Abrir menu principal
Ralph Chubb
Ralph Chubb em 1912
Nascimento 8 de fevereiro de 1892
Harpenden, Hertfordshire
Morte 14 de janeiro de 1960 (67 anos)
Stratfield Saye, Hampshire
Nacionalidade Reino Unido britânico
Ocupação Poeta, pintor e artista
Movimento literário Anti-materialismo

Ralph Nicholas Chubb (8 de fevereiro de 1892[1] - 14 de janeiro de 1960) foi um poeta, impressor e artista britânico. Fortemente influenciado por Whitman, Blake e pelos românticos, o seu trabalho resultou na criação de uma mitologia pessoal altamente intrincada, anti-materialista[2] e sexualmente revolucionária.

Ralph Nicholas Chubb nasceu em Harpenden, Hertfordshire.[1][3] Sua família se mudou para a cidade histórica de St Albans antes de seu primeiro aniversário. Chubb estudou na Escola de St Albans e na Selwyn College, em Cambridge,[1] antes de se tornar um oficial na Primeira Guerra Mundial. Ele serviu com distinção, mas desenvolveu a neurastenia, e se tornou invalidado em 1918.

De 1919-1922 Chubb estudou na Slade School of Art em Londres.[4] Foi lá que ele conheceu Leon Underwood e outros artistas influentes. Ele passou a contribuir com vários artigos e poemas para a revista de Underwood, The Island. Embora o seu trabalho foi exibido em locais como a Galeria Goupil e da Real Academia de Artes, suas pinturas não foram vendidas. Existem várias em coleções públicas na Grã-Bretanha. Seu maior pintura The Well (1920) esta em Wakefield; Southhampton tem banhistas com meninos lutando, e nus em Leamington, todos ilustrados nos catálogos da Fundação Pública de Arte. Ele se mudou com sua família para a aldeia de Curridge, perto Newbury em Berkshire.[1] Ele começou a dedicar seus talentos artísticos para as obras impressas que permaneceriam como seu trabalho principal em vida.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d Smith, Timothy D'Arch. Love in earnest: some notes on the lives and writings of English 'Uranian' poets from 1889 to 1930. Routledge & K. Paul, 1970. pp. 219.
  2. Bowling Green State University. Philosophy Documentation Center (col). The Philosopher's Index: Subject index, A-Louch. Philosophy Documentation Center, Bowling Green State University, 1980.
  3. Dolman, Bernard. Who's who in Art. Art Trade Press, 1927. pp. 44.
  4. Peppin, Brigid; Micklethwait, Lucy. Book Illustrators of the Twentieth Century. Arco Pub., 1984. pp. 71. ISBN 0668056703

Leitura adicionaEditar

  • Cave, Roderick (1960). In Blake's Tradition: the Press of Ralph Chubb. The American Book Collector. 11 (2), p8-17
  • Cave, Roderick (1960). 'Blake's Mantle', a Memoir of Ralph Chubb. Book Design and Production. 3 (2), p24-8
  • D'Arch Smith, Timothy (1970). Love in Earnest. Londres: Routledge & Kegan Paul.
  • Rahman, Tariq (1991). Ephebophilia and the Creation of a Spiritual Myth in the Works of Ralph Nicholas Chubb. Journal of Homosexuality. 20 (1-2), p103-127
  • Reid, Anthony (1970). Ralph Chubb: The Unknown. Reprinted from The Private Library. 3 (3-4).
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.