Ted é um filme estadunidense de comédia e fantasia dirigido, co-produzido e co-escrito por Seth MacFarlane, estrelando Mark Wahlberg e Mila Kunis, com Joel McHale e Giovanni Ribisi.

Ted
Pôster promocional
 Estados Unidos
2012 •  cor •  118 min 
Direção Seth MacFarlane
Produção Scott Stuber
Seth MacFarlane
John Jacobs
Jason Clark
Roteiro Alec Sulkin
Wellesley Wild
História Seth MacFarlane
Narração Patrick Stewart
Elenco Mark Wahlberg
Mila Kunis
Seth MacFarlane
Joel McHale
Giovanni Ribisi
Gênero comédia
fantasia
Música Walter Murphy
Cinematografia Michael Barrett
Edição Jeff Freeman
Companhia(s) produtora(s) Media Rights Capital
Fuzzy Door Productions
Bluegrass Films
Smart Entertainment
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 29 de junho de 2012
Portugal 19 de julho de 2012
Brasil 21 de setembro de 2012
Idioma inglês
Orçamento US$ 50 milhões
Receita US$ 549 368 315
Cronologia
Ted 2 (2015)
Site oficial

O filme marca a estreia de MacFarlane em filmes com atores, com o diretor também sendo autor da história, co-autor do roteiro (junto com dois escritores de sua criação mais famosa, a animação Family Guy), e dublando um personagem feito em computação gráfica. O filme foi produzido pela Media Rights Capital e distribuído pela Universal Pictures e foi lançado nos Estados Unidos em 29 de junho de 2012, sendo lançado no mesmo ano em 19 de julho em Portugal e em 21 de setembro no Brasil. O filme também recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Canção Original.

A sequência intitulada Ted 2 foi lançada em 2015 pela Universal Pictures.

EnredoEditar

Em 1985, John Bennett, de oito anos de idade, é um filho único e sem amigos que mora em Norwood, Massachusetts, um subúrbio de Boston, e deseja que seu novo presente de Natal, um enorme urso de pelúcia chamado Ted, ganhe vida e se torne seu melhor amigo. A data do desejo coincide com a passagem de um estrela cadente e se torna realidade; a notícia se espalha rapidamente, fazendo de Ted uma breve celebridade pelos Estados Unidos nos anos seguintes.

Vinte e sete anos depois, John, agora com trinta e cinco anos, e Ted ainda moram juntos em Boston e ainda são companheiros leais que desfrutam de uma vida prazeiroza. John está namorando Lori Collins, que conheceu em uma boate. Com a aproximação de seu aniversário de namoro de quatro anos, Lori espera se casar com John, mas sente que não pode seguir em frente na vida com Ted por perto dele. John hesita em fazer Ted partir, mas é persuadido a agir quando encontram Ted em casa com um grupo de prostitutas após o jantar de aniversário do casal.

John ajuda Ted a obter seu próprio apartamento e um emprego em uma mercearia, onde Ted começa a namorar sua colega de trabalho Tami-Lynn. Lori descobre que John tem faltado ao trabalho, usando-a como desculpa, para relutantemente continuar a passar a maior parte de seu tempo com o urso. John e Lori são convidados para uma festa organizada pelo empresário mulherengo de Lori, Rex, mas Ted atrai John para uma festa em seu apartamento com a oferta pressionada de conhecer Sam J. Jones, a estrela de seu filme favorito, Flash Gordon; John pretende ficar apenas alguns minutos, mas se deixa levar pela ocasião. Lori encontra John lá e furiosamente termina com ele. John, devastado, desconta toda sua raiva em Ted e o repudia, o que acaba causando uma briga entre os dois.

Após se reconciliarem, Ted consegue que uma antiga amante, a cantora Norah Jones (que o urso conheceu durante um evento de caridade em 2002 ainda quando era famoso) ajude John a expressar seu amor por Lori com uma música cantada por ele durante o show dela onde Lori e Rex comparecem; John canta uma versão desafinada da música tema do filme Octopussy, "All Time High", de Rita Coolidge, sendo vaiado e expulso do palco. Lori fica comovida com a tentativa de reatação de John e volta para seu apartamento, onde Ted reconhece seu papel na recaída de John e se oferece para deixá-los sozinhos para sempre se ela voltar com John.

Após convencer Lori a ir atrás de seu ex, Ted é sequestrado por Donny, um perseguidor mentalmente instável que idolatrava Ted quando criança. Donny planeja fazer de Ted o novo brinquedo de seu filho brutal, Robert. Já na casa deles, Ted consegue alcançar um telefone para contatar John, mas é descoberto por Donny e Robert, que fogem da casa com o urso. Percebendo que Ted está em perigo, John e Lori localizam a residência de Donny e o perseguem para resgatar Ted. A perseguição os leva ao Fenway Park, onde John dá um soco em Robert, nocauteando-o, mas durante a perseguição, Ted é rasgado por Donny e cai no campo, partindo-se inteiramente ao meio; um carro da polícia chega, forçando Donny a fugir. John e Lori juntam todo o resto da pelúcia de Ted para tentar salvá-lo antes do urso transmitir seu desejo de que John seja feliz com Lori. A magia que faz Ted ficar vivo desaparece, tornando-o um ursinho de pelúcia inanimado novamente.

Desesperado e não querendo perder Ted, John e Lori correm de volta para seu apartamento e tentam costurar as partes rasgadas de Ted, o que se mostra inútil. Sentindo-se triste com sua parte no incidente, Lori faz um pedido a uma estrela cadente enquanto John está dormindo naquela noite. Na manhã seguinte, Ted é reanimado pelo desejo de Lori e o casal se reúne novamente, encorajando-os a retomar seu relacionamento; John então finalmente propõe casamento a Lori e ela aceita. Algum tempo depois, eles se casam (com Sam Jones ministrando a união do casal na igreja), e Ted aceita confortavelmente ter uma vida própria, enquanto ele e Tami-Lynn continuam seu caso de amor. Sam Jones tenta reiniciar sua carreira e se muda para um apartamento com Brandon Routh; Rex desiste de perseguir Lori, entra em profunda depressão e morre da doença de Lou Gehrig; Donny é preso pelo Departamento de Polícia de Boston por sequestrar Ted, mas as acusações são retiradas devido à estupidez da situação; Robert contrata um personal trainer, perde uma quantidade significativa de peso e passa a se tornar Taylor Lautner.

ElencoEditar

Papel Ator / Atriz
John Bennett Mark Wahlberg
Lori Collins Mila Kunis
Ted (voz) Seth MacFarlane
Rex Joel McHale
Donny Giovanni Ribisi
Guy Patrick Warburton
Thomas Matt Walsh
Tami-Lynn Jessica Barth
Robert Aedin Mincks
Frank Bill Smitrovic
Alix John Viener
Tanya Laura Vandervoort
Sam J. Jones Ele Mesmo
Ming Robert Wu
Gina Ginger Gonzaga
Tracy Jessica Stroup
Michelle Melissa Ordway
Norah Jones Ela Mesma
Mãe do John Alex Borstein
Pai do John Ralph Garman
John criança Bretton Manley
Ted criança (voz) Zane Cowans
Ted Danson Ele Mesmo
Ryan Reynolds Ele Mesmo
Flash Gordon - Imagem Sam J. Jones
Narrador (voz) Patrick Stewart

ProduçãoEditar

 
MacFarlane escreveu, produziu, e dirigiu o filme, além de ter fornecido a captura de movimento e voz para o personagem-título

Estreia na direção de Seth MacFarlane em um trabalho em live-action, com animação de computador manipulados por efeitos visuais das instalações de Tippett Studio e Iloura. MacFarlane escreveu o roteiro com os seus colegas de Family Guy Alec Sulkin e Wellesley Wild.[1] Filmagem começou em maio de 2011 em Boston, Norwood, Swampscott, e Chelsea, todas cidades de Massachusetts.[2]

Lançamento norte-americano do filme foi marcada para 13 de julho de 2012, mas foi antecipada a 29 de junho de 2012, tanto para evitar a concorrência com Ice Age: Continental Drift e após o atraso de G.I. Joe: Retaliation.[3] O filme foi lançado na Austrália em 5 de julho de 2012,[4] e em 1 de agosto de 2012 no Reino Unido e Irlanda.[5]

Em um vídeo "por trás das cenas", foi revelado que MacFarlane originalmente queria fazer Ted em um programa de TV de animação, bem como seus trabalhos anteriores Family Guy e American Dad.

