Abrir menu principal

São Martinho (Rio Grande do Sul)

Município do Rio Grande do Sul
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com São Martinho da Serra.
São Martinho
  Município do Brasil  
Pórtico
Pórtico
Símbolos
Bandeira de São Martinho
Bandeira
Brasão de armas de São Martinho
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Cidade das flores"
Gentílico são-martinhense[1]
Localização
Localização de São Martinho no Rio Grande do Sul
Localização de São Martinho no Rio Grande do Sul
São Martinho está localizado em: Brasil
São Martinho
Localização de São Martinho no Brasil
Mapa de São Martinho
Coordenadas 27° 42' 25" S 53° 58' 08" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Municípios limítrofes Campo Novo, São José do Inhacorá, Santo Augusto, Alegria, Boa Vista do Buricá, Sede Nova e São Valério do Sul
Distância até a capital 465 km
História
Fundação 27 de novembro de 1963 (56 anos)
Administração
Prefeito(a) Marino Krewer (PP) (2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 171,661 km²
População total (est. IBGE/2018[3]) 5 474 hab.
Densidade 31,89 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 448 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (IBGE/2010 [4]) 0,726 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 81 480,377 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 13 687,28

São Martinho é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

HistóriaEditar

A história de São Martinho começa no ano de 1920, com a chegada de famílias luso-brasileiras que se instalaram no interior do município. Sabe-se que o local já estava sendo povoado por famílias de caboclos, que se preocupavam apenas com a sobrevivência, desmatando e extraindo a erva-mate nativa. Gradualmente, esses caboclos foram abandonando suas terras ou sendo expulsos de suas propriedades para dar lugar aos novos colonizadores que começavam a chegar ao local.[1]

Em meados de 1935, o lugar tornou-se conhecido quando foi concluído o estradão que ligou São Martinho, conhecido como Vila Nova da Serra a Boa Vista do Buricá.[1]

Os primeiros imigrantes que aportaram a esta terra eram, na sua maioria, de origem alemã. De 1939 a 1940, grande número de colonos começaram a chegar na região, sendo atraídos pelos aspectos geográficos, terrenos pouco acidentados, solo fértil, terra barata e fácil de trabalhar, pouco mato, em sua maioria macega, onde na época, ainda viviam grandes bandos de macacos, antas e veados.[1]

A emancipação do município ocorreu em 27 de novembro de 1963, após a realização de um plebiscito.[1]

Sua denominação atual originou-se do padroeiro São Martinho, que foi um célebre bispo da Igreja Católica que viveu na França.[1]

São Martinho é conhecida como a cidade das flores.[1]

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 27º42'26" sul e a uma longitude 53º58'07" oeste, estando a uma altitude de 448 metros.

Possui uma área de 167,62 km² e sua população estimada em 2018 foi de 5474 habitantes.

Temos lá alguns aclives, incluindo o que tange o cateto da hipotenusa.

Referências

  1. a b c d e f g Histórico de São Martinho no site do IBGE
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «IBGE Cidades.». Estimativa Populacional de 2018. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 01 de julho de 2018. Consultado em 21 de julho de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. «IDH-M de São Martinho». IBGE. 2010. Consultado em 13 de janeiro de 2019 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar