Lista de presidentes do Chile

artigo de lista da Wikimedia
(Redirecionado de Presidente do Chile)

O Presidente da República do Chile (em espanhol: Presidente de la República de Chile) é o chefe de estado e de governo do país e sua autoridade política máxima. Corresponde, como mandato genérico, ao governo e à administração do Estado.[1] Embora seu papel e significado tenham sofrido mudanças ao longo da história, assim como sua posição e relações com os demais atores da organização política nacional, ele foi e é uma das figuras políticas mais proeminentes. Da mesma forma, é considerada uma das instituições que compõem a "constituição histórica do Chile" e uma das chaves para a estabilidade política do país.[2]

Presidente do Chile
Presidente de la República de Chile
Flag of the President of Chile.svg
Pavilhão Presidencial do Chile
Residência Palácio de La Moneda
Duração 4 anos (sem possibilidade de reeleição)
Criado em 9 de julho de 1826
Primeiro titular Manuel Blanco Encalada

Exceto por períodos de interrupção institucional,[nota 1] serviu regularmente como chefe de estado e governo no Chile; Isso foi modificado na prática, embora não constitucionalmente, durante o período de 1891-1924 em que existia um regime pseudoparlamentar[3] — também caracterizado como governo partidário sob formas parlamentares[4] — no âmbito da vigência da Constituição Política da República do Chile de 1833, onde seu papel foi reduzido ao de chefe de estado. O regime presidencialista, com algumas peculiaridades, foi restaurado pela Constituição de 1925 e reforçado na Constituição de 1980.

De acordo com a atual constituição, o presidente tem o dever geral de cumprir fielmente seu cargo, manter a independência da nação e guardar e fazer cumprir a Constituição e as leis, conforme indicado no juramento ou promessa que ele fizer ao assumir suas funções.

Desde 11 de março de 2022, o Presidente da República do Chile é Gabriel Boric.

Linha do tempo dos presidentesEditar

Presidentes do Chile (1826—presente)Editar

Presidente Imagem
Período de Mandato
(Duração de mandato)
Partido Eleição Notas
Organização da República
 
9 de julho de 1826
até
9 de setembro de 1826
(62 dias)
Nenhum
(Independente)
1826
[nota 2]
 
9 de setembro de 1826
até
25 de janeiro de 1827
(138 dias)
Nenhum
(Independente)
[nota 3]
1  
25 de janeiro de 1827
até
8 de maio de 1827
(192 dias)
1827
[nota 4]
 
8 de maio de 1827
até
16 de julho de 1829
(2 anos e 69 dias)
[nota 5]
 
16 de julho de 1829
até
19 de outubro de 1829
(95 dias)
[nota 6]
2  
19 de outubro de 1829
até
2 de novembro de 1829
(14 dias)
1829
 
2 de novembro de 1829
até
7 de novembro de 1829
(5 dias)
[nota 7]
 
7 de novembro de 1829
até
8 de novembro de 1829
(1 dia)
[nota 8]
 
8 de novembro de 1829
até
7 de dezembro de 1829
(29 dias)
[nota 9]
Vacante (7 de dezembro - 24 de dezembro de 1829) [nota 10]
 
24 de dezembro de 1829
até
18 de fevereiro de 1830
(56 dias)
[nota 11]
 
18 de fevereiro de 1830
até
1 de abril de 1830
(42 dias)
[nota 12]
 
1 de abril de 1830
até
8 de março de 1831
(341 dias)
[nota 13]
 
8 de março de 1831
até
18 de setembro de 1831
(194 dias)
[nota 14]
República Conservadora (1831-1861)
3  
18 de setembro de 1831
até
18 de setembro de 1841
(10 anos)
Pelucones
(1831-1836)
Conservador
(1836-1841)
1831
1836
4  
18 de setembro de 1841
até
18 de setembro de 1851
(10 anos)
Conservador
1841
1846
5  
10 de setembro de 1851
até
18 de setembro de 1861
(10 anos)
Conservador
1851
1856
[nota 15]
República Liberal (1861-1891)
6  
18 de setembro de 1861
até
18 de setembro de 1871
(10 anos)
Nacional
1861
1866
7  
18 de setembro de 1871
até
18 de setembro de 1876
(5 anos)
Liberal
1871
8  
18 de setembro de 1876
até
18 de setembro de 1881
(5 anos)
Liberal
1876
9  
18 de setembro de 1881
até
18 de setembro de 1886
(5 anos)
Liberal
1881
10  
18 de setembro de 1886
até
29 de agosto de 1891
(4 anos e 345 dias)
Liberal
1886
[nota 16]
Claudio Vicuña Guerrero
 