Trilha sonoraEditar

Ted: Original Motion Picture Soundtrack
Trilha sonora de Walter Murphy e vários artistas
Lançamento 26 de junho de 2012
Gênero(s) Trilha sonora, jazz, rock
Gravadora(s) Universal Republic
Produção Hans Zimmer

A trilha sonora do filme foi lançado pela Universal Republic Records em 26 de junho de 2012. Ele apresenta a trilha de Walter Murphy e músicas de vários artistas como Norah Jones e Queen. Seth MacFarlane co​​-escreveu o tema de abertura "Everybody Needs a Best Friend" com Murphy.[6] A canção mais tarde foi nomeada para o Oscar de melhor canção original no Oscar 2013.

Lista de faixasEditar

Todas as faixas de Walter Murphy, exceto onde indicado.

  1. "Everybody Needs a Best Friend" por Norah Jones
  2. "The Power of Wishes"
  3. "Thunder Buddies for Life"
  4. "John and Lori at Work" / "A Walk in the Park"
  5. "Magical Wish"
  6. "Rex's Party (Everybody Needs a Best Friend)"
  7. "The Breakup"
  8. "Never Be Scared of Thunder Again"
  9. "Ted Is Captured" / "Raiders of the Lost Ark"
  10. "The Car Chase" / "Fenway Pursuit"
  11. "Climbing the Tower" / "She's Your Thunder Buddy Now"
  12. "Saving Ted" / "Lori's Wish"
  13. "The Proposal" / "The Wedding"
  14. "End Titles"
  15. "Flash's Theme" por Queen
  16. "Sin" por Daphné
  17. "Only Wanna Be with You" por Hootie & the Blowfish
  18. "Come Away with Me" por Norah Jones
  19. "All Time High" por Rita Coolidge
  20. "I Think We're Alone Now" por Tiffany
  21. "Thunder Buddies" por Mark Wahlberg

Outras canções não incluídas na trilha sonora, mas utilizados no filme incluem faixas selecionadas de Queen de seu álbum Flash Gordon: "Football Fight", "Battle Theme" e "The Hero", bem como o "Knight Rider Theme" de Stu Phillips, "Stayin' Alive" de "Bee Gees", "Kiss Kiss" de "Chris Brown" e "The Imperial March" de John Williams. Os trailers do filme usaram as músicas "Best Friend" de Harry Nilsson e "How You Like Me Now?" de The Heavy.

MarketingEditar

Para promover o filme, a Universal Pictures se uniu com Axe em uma campanha de marketing que envolveu o personagem-título e de produtos da marca de cuidados do cabelo Axe Hair.[7] Em um comercial, Ted leva uma mulher em um encontro em um restaurante chique, onde ele a leva ao orgasmo por baixo da mesa, antes de entregar a um outro homem uma caixa de gel Axe Hair.[8]

Em fevereiro de 2013 a estrela do filme Mark Wahlberg e o personagem-título fizeram uma aparição no Oscar 2013, que Seth MacFarlane apresentou.[9]

RecepçãoEditar

CriticasEditar

Ted recebeu boas críticas, com o site de críticas Rotten Tomatoes calculando uma aprovação de 69% dos críticos.[10] Também foi um sucesso de bilheteria, faturando US$ 501 milhões mundialmente e sendo a nona maior bilheteria de 2012.[11]

O crítico brasileiro Lucas Salgado do site AdoroCinema.com disse: "A escolha de Seth MacFarlane, o criador de Family Guy não poderia ser melhor", disse também que: "O filme traz aquele humor politicamente incorreto que é a marca do seriado e segue a linha de outras comédias restritas para menores que fizeram sucesso recentemente como Se Beber, Não Case!".[12]

O crítico brasileiro, Marcelo Forlani, do site Omelete elogiou bastante o filme dizendo até que "O estilo de comédia que fez Uma Família da Pesada se tornar uma das melhores comédias adultas da atualidade." Sem contar que o site deu uma nota 4 de 5 ao filme.

ControvérsiaEditar

O deputado brasileiro Protógenes Queiroz manifestou-se contra Ted em seu Twitter, dizendo que entraria no Ministério da Justiça para tirar o filme de circulação. Queiroz levou seu filho de 11 anos - apesar da censura de Ted ser 16 anos - e ficou revoltado com a mensagem de que "quem consome drogas, não trabalha e não estuda é feliz." Depois da reação popular, Queiroz decidiu que apenas pediria para aumentar a censura para 18 anos.[13] O Ministério indeferiu o pedido, alegando que a censura determinada pelo Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação já alertava o conteúdo controverso e que "tais conteúdos têm impacto minimizado por contexto cômico e fantasioso."[14] Na semana seguinte ao protesto de Queiroz, Ted liderou as bilheterias brasileiras.[15]

BilheteriaEditar

O longa foi a comédia proibida para menores com maior bilheteria da história, foram arrecadados mais de 501 milhões de dólares internacionalmente, superando Se Beber, Não Case!, surpreendendo nas bilheterias desde sua estreia. Considerando todos os gêneros, e não apenas a comédia, Ted já está entre as dez produções proibidas para menores com maior arrecadação de todos os tempos. No topo do ranking estão A Paixão de Cristo e Matrix Reloaded.[16]

SequênciaEditar

Durante o painel Comic-Con de American Dad de 2012, Seth MacFarlane afirmou que ele estaria aberto a uma sequência de Ted.[17] Em setembro de 2012, executivo-chefe Steve Burke disse que o estúdio estaria procurando fazer uma sequência de Ted "o mais rápido possível".[18] Em Anderson Live, Mark Wahlberg confirmou que uma sequência estava em obras e que seria a primeira sequência de sua carreira, ao mesmo tempo, revelando que ele e Ted (dublado por MacFarlane) apareceriam no Oscar 2013.[19] Ted 2 será lançado em 26 de junho de 2015 nos EUA.[20] Em fevereiro de 2014, Deadline informou que Amanda Seyfried foi escalada como o papel feminino principal, enquanto Mila Kunis terá um papel limitado.[21]

Referências

  1. Wigler, Josh (26 de outubro de 2010). «Mark Wahlberg Joins Family Guy Creator Seth MacFarlane for Ted». MTV.com. Consultado em 16 de março de 2011 
  2. «New Projects coming to New England». OnLocationsVacations.com. 17 de janeiro de 2011. Consultado em 16 de março de 2011 
  3. "Seth MacFarlane's Ted now scheduled for theatrical release June 29th". DailyBlam.com. Retrieved September 25, 2012.
  4. "Ted" Arquivado em 13 de maio de 2013, no Wayback Machine.. Village Cinemas. Retrieved September 25, 2012.
  5. "Ted". FilmDates.co.uk. Retrieved September 25, 2012.
  6. «Ted Movie Soundtrack». Soundtrack-Movie.com. Consultado em 13 de novembro de 2012 
  7. «AXE Hair Teams Up with Universal Pictures' New Comedy Ted to Show How Great Hair Can Help Guys Get Away with Anything». PR Newswire. 22 de junho de 2012. Consultado em 9 de novembro de 2012 
  8. Nudd, Tim (10 de julho de 2012). «Ted Gets Dirty with Axe Hair Products in Seth MacFarlane Ads (NSFW)». AdWeek. Consultado em 9 de novembro de 2012 
  9. «Ted to come to life on Oscars night». 3 News NZ. 9 de janeiro de 2013 
  10. «Ted». Rotten Tomatoes. Flixster. Consultado em 31 de julho de 2012 
  11. «Ted (2012)». Box Office Mojo. IMDb. Consultado em 21 de outubro de 2012 
  12. Lucas Salgado. Ted: Criticas AdoroCinema. AdoroCinema.com. Página visitada em 15 de outubro de 2012.
  13. Protógenes Queiroz fica indignado após levar filho para assistir a ‘Ted’
  14. Ministério da Justiça mantém censura de ‘Ted’ em 16 anos
  15. Após polêmica com classificação, "Ted" lidera bilheterias brasileiras no final de setembro
  16. Bruno Carmelo. Ted é a comédia proibida para menores com maior bilheteria na história (AdoroCinema). Página visitada em 15 de outubro de 2012.
  17. "Seth MacFarlane Says "I'd Be Open To Making Ted 2": Comic-Con". Deadline.com, Retrieved September 25, 2012.
  18. "Steve Burke says studio will make 'Ted' sequel "as soon as possible"". BBC News. Retrieved September 25, 2012.
  19. Franich, Darren (17 de janeiro de 2013). «Mark Wahlberg and Ted to appear at Oscars - VIDEO». Insidemovies.ew.com. Consultado em 26 de fevereiro de 2013 
  20. «'Ted 2′ Gets June 2015 Release Date». deadline.com. 2 de outubro de 2013. Consultado em 2 de outubro de 2013 
  21. «Amanda Seyfried Set By Seth MacFarlane For 'Ted' Sequel». deadline.com. 24 de fevereiro de 2014. Consultado em 24 de fevereiro de 2014 

Ligações externasEditar