Théodore-Adrien Sarr

cardeal senegalês

Théodore-Adrien Sarr (Fadiouth, 28 de novembro de 1936) é um cardeal senegalês, arcebispo-emérito de Dakar.

Théodore-Adrien Sarr
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo-emérito de Dakar
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Dakar
Nomeação 2 de junho de 2000
Predecessor Hyacinthe Thiandoum
Sucessor Benjamin Ndiaye
Mandato 2000-2014
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 28 de maio de 1964
Ngazobil
por Hyacinthe Thiandoum
Ordenação episcopal 1 de julho de 1974
Collège Pie XII em Kaolack
por Hyacinthe Thiandoum
Nomeado arcebispo 2 de junho de 2000
Cardinalato
Criação 24 de novembro de 2007
por Papa Bento XVI
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Lucia a Piazza d'Armi
Brasão
External Ornaments of a Cardinal Archbishop.svg
Lema Ad quem ibimus
Dados pessoais
Nascimento Fadiouth
28 de novembro de 1936 (85 anos)
Nacionalidade senegalês
Funções exercidas - Bispo de Kaolack (1974-2000)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

BiografiaEditar

Estudou no Seminário Menor de Hann (estudos secundários; obteve um bacharelado); no Seminário Maior de Sebikhotane (filosofia e teologia); e na Universidade de Dakar (licenciatura em línguas clássicas: latim e grego).[1] Foi ordenado padre em 28 de maio de 1964, em Ngazobil, por Hyacinthe Thiandoum, arcebispo de Dakar.[1][2] Realizou o trabalho pastoral na paróquia de Saint-Thérèse, Dakar, como assistente dos grupos da Ação Católica e professor do Seminário Menor de Ngazobil; depois, como seu superior entre 1970 e 1974.[1]

Nomeado bispo de Kaolack em 1 de julho de 1974 pelo Papa Paulo VI, foi consagrado em 24 de novembro em Kaolack, ao ar livre, na grande praça do Collège Pie XII, por Hyacinthe Thiandoum, arcebispo de Dakar, assistido por Théophile Albert Cadoux, bispo-emérito de Kaolack, e por Augustin Sagna, bispo de Ziguinchor.[1][2]

Eleito presidente da Conferência Episcopal do Senegal, Mauritânia, Cabo Verde e Guiné-Bissau, para o período de 1985 a 2005. Foi promovido a arcebispo metropolitano de Dakar em 2 de junho de 2000, pelo Papa João Paulo II.[1][2] Entre 2003 e 2016, foi o presidente da Conferência Episcopal Regional da África Ocidental.[3]

Em 17 de outubro de 2007, foi anunciada a sua criação como cardeal pelo Papa Bento XVI, no Consistório de 24 de novembro, sendo-lhe imposto o barrete cardinalício em 6 de abril de 2008, com o titulus de cardeal-presbítero de Santa Lucia a Piazza d'Armi.[1][2]

Sua renúncia ao governo pastoral da arquidiocese de Dakar foi aceita pelo Papa Francisco em 22 de dezembro de 2014.[1][2]

ConclavesEditar

Referências

  1. a b c d e f g The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c d e Catholic Hierarchy
  3. GCatholic

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Théodore-Adrien Sarr
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Théodore-Adrien Sarr

Precedido por
Théophile Albert Cadoux, M.S.C.
 
Bispo de Kaolack

19742000
Sucedido por
Benjamin Ndiaye
Precedido por
Hyacinthe Thiandoum
 
Arcebispo de Dakar

20002014
Sucedido por
Benjamin Ndiaye
Precedido por
Frédéric Etsou-Nzabi-Bamungwabi, C.I.C.M.
 
Cardeal-padre de
Santa Lúcia na Piazza d'Armi

2007
Sucedido por
Incumbente