Abrir menu principal
Rede Tropical de Comunicação
Razão social TV Tropical S.A
Empresa de capital fechado
Atividade Mídia
Fundador(es) Tarcísio Maia
Sede Natal, RN, Brasil
Área(s) servida(s) Natal, Caicó, Currais Novos, Macau, Nova Cruz, Pau dos Ferros
Proprietário(s) José Agripino Maia
Presidente José Agripino Maia
Produtos

Rede Tropical de Comunicações é um grupo de comunicação do Rio Grande do Norte, com sede na capital Natal. Pertence à José Agripino Maia e foi inaugurada em 31 de outubro de 1987, a partir da criação da TV Tropical, sendo que no mesmo ano, a emissora adquiria a Rádio Tropical fundada em 1962, hoje CBN Natal[1]. Além da TV Tropical e da CBN Natal, a empresa também controla a Mix FM Natal, a Jovem Pan FM Seridó, além de muitas outras rádios pelo interior do estado.

HistóriaEditar

A história começa em 1962, depois da criação da Rádio Trairy, que na época havia sido fundada por Theodorico Bezerra, em 1981, a rádio foi adquirida pelo político paraibano Tarcísio Maia, e em 1984, ela tem seu nome alterado para Rádio Tropical.

No dia 31 de outubro de 1987, era criada a TV Tropical, na época afiliada a antiga Rede Manchete instalada no canal 8 VHF. No entanto, o Canal 8 já estava no ar antes do surgimento da TV Tropical, pois era apenas retransmissora do sinal da TV Jornal (afiliada à Rede Bandeirantes) desde 1985 através de enlaces (ou links) de transmissão de torres das repetidoras mantidas pela emissora. Em 1987, quando a TV Jornal passou ser afiliada ao SBT, o Canal 8 passou apenas repetir sinal da Bandeirantes, pois o SBT já tinha como afiliada a TV Ponta Negra, para evitar que a cidade receba sinal de duas emissoras afiliadas à mesma rede, transmissão que durou até a chegada da TV Tropical.

Em 1985, a empresa criava a Rádio Seridó, que na época apresentava uma programação independente, e era transmitida em AM 1100 kHz.

Na década de 90, todas os veículos de comunicação foram vendidos ao deputado José Agripino Maia.

Em 1996, a TV Tropical que até então era só restrita apenas na Grande Natal, iniciou seu projeto de expansão de seu sinal, chegando a cidade de Mossoró. No mesmo ano, em março, a Rádio Tropical se afiliou a CBN, e tem seu nome alterado para CBN Natal.

Em 1997, as rádios Tropical FM (Natal), Rádio Seridó (Caicó) e a Rádio Cultura (Pau dos Ferros) se afiliaram a Rede SomZoom Sat.

No mesmo ano, a TV Tropical se torna afiliada a RecordTV, deixando de transmitir a Rede Manchete.

Em 2010, a Rede Tropical e a Mix FM fecharam um contrato de afiliação, no caso a Tropical FM, passaria a transmitir a programação a emissora, sendo que logo após isso a emissora estreou na frequência 103,5 MhZ.

Em 2016, a CBN Natal, passa a ser transmitida no FM 91,1 MhZ. Foi a primeira rádio de Natal que passou pela migração AM-FM.

Em 2017, outra rádio que passou por isso, foi a Rádio Seridó, em Caicó, que foi para o FM 100,7.[2], na época foi anunciado que a emissora passaria a ser afiliada a Jovem Pan FM[3], e no dia 18 de julho, ao meio-dia, durante a transmissão do Panico, a emissora passou a transmitir a programação da rede paulista.

Emissoras da Rede TropicalEditar

 
Rádio Cultura do Oeste em Pau dos Ferros

Referências

  1. https://tudoradio.com/noticias/ver/16218-migracao-am-fm-cbn-estreia-hoje-na-faixa-fm-de-natal//  Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  2. Marcos Dantas (13 de março de 2017). «Rádio Seridó é a primeira AM da região a concluir migração para o FM». Blog do Marcos Dantas. Consultado em 23 de julho de 2018 
  3. Daniel Starck (14 de julho de 2017). «Exclusivo: Jovem Pan FM anuncia expansão de sua rede em quatro estados através de migrantes AM-FM». Tudo Rádio. Consultado em 23 de julho de 2018