Não assumiu
Liberal
Julho de 1891
[nota 17]
 
29 de agosto de 1891
até
31 de agosto de 1891
(2 dias)
Nenhum
(Militar)
[nota 18]
República Parlamentar (1891-1925)
11  
31 de agosto de 1891
até
18 de setembro de 1896
(5 anos e 18 dias)
Nenhum
(Militar)
Outubro de 1891
[nota 19]
12  
18 de setembro de 1896
até
12 de julho de 1901
(5 anos e 297 dias)
Liberal
1896
[nota 20]
 
12 de julho de 1901
até
18 de setembro de 1901
(333 dias)
Liberal
[nota 21]
13  
18 de setembro de 1901
até
18 de setembro de 1906
(5 anos)
Liberal
1901
14  
18 de setembro de 1906
até
16 de agosto de 1910
(3 anos e 332 dias)
Nacional
1906
[nota 22]
 
16 de agosto de 1910
até
6 de setembro de 1910
(21 dias)
Nacional
[nota 23]
 
6 de setembro de 1910
até
23 de dezembro de 1910
(108 dias)
Liberal Democrático
[nota 24]
15  
23 de dezembro de 1910
até
23 de dezembro de 1915
(5 anos)
Liberal
1910
16  
23 de dezembro de 1915
até
12 de setembro de 1920
(4 anos e 264 dias)
Liberal Democrático
1915
17  
23 de setembro de 1920
até
23 de janeiro de 1924
(3 anos e -291 dias)
Liberal
1920
[nota 25]
 
12 de setembro de 1924
até
23 de janeiro de 1925
(133 dias)
Nenhum
(Militar)
Golpe de 1924
[nota 26]
Pedro Dartnell
 
23 de janeiro de 1925
até
27 de janeiro de 1925
(4 dias)
Nenhum
(Militar)
[nota 27]
Emilio Bello Codesido
 
27 de janeiro de 1925
até
12 de março de 1925
(-1 anos e -357 dias)
Liberal
[nota 28]
República Presidencial (1925-1932)
18  
12 de março de 1925
até
1 de outubro de 1925
(-1 anos e 38 dias)
Liberal
[nota 29]
 
1 de outubro de 1925
até
23 de dezembro de 1925
(83 dias)
Liberal
[nota 30]
19  
23 de dezembro de 1925
até
10 de maio de 1927
(1 ano e 138 dias)
Liberal Democrático
1925
20  
10 de maio de 1927
até
26 de julho de 1931
(4 anos e 77 dias)
Nenhum
(Independente)
1927
 
26 de julho de 1931
até
27 de julho de 1931
(1 dia)
Liberal Democrático
[nota 31]
 
27 de julho de 1931
até
20 de agosto de 1931
(24 dias)
Radical
[nota 32]
 
20 de agosto de 1931
até
15 de novembro de 1931
(87 dias)
Radical
[nota 33]
21  
15 de novembro de 1931
até
4 de junho de 1932
(202 dias)
Radical
1931
[nota 34]
República Socialista (1932)
Arturo Puga
 
4 de junho de 1932
até
16 de junho de 1932
(12 dias)
Nenhum
(Independente)
[nota 35]
 
16 de junho de 1932
até
13 de setembro de 1932
(89 dias)
[nota 36]
República Presidencial (1932-1973)
 
13 de setembro de 1932
até
2 de outubro de 1932
(19 dias)
Nenhum
(Militar)
[nota 37]
 
