Pierre Dansereau
Nascimento 5 de outubro de 1911
Outremont
Morte 28 de setembro de 2011 (99 anos)
Montreal
Nacionalidade canadense
Cidadania Canadá
Alma mater Universidade de Genebra
Ocupação botânico, professor universitário, ecólogo, cientista
Prêmios Conferências Massey (1972), Prêmio Molson (1975), Prêmio Izaak-Walton-Killam (1985), Medalha Sir John William Dawson (1995)
Empregador Universidade Columbia, Universidade de Michigan, Universidade de Montreal
Orientador(es) Josias Braun-Blanquet
Campo(s) agronomia, botânica, ecologia

Pierre Dansereau (Outremont, 5 de outubro de 191128 de setembro de 2011)[1] foi um agrônomo e botânico canadense reconhecido como um dos mais influente ecólogos do século XX,[2] nasceu em Outremont, Quebec.[3]

Formado em agronomia, obteve um doutorado em botânica na Universidade de Genebra, Suíça, em 1939, sob a orientação de Josias Braun-Blanquet. Em 1945 e 1946 lecionou em universidades do Brasil, a convite do governo brasileiro, colaborando ainda com o Conselho Nacional de Geografia.[3]

Tornou-se diretor-assistente do New York Botanical Garden em 1961. Lecionou Botânica, Geografia e Ecologia nas universidades de Michigan (em Ann Arbor), Vermont, Stanford e Columbia, nos EUA; de Waterloo e McGill, no Canadá; de Porto Rico; e de Lisboa, em Portugal. Em 1968 foi eleito vice-presidente da Ecological Society of America e membro do Conseil des Sciences du Canada.[carece de fontes?]

Executou missões de consultoria científica em vários países da América Latina (Brasil, Argentina, Venezuela, México, Nicarágua). Desde 1971 exerce as funções de Professor Emérito vinculado ao Institut des Sciences de l'Environnement da Universidade do Quebec em Montreal.[carece de fontes?]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «Dansereau, Pierre (necrological notice)». La Presse (Montréal). 1 de outubro de 2011. Consultado em 2 de outubro de 2011. Arquivado do original em 5 de dezembro de 2011  (francês)
  2. Fernandes, Bruno Fraga (2015). «A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA ECOLOGIA NO BRASIL -CONTRIBUIÇÕES CIENTÍFICAS DO MUSEU NACIONAL E DA FIOCRUZ» (PDF). Florianópolis: Associação Nacional de História. XXVIII Simpósio Nacional de História 
  3. a b Palmer, Steven; Sá, Magali Romero; Sá, Dominichi Miranda de (2017). «Ecology, International Cooperation and the Biogeographic Configuration of Brazil: Pierre Dansereau and the Brazil-Canada Scientific Agreement in the 1940s». Varia Historia. 33 (63): 745–777. ISSN 0104-8775. doi:10.1590/0104-87752017000300008 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pierre Dansereau
  Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.