Abrir menu principal
Remi Trinta
Deputado federal pelo Maranhão
Período 1 de fevereiro de 1991
até 1 de fevereiro de 2007
Deputado estadual pelo Maranhão
Período 1 de fevereiro de 1987
até 31 de janeiro de 1991
Prefeito de Palmeirândia
Período 1983-1986
Dados pessoais
Nascimento 11 de fevereiro de 1940 (79 anos)
São Bento, MA
Cônjuge Luciana Trinta
Partido ARENA (1965–1980)
PDS (1980–1985)
PFL (1985–1994)
PMDB (1994–1996)
PL (1996–1999)
PST (1999–2001)
PL (2001–2007)
PPS (2007–2011)
PSL (2011–presente)
Profissão Médico

Remi Abreu Trinta (São Bento, 11 de fevereiro de 1940) é um médico e político brasileiro. Filiado ao PSL, foi prefeito de Palmeirândia (1983–1985), deputado estadual (1987–1991) e deputado federal (1991–2007).[1]

Carreira políticaEditar

Começou a carreira política ao ser eleito deputado estadual em 1986.[nota 1]

Foi eleito deputado federal em 1990, 1994, 1998 e 2002

Em 2002, o PL oficializou o apoio à reeleição de José Reinaldo Tavares, integrando a sua coligação que reunia 9 partidos. Recorreu, junto ao senador José Sarney, pela cassação do registro de candidatura de Ricardo Murad (à época pelo PSB) no Tribunal Superior Eleitoral. Segundo o presidente estadual do PL no estado, existem razões pela cassação de Ricardo Murad para impedir o segundo turno e a vitória de Jackson Lago. Cassado pelo TSE em 25 de setembro de 2002, Ricardo Murad teve seus votos anulados, o que facilitou a vitória de José Reinaldo Tavares sobre Jackson Lago.

Candidatou-se a deputado estadual em 2006, 2010 e 2014, sem lograr êxito. Consegue eleger sua esposa Luciana Trinta prefeita de Araioses em 2008, sendo que esta não consegue a reeleição em 2012.

Referências

Notas

  1. Antes de se eleger deputado estadual, Remi Trinta foi nomeado prefeito de Palmeirândia em 1983 pelo governador Luís Rocha para exercer o mandato até 15 de maio de 1986.