2 de outubro de 1932
até
23 de dezembro de 1932
(82 dias)
Nenhum
(Independente)
[nota 38]
22  
24 de dezembro de 1932
até
24 de dezembro de 1938
(6 anos)
Liberal
1932
23  
24 de dezembro de 1938
até
25 de novembro de 1941
(2 anos e 336 dias)
Radical
1938
[nota 39]
 
25 de novembro de 1941
até
2 de abril de 1942
(128 dias)
Radical
[nota 40]
24  
2 de abril de 1942
até
27 de junho de 1946
(4 anos e 86 dias)
Radical
1942
 
27 de junho de 1946
até
3 de agosto de 1946
(37 dias)
Radical
[nota 41]
 
3 de agosto de 1946
até
13 de agosto de 1946
(10 dias)
Nenhum
(Independente)
[nota 42]
 
13 de agosto de 1946
até
17 de outubro de 1946
(65 dias)
Radical
[nota 43]
 
17 de outubro de 1946
até
3 de novembro de 1946
(17 dias)
Radical
[nota 44]
25  
3 de novembro de 1946
até
3 de novembro de 1952
(6 anos)
Radical
1946
26  
3 de novembro de 1952
até
3 de novembro de 1958
(6 anos)
Nenhum
(Independente)
1952
27  
3 de novembro de 1958
até
3 de novembro de 1964
(6 anos)
Nenhum
(Independente)
1958
28  
3 de novembro de 1964
até
3 de novembro de 1970
(6 anos)
1964
29  
3 de novembro de 1970
até
11 de setembro de 1973
(2 anos e 312 dias)
[nota 45]
Ditadura Militar (1973-1990)
30  
11 de setembro de 1973
até
11 de março de 1990
(16 anos e 181 dias)
Nenhum
(Militar)
[nota 46]
República Democrática (1990-presente)
31  
11 de março de 1990
até
11 de março de 1994
(4 anos)
[nota 47]
32  
11 de março de 1994
até
11 de março de 2000
(6 anos)
1993
[nota 48]
33  
11 de março de 2000
até
11 de março de 2006
(6 anos)
1999-2000
[nota 49]
34  
11 de março de 2006
até
11 de março de 2010
(4 anos)
2005-2006
[nota 50]
35  
11 de março de 2010
até
11 de março de 2014
(4 anos)
Nenhum
(Independente)
Apoio do RN
[nota 51]
36  
11 de março de 2014
até
11 de março de 2018
(4 anos)
[nota 52]
37  
11 de março de 2018
até
11 de março de 2022
(4 anos)
Nenhum
(Independente)
Apoio de Chile Vamos
[nota 53]
38  
11 de março de 2022
até
em exercício
(205 dias)
[nota 54]

Vice-presidenteEditar

O vice-presidente do Chile ocupou um cargo político no Chile entre 1826 e 1833. Hoje esse cargo não existe de forma permanente, sendo substituído pelo Ministro do Interior e da Segurança Pública.

Atualmente, Vice-presidente da República é o título utilizado pelo Ministro de Estado que suplanta o presidente na sua ausência ou impedimento temporário.

Ex-presidentes vivosEditar

Até os dias atuais, quatro ex-presidentes estão vivos:

O último ex-presidente à falecer foi Patricio Aylwin em 19 de abril de 2016, aos 97 anos.[5]

