O Pequeno Stuart Little

filme de 1999 dirigido por Rob Minkoff
(Redirecionado de Stuart Little)

Stuart Little (bra/prt: O Pequeno Stuart Little)[6][7][8][9] é filme animado teuto-estadunidense de 1999, dos gêneros comédia e aventura, dirigido por Rob Minkoff, com roteiro de M. Night Shyamalan e Greg Brooker baseado no romance Stuart Little, de E.B. White, publicado em 1945.

O Pequeno Stuart Little
Stuart Little
Cartaz de divulgação
 Estados Unidos ·  Alemanha
1999 •  cor •  84[1] min 
Direção Rob Minkoff
Produção Douglas Wick
Roteiro M. Night Shyamalan
Greg Brooker
Baseado em Stuart Little,
de E. B. White
Elenco Michael J. Fox
Hugh Laurie
Geena Davis
Jonathan Lipnicki
Nathan Lane
Steve Zahn
Género comédia, aventura, infantil
Música Alan Silvestri
Cinematografia Guillermo Navarro
Edição Tom Finan
Companhia(s) produtora(s) Columbia Pictures[2]
Distribuição Sony Pictures Releasing[3]
Lançamento Estados Unidos 17 de dezembro de 1999
Brasil 14 de janeiro de 2000
Portugal 3 de março de 2000
Idioma inglês
Orçamento US$ 105[4]–133[5] milhões
Receita US$ 300.135.367[5]
Cronologia
Stuart Little 2 (2002)

O filme, que utiliza técnicas de animação digital com live action, conta com a atuação de Geena Davis, Hugh Laurie e Jonathan Lipnicki, acompanhado das dublagens de Michael J. Fox, Nathan Lane, Chazz Palminteri, Steve Zahn, Bruno Kirby e Jennifer Tilly.

Stuart Little foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 17 de dezembro de 1999.[5] Recebeu uma indicação ao Óscar de melhores efeitos visuais, perdendo para Matrix.[10]

Essa produção teria duas sequências: Stuart Little 2, em 2002, e Stuart Little 3: Call of the Wild, em 2005, este último lançado diretamente em vídeo; Stuart Little também originou uma minissérie homônima.

SinopseEditar

Os pais do pequeno George, filho único, resolvem adotar uma criança e acabam encontrando o divertido ratinho Stuart, que vai virar a vida da família de cabeça pra baixo e com eles viver uma bela amizade.[8]

ElencoEditar

Elenco de atoresEditar

Elenco de vozesEditar

RecepçãoEditar

BilheteriaEditar

O Pequeno Stuart Little foi lançado teatralmente nos Estados Unidos em 17 de dezembro de 1999. No fim de semana de abertura, Stuart Little arrecadou US$ 15 milhões, colocando-o no primeiro lugar das bilheterias. Ele caiu para o segundo lugar em seu segundo fim de semana, mas voltou para o primeiro no terceiro com US$ 16 milhões acumulados. Segundo o Box Office Mojo, seu faturamento final nos Estados Unidos e no Canadá foi de US$ 140 milhões e mais US$ 160,1 milhões nas bilheterias de outros países, perfazendo um total estimado de US$ 300 milhões de receita bruta em todo o mundo.[5]

Recepção críticaEditar

Segundo o Rotten Tomatoes, 67% dos críticos deram ao filme uma crítica positiva com base em 96 respostas, com uma classificação média de 6,3/10; o consenso do site diz: "Stuart Little consegue ser encantador com crianças e adultos por seu humor e efeitos visuais".[11] No Metacritic, o filme tem a pontuação 61/100, indicando críticas "geralmente favoráveis".[12]

O crítico Jesus Freak Hideout disse que "do começo ao fim, Stuart Little é um filme de família quase perfeito"[13] enquanto Stephen Holden, do jornal The New York Times, disse que "o único elemento que não se harmoniza completamente com o resto do filme é a figura digital visualmente normal de Stuart".[14]

Descoberta de pintura perdidaEditar

Uma das pinturas usadas como figurino para a casa dos Littles foi a pintura Sleeping Lady with Black Vase (Dama adormecida com vaso preto) da década de 1920, feita pelo pintor de vanguarda húngaro Róbert Berény, considerada até então uma pintura perdida. Um cenógrafo do filme comprou a pintura em uma loja de antiguidades em Pasadena, Califórnia, por quinhentos dólares para ser usada no filme, sem saber de seu significado. Em 2009, o historiador de arte Gergely Barki, enquanto assistia Stuart Little na televisão com sua filha, notou a pintura e, depois de entrar em contato com a Columbia Pictures, foi capaz de localizar o quadro.[15] Em 2014, seu proprietário pôs a pintura em um leilão e a vendeu por duzentos e vinte e nove mil e quinhentos euros.[16]

Mídia domésticaEditar

O Pequeno Stuart Little foi lançado em VHS e DVD em 18 de abril de 2000 nos Estados Unidos,[17] e no Reino Unido em 27 de novembro de 2000. Mais tarde, foi relançado em uma edição Deluxe em DVD em 21 de maio de 2002 e em Blu-ray em 28 de junho de 2011.

Referências

  1. «Stuart Little». British Board of Film Classification. Consultado em 28 de maio de 2018 
  2. «Stuart Little». AFI Catalog of Feature Films. American Film Institute. Consultado em 24 de agosto de 2018 
  3. «Stuart Little». AllMovie. Consultado em 24 de agosto de 2018 
  4. «Stuart Little (1999) – Financial Information». the-numbers.com. Consultado em 28 de maio de 2018 
  5. a b c d «Stuart Little (1999)». Box Office Mojo. 16 de abril de 2000. Consultado em 28 de maio de 2018 
  6. «O Pequeno Stuart Little». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 30 de junho de 2020 
  7. «O Pequeno Stuart Little». Brasil: CinePlayers. Consultado em 30 de junho de 2020 
  8. a b «O Pequeno Stuart Little». Portugal: SapoMag. Consultado em 30 de junho de 2020 
  9. «O Pequeno Stuart Little». Portugal: CineCartaz. Consultado em 30 de junho de 2020 
  10. «The 72nd Academy Awards». Academy Awards. Consultado em 28 de maio de 2018 
  11. «Stuart Little». Rotten Tomatoes. Consultado em 20 de novembro de 2018 
  12. «Stuart Little». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 28 de maio de 2018 
  13. «Stuart Little». Jesus Freak Hideout. Consultado em 28 de maio de 2018 
  14. Stephen Holden (17 de dezembro de 1999). «Film Review – Extra! Sly Cat Upstages Stuart Little!». The New York Times. Consultado em 28 de maio de 2018 
  15. «Stuart Little leads art historian to long-lost Hungarian masterpiece». The Guardian. Budapest: Guardian Media Group. Agence France-Presse. 27 de novembro de 2014. Consultado em 28 de maio de 2018 
  16. Laura Westbrook (14 de dezembro de 2014). «Lost painting auctioned after discovery in Stuart Little film». BBC News. Consultado em 28 de maio de 2018 
  17. Inc, Nielsen Business Media (4 de março de 2000). «Billboard». Nielsen Business Media, Inc. – via Google Books 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.