Sai Dessa, Recruta

filme de 1960 dirigido por Hélio Barrozo Netto

Sai Dessa, Recruta é um filme brasileiro de 1960, do gênero comédia, com direção de Hélio Barrozo Netto.[1]

Sai dessa, recruta
 Brasil
1960 •  p&b •  88 min 
Género comédia
Direção Hélio Barrozo Netto
Roteiro Ivan P. Barbosa
Mário M. Guimarães (história)
Elenco Ankito
Consuelo Leandro
Mário Tupinambá
Idioma português

Estrelado por Ankito, foi um dos primeiros filmes da carreira cinematográfica de Jorge Loredo.[2] Boa parte dos elementos cômicos no roteiro de Alípio Ramos e Hélio Barrozo Netto vem da exploração de estereótipos nordestinos, envolvendo o casal de protagonistas e o cabo baiano vivido por Mário Tupinambá[3]

Sinopse editar

O recruta paraibano Aparício (Ankito), recém-casado com Hermengarda (Consuelo Leandro), vem prestar serviço militar no Rio de Janeiro. Quando Hermengarda resolve vir também para o Rio com o irmão mais novo, Chiquinho, Aparício esconde a família num depósito nos fundos do quartel, já que não tem dinheiro para uma pensão onde caibam todos. A situação origina uma série de confusões, enquanto o sargento Leão (Renato Restier) tenta descobrir o que está acontecendo.

Elenco editar

Referências

  1. Filme: Sai Dessa, Recruta. Cinema, sonho e saudade
  2. Uma entrevista com Jorge Loredo, o criador de Zé Bonitinho. Revista Contracampo
  3. LOBO, Júlio César. Estereotipando nordestinos: representações de uma identidade cultural na chanchada carioca de 1952-1961. Revista de Audiovisual Sala 206, nº 3, dez/2013
  4. Sai dessa, recruta. Cinemateca Brasileira

Ligações externas editar