optou por não ocupar cargos no governo.

Resultados EleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Data Votos % +/- Deputados +/- Status
1948 391 908 7,9 (5.º)
8 / 100
Governo
1952 470 820 8,8 (5.º)  0,9
9 / 100
 1 Oposição
1956 502 325 8,7 (4.º)  0,1
9 / 100
  Oposição
1959 732 658 12,2 (3.º)  3,5
19 / 150
 10 Governo
1963 643 839 10,2 (3.º)  2,0
16 / 150
 3 Governo
1967 738 202 10,7 (3.º)  0,5
17 / 150
 1 Governo
1971 653 092 10,3 (3.º)  0,4
16 / 150
 1 Governo
1972 1 068 375 14,4 (3.º)  4,1
22 / 150
 6 Oposição
1977 1 492 689 17,0 (3.º)  2,6
28 / 150
 6 Governo
1981 1 504 293 17,3 (3.º)  0,3
26 / 150
 2 Oposição
1982 1 897 986 23,1 (3.º)  5,8
36 / 150
 10 Governo
1986 1 595 377 17,4 (3.º)  5,7
27 / 150
 9 Governo
1989 1 295 402 14,6 (3.º)  2,8
22 / 150
 5 Oposição
1994 1 792 401 20,0 (3.º)  5,4
31 / 150
 9 Governo
1998 2 124 971 24,7 (2.º)  4,7
38 / 150
 7 Governo
2002 1 466 722 15,4 (3.º)  9,3
24 / 150
 14 Governo
2003 1 728 707 17,9 (3.º)  2,5
28 / 150
 4 Governo
2006 1 443 312 14,7 (4.º)  3,2
22 / 150
 6 Oposição
2010 1 929 575 20,5 (1.º)  5,8
31 / 150
 9 Governo
2012 2 504 948 26,6 (1.º)  5,1
41 / 150
 10 Governo
2017 2 238 351 21,3 (1.º)  5,3
33 / 150
 8

Eleições europeiasEditar

Data Votos % +/- Deputados +/-
1979 914 787 16,1 (3.º)
4 / 25
1984 1 002 685 18,9 (3.º)  2,8
5 / 25
 1
1989 714 721 13,6 (3.º)  5,3
3 / 25
 2
1994 740 451 17,9 (3.º)  4,3
6 / 31
 3
1999 698 050 19,7 (3.º)  1,8
6 / 31
 
2004 629 198 13,2 (3.º)  6,5
4 / 27
 2
2009 518 643 11,4 (4.º)  1,8
3 / 25
 1
2014 567 903 12,0 (4.º)  0,6
3 / 26
 

Referências

Ligações externasEditar