Abrir menu principal

Salvador de Samà i Torrents, marquês de Marianao e de Villanueva i la Geltrú (Barcelona, 1861 - Barcelona, 1933), foi um nobre e político catalão.[1]

Membro do Partido Liberal, foi deputado nas Cortes Generales por Gandesa (1891-1896) e nomeado Grande de Espanha em 1893,[1] tendo também sido nomeado senador vitalício.[1][2] Foi alcaide de Barcelona em duas ocasiões (1905-1906 e 1910-1911) e concelheiro do Município de Barcelona (1930-1931), tendo ainda sido membro dos comités organizadores das exposições de 1888 e 1929 em Barcelona.[1] Foi o promotor do Parque de Samà em Cambrils, um jardim de estilo romântico da autoria de Josep Fontserè (1882).[1][3]

Referências

  1. a b c d e Gran Enciclopèdia Catalana (em catalão). 19. Barcelona: Edicions 62. 1969-1997. ISBN 84-30055-11-8 
  2. «Sama y Torrents, Salvador. Marqués de Marianao». Senadores (em espanhol). Senado de Espanha. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  3. PUIG ROVIRA, Francesc Xavier (2003). Diccionari biogràfic de Vilanova i la Geltrú (em catalão). Vilanova i la Geltrú: El Cep i la Nansa. ISBN 84-85960-83-1 
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.