Abrir menu principal
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2018).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pedro Rogério Moreira
Nome completo Pedro Rogério do Couto Moreira
Nascimento 16 de dezembro de 1946 (72 anos)
Belo Horizonte, MG
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Ibrantina Brandão Couto Moreira
Pai: Vivaldi Moreira
Ocupação jornalista
cronista
memorialista

Pedro Rogério do Couto Moreira (Belo Horizonte, 16 de dezembro de 1946) é um jornalista, cronista e memorialista brasileiro.

BiografiaEditar

Filho de Vivaldi Moreira e Ibrantina Brandão Couto Moreira. Desde a infância, conviveu no ambiente literário: seu pai detinha uma das maiores bibliotecas particulares de Minas Geais; e seus tios, Edison e Pedro Paulo, eram donos da Livraria Itatiaia, onde Pedro Rogério trabalhou como balconista e travou contato com diversos escritores mineiros da época.

Trabalhou na Rede Globo entre 1978 até 1986 como repórter. Saiu na Globo em 1986, onde trabalha o diretor surcursal do SBT, depois passou ser repórter da Rádio Globo e Radiobrás. Também trabalhou como diretor de markerting no Senado Federal.

Publicou Hidrografia Sentimental - Aventuras sem malícia de um repórter na Amazônia; O almanaque do Pedrim; Bela noite para voar - Um folhetim estrelado por JK; Jornal Amoroso e Jornal Amoroso - Edição Vespertina.

Pertence à Academia Mineira de Letras.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.