Notas

  1. No qual, órgãos colegiados chamados de conselhos de governo comumente assumiam o comando do país.
  2. Eleito presidente interino e posteriormente oficializado
  3. Vice-presidente assumindo a presidência com a renuncia de Encalada.
  4. Presidente Provisório até 15 de fevereiro de 1827
  5. Vice-presidente assumindo a presidência com a renuncia de Freire.
  6. Presidente do Senado assumindo interinamente, já que Francisco Antonio Pinto se afastou devido a problemas de saúde.
  7. Presidente do Senado assumindo com a renuncia de Antonio Francisco Pinto. Renunciou pouco tempo depois em meio a guerra civil..
  8. Presidente da Junta de Governo durante a guerra civil.
  9. Presidente do Senado reassumindo seu posto. Teve que renunciar menos de um mês depois.
  10. Acefalia executiva durante a guerra civil.
  11. Presidente da Junta de Governo
  12. Presidente provisório e oficializado.
  13. Vice-presidente assumindo com a renuncia de Ruz-Tagle. Renunciou pouco tempo depois.
  14. O Congresso nomeou José Joaquín Prieto Vial como presidente e Fernando Errázuriz como vice-presidente, porém Prieto não assumiu o cargo e renunciou imediatamente, tornando Fernando Errázuriz presidente automaticamente.
  15. Liderou o governo durante a Guerra Civil de 1851
  16. Renunciou na Guerra civil chilena de 1891 e entregou o poder a Manuel Baquedano. Suicidou-se em 19 de setembro de 1891, um dia após o término de seu mandato.
  17. Eleito em julho de 1891, porém não assumiu devido a Guerra civil chilena de 1891.
  18. Chefe do Governo Provisório
  19. Presidente do Governo Provisório e oficializado em 26 de dezembro de 1891
  20. Morreu no cargo
  21. Ministro do Interior atuando como presidente em exercício
  22. Morreu no cargo
  23. Ministro do Interior atuando como presidente em exercício. Morreu no cargo.
  24. Ministro da Justiça atuando como presidente em exercício.
  25. Deposto no golpe militar de 1924
  26. Presidente da Junta de Governo
  27. Presidente da Junta de Governo
  28. Presidente da Junta de Governo
  29. Restauração de seu mandato original
  30. Ministro do Interior atuando como presidente em exercício
  31. Presidente do Senado atuando como presidente em exercício
  32. Ministro do Interior atuando como presidente em exercício. Renunciou para concorrer as eleições.
  33. Ministro do Interior atuando como presidente em exercício
  34. Deposto por um golpe de Estado
  35. Presidente da Junta de Governo.
  36. Presidente do Governo Socialista. Deposto.
  37. Presidente Provisório.
  38. Presidente da Suprema Corte do Chile atuando como vice-presidente em exercício.
  39. Morreu no cargo.
  40. Ministro do Interior atuando como vice-presidente em exercício.
  41. Ministro do Interior atuando como vice-presidente em exercício.
  42. Ministro do Interior atuando como vice-presidente em exercício.
  43. Vice-presidente exercício
  44. Ministro do Interior atuando como vice-presidente.
  45. Deposto pelo Golpe de Estado no Chile em 1973
  46. Ditador após o golpe de Estado de 1973. Neste tempo obteve vários títulos ao decorrer dos anos; Presidente da Junta de Governo (1973-1974), Chefe Supremo da Nação (1974) e Presidente da República (1974-1990).
  47. Eleito no pleito democrático desde 1970.
  48. Eleito para um mandato de 8 anos, mas que logo foi diminuído para 6 anos após reformas constitucionais em 1994.
  49. Eleito para um mandato de 6 anos, diminuído para 4 anos após reformas constitucionais em 2005.
  50. Primeiro mandato
  51. Político independente apoiado pelo partido Renovação Nacional.
  52. Segundo mandato
  53. Político independente com apoio da coalizão de centro-direita Vamos Chile
  54. Presidente mais jovem eleito. Apoiado pela coalizão Apruebo Dignidad.

Referências

  1. Ver Sentença Rol 78-1989 da Corte Constitucional do Chile, reincidência sobre o projeto de lei orgânica constitucional sobre o Banco Central (considerandos 7 a 13).
  2. Bravo Lira, Bernardino (1996). "Introdução. Raiz e razão do Estado de Direito no Chile ”. O Estado de Direito na História do Chile. Santiago do Chile: Edições da Universidade Católica do Chile.
  3. Carrasco Delgado, Sergio (1980). ''Gênese e validade dos textos constitucionais chilenos''. Santiago de Chile: Editorial Jurídica de Chile.
  4. Bravo Lira, Bernardino (1996). «Capítulo I. Presidente y regulación jurídica del poder. De la monarquía a la monocracia». El Estado de Derecho en la Historia de Chile. Santiago de Chile: Ediciones Universidad Católica de Chile.
  5. Efe, Da Agência (19 de abril de 2016). «Morre ex-presidente chileno Patrício Aylwin aos 97 anos». Mundo. Consultado em 9 de novembro de 2020 

Ligações externasEditar