Igreja de Santo Atanásio
Sant'Atanasio
Vista da igreja
Estilo dominante Barroco
Arquiteto Martino Longhi, o Velho
Início da construção 1580
Fim da construção 1583
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Ano de consagração século XVI
Website Site oficial
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Rione Campo Marzio
Coordenadas 41° 54' 28.48" N 12° 28' 46.20" E

Sant'Atanasio ou Igreja de Santo Atanásio, conhecida também como Sant'Atanasio dei Greci ou Igreja de Santo Atanásio dos Gregos, é uma igreja titular em Roma, Itália, construída para a Universidade Grega para formação do clero católico de rito bizantino (grego) depois da fundação da Congregação para os Gregos pelo papa Gregório XIII (r. 1572–1585). Em 1872, a igreja foi entregue aos cuidados da Congregação para as Igrejas Orientais. Em 22 de fevereiro de 1962, o papa João XXIII elevou-a ao status de igreja titular[1]. É uma das igrejas nacionais da comunidade grega na cidade.

O atual cardeal-presbítero protetor do título de Santo Atanásio é Lucian Mureşan, arcebispo-maior de Făgăraş şi Alba Iulia, na Romênia.

ArquiteturaEditar

O layout principal da igreja foi projetado por Giacomo della Porta. A fachada está ladeada por duas torres encimadas por cúpulas e é dividida em duas seções horizontais por uma faixa de mármore. De ambos os lados de uma grande janela central está uma inscrição, uma grego e outra em latim, em homenagem a Santo Atanásio. Na torre da esquerda está um relógio doado pelo papa Clemente XIV em 1771, que fica voltado para a Universidade Grega.

Ao lado da igreja está a famosa Fontana del Babuino, uma das estátuas falantes de Roma.

GaleriaEditar

Referências

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sant'Atanasio