Abrir menu principal

Wikipédia β

Quelimane é a capital e a maior cidade da província da Zambézia, em Moçambique. Está localizada no rio dos Bons Sinais, a cerca de 20 km do Oceano Índico; por essa razão, a cidade conta com um porto, que é uma das suas principais actividades económicas, centro de uma importante indústria pesqueira.

Quelimane
Cidade e Município de Moçambique Moçambique
Quilimane.jpg
Dados gerais
Gentílico quelimanense
Província Zambézia
Distrito Quelimane (distrito)
Posto(s) administrativos(s) Quelimane
Município(s) Quelimane
Características geográficas
Área 117 km quadrados km²
População 193.343 hab. (1997)

Quelimane está localizado em: Moçambique
Quelimane
Localização de Quelimane em Moçambique
16° 51' 00" S 36° 59' 00" E{{{latG}}}° {{{latM}}}' {{{latS}}}" {{{latP}}} {{{lonG}}}° {{{lonM}}}' {{{lonS}}}
Dados adicionais
Código postal 2403
Projecto África  • Portal de Moçambique

Era um importante centro comercial suaíle quando os portugueses ali chegaram em 1498, mais especificamente Vasco da Gama na sua primeira viagem à Índia, mas a presença portuguesa permanente só foi registada a partir de 1544.[1] Foi elevada a vila e sede de concelho em 1763 e a cidade a 21 de Agosto de 1942.[2]

A cidade de Quelimane é administrativamente um município com um governo local eleito e também um distrito, que administra as competências do governo central.[3] Numa área de 117 km², a cidade tinha 150 116 habitantes em 1997. A população tinha ascendido a 185.000 habitantes em 2003, e o censo de 2007 registou 193.343 habitantes.[4]

ToponímiaEditar

Existem várias versões sobre a origem do nome da cidade:

  • Uma versão popular, desacreditada por linguistas e especialistas, seria a de que a origem do nome de Quelimane derivaria das palavras inglesas Killing Man (mata homens), que teriam evoluído para Queli-Man, pois esta zona de Moçambique estaria infectada de mosquitos transmissores da malária e muitos dos homens das tripulações morreram como consequência dessa doença.
  • Outra versão diz que o nome desta cidade vem dos tempos da sua "descoberta" por Vasco da Gama que, vendo algumas pessoas a cultivar a terra, lhes perguntou (em língua portuguesa, evidentemente) como se chamava a terra. Não entendendo a pergunta, algum dos locais terá dito Kuliamani, que significa: "Estamos a cultivar".

Índice

Relações externasEditar

Quelimane encontra-se irmanada com Setúbal, desde 2005.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. http://www.fcsh.unl.pt/cham/eve/content.php?printconceito=823 Topónimo - QUELIMANE
  2. http://www.verdade.co.mz/eleicoes/35-themadefundo/23185-quelimane-uma-cidade-parada-no-tempo Quelimane: Uma cidade parada no tempo
  3. Lei nº 26/2013, publicada no Boletim da República nº 101, I Série, de 18 de Dezembro de 2013, pág. 1059-1061 (3)
  4. «Cidade de Quelimane.pdf — Instituto Nacional de Estatistica» (PDF). www.ine.gov.mz. Consultado em 6 de novembro de 2016