Raulino Horn

Raulino Júlio Adolfo Horn (Laguna, 1 de julho de 1849Florianópolis, 26 de setembro de 1927) foi um farmacêutico, jornalista e político brasileiro. Foi presidente de Santa Catarina em 1889, como membro da junta governativa estabelecida no estado após a Proclamação da República Brasileira.

Raulino Horn
Raulino Horn
Presidente de Santa Catarina (junta governativa) Bandeira Santa Catarina.svg
Período 17 de novembro de 1889 a 2 de dezembro de 1889
Dados pessoais
Nascimento 1 de julho de 1849
Laguna
Morte 26 de setembro de 1927 (78 anos)
Florianópolis
Nacionalidade brasileiro
Partido Partido Republicano Catarinense
Serviço militar
Graduação Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro

Filho do farmacêutico alemão Eduardo Amadeus Adolfo Horn (1799-1866), nascido no Reino da Prússia, que imigrou para o Brasil em 1838, e de Claudina Bernardina de Oliveira Medeiros.[1]

Formou-se em farmácia pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, seguindo a profissão de seu pai, onde manteve contato com outros catarinenses envolvidos por ideais republicanos e abolicionistas, entre eles, Saldanha Marinho e Esteves Júnior.[1]

Foi fundador do Partido Republicano Catarinense (PRC), em 27 de junho de 1887, e do Clube Abolicionista do Desterro.[1]

Com a proclamação da república foi um dos três membros da junta governativa catarinense. Na ocasião em que Lauro Müller assumiu o primeiro governo republicano, foi o primeiro vice-governador do estado, tendo assumido o governo de 24 de agosto a 29 de setembro de 1890, e de 5 a 8 de outubro de 1890, passando o governo ao segundo vice-governador Gustavo Richard, seguindo para o Rio de Janeiro, onde assumiu o cargo de senador da república, de 1890 a 1899.[2]

Foi deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 10ª legislatura (1919 — 1921), na 11ª legislatura (1922 — 1924) e na 12ª legislatura (1925 — 1927). Presidente da Assembléia nas 10ª e 11ª legislaturas, substituiu o governador Hercílio Luz por quatro vezes, de 24 de abril a 28 de maio de 1920, de 30 de agosto a 27 de setembro de 1920, de 31 de outubro de 1921 a 12 de agosto de 1922, e de 16 de agosto a 28 de setembro de 1922.[1]

HomenagensEditar

  • Escola de Educação Básica Raulino Horn, em Indaial.[1]
  • Rua Raulino Horn, no centro de Laguna.[1]

Referências

  1. a b c d e f Memória Política de Santa Catarina (2020). «Biografia Raulino Horn». Consultado em 4 de fevereiro de 2021 
  2. Senador Raulino Horn em www25.senado.leg.br

Ligações externasEditar


Precedido por
Luís Alves Leite de Oliveira Belo
Junta governativa de 1889
1889
Sucedido por
Lauro Müller
Precedido por
Henrique Monteiro de Abreu
Prefeito de Florianópolis
1899
Sucedido por
Sebastião Catão Calado
Precedido por
Sebastião Catão Calado
Prefeito de Florianópolis
1899
Sucedido por
Emílio Blum
Precedido por
Emílio Blum
Prefeito de Florianópolis
14 de março a 22 de junho de 1891
Sucedido por
Antônio Pereira da Silva e Oliveira
Precedido por
Emílio Blum
Prefeito de Florianópolis
10 de janeiro de 1900 a 23 de janeiro de 1901
Sucedido por
Francisco Campos da Fonseca Lobo


  Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.