Quinto Licínio Silvano Graniano Quadrônio Próculo

Quinto Licínio Silvano Graniano Quadrônio Próculo (em latim: Quintus Licinius Silvanus Granianus Quadronius Proculus) foi um senador e general romano nomeado cônsul sufecto em 106 com Lúcio Minício Natal. Entre 121 e 122, foi procônsul da Ásia e, durante seu mandato, escreveu uma carta ao imperador romano Adriano sobre os cristãos, mas a resposta foi recebida por seu sucessor, Caio Minício Fundano[1].

Quinto Licínio Silvano Graniano Quadrônio Próculo
Cônsul do Império Romano
Consulado 106 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Tibério Júlio Cândido Mário Celso II

com Caio Âncio Aulo Júlio Quadrado II
com Caio Júlio Quadrado Basso (suf.)
com Cneu Afrânio Dexter (suf.)
com Quinto Cecílio Honorato (suf.)
com Marco Vitório Marcelo (suf.)
com Caio Cecílio Estrabão (suf.)

Lúcio Ceiônio Cômodo
106

com Sexto Vetuleno Cívica Cerial
com Lúcio Minício Natal (suf.)
com Quinto Licínio Silvano Graniano Quadrônio Próculo (suf.)

Sucedido por:
'Lúcio Licínio Sura III

com Quinto Sósio Senécio II
com Caio Minício Fundano (suf.)
com Caio Vetênio Severo (suf.)
com Caio Júlio Longino (suf.)
com Quinto Valério Paulino (suf.)


Referências

  1. Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 7, c. 178