Abrir menu principal
The Heat
Álbum de estúdio de Toni Braxton
Lançamento 25 de Abril de 2000[1]
Gravação 1999–2000
Gênero(s)
Duração 48:31
Formato(s) CD
Gravadora(s)
Produção Rodney Jerkins
Babyface
Cronologia de Toni Braxton
Secrets
(1996)
Snowflakes
(2001)
Singles de The Heat
  1. "He Wasn't Man Enough"
    Lançamento: 7 de Março de 2000
  2. "Just Be a Man About It"
    Lançamento: 21 de Novembro de 2000
  3. "Spanish Guitar"
    Lançamento: 19 de Setembro de 2000
  4. "Maybe"
    Lançamento: 2001

The Heat é o terceiro álbum da cantora norte-americana Toni Braxton, lançado em 2000. Esse álbum mostra um som mais urbano, deixando de lado o som mais 'balada' dos últimos discos. A maioria das faixas foi composta por Braxton e seu marido Keri Lewis. O álbum também inclui duas canções de Diane Warren e colaborações com os rappers Dr. Dre e Lisa Lopes.[2]

O álbum estreou na segunda posição da Billboard 200, vendendo 194 mil cópias em sua primeira semana.[3] Em 13 de outubro de 2000, foi certificado com platina dupla pela RIAA, pelas mais de 2 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos. Aclamado tecnicamente, o álbum foi indicado ao Prêmio Grammy de Melhor Álbum de R&B,[4] sendo que o single principal "He Wasn't Man Enough" foi indicado nas categorias Melhor Performance Feminina de R&B e Melhor Canção de R&B.[4][5] No Brasil, o álbum recebeu certificado de Ouro pela ABPD em 2004, por vendas superiores a 50 mil cópias.[6]

AntecedentesEditar

Após o sucesso de seu segundo álbum de estúdio, Secrets (1996), Braxton moveu uma ação judicial para quebrar seu contrato com os selos Arista e LaFace.[7][8] Segundo a lei estadual da Califórnia, contratantes não podem obrigar a prestação de serviços após sete anos de contrato.[8] Após um ano dedicado às questões judiciais, Braxton e a LaFace concluíram as questões processuais e a Artista passou a planejar um terceiro álbum para maio de 1999.[9][1]

Em fevereiro de 1999, Babyface afirmou em entrevista: "Nós estamos voltando com tudo ao estúdio com Toni e já temos tudo pronto, estamos realmente empolgados para voltar à música."[10] Contudo, em janeiro de 2000, durante uma entrevista à CNN, Braxton revelou que seu álbum seria lançado somente em março de 2000, além de citar "Babyface, R. Kelly, David Foster, Keith Crouch e Keri Lewis" como "alguns dos produtores do álbum".[11]

Música e ComposiçãoEditar

The Heat é composto por baladas românticas sólidas e canções dance em mid-tempo, conforme destacado pelo crítico Thomas Erlewine da Allmusic.[12] Colin Ross, da PopMatters observou que "ao desempenhar um papel mais ativo na produção e composição do conjunto, o material de Braxton começa ser construído em torno de sua voz, ao invés de refletir o som do produtor."[13]

O primeiro single e faixa do álbum, "He Wasn't Man Enough", foi composta e produzida por Rodney Jerkins. Trata-se de uma canção R&B com traços de Synth-funk na qual Braxton aconselha a uma amiga a não se casar com um homem a quem ele conhece muito bem.[14][15] Já a faixa-título, co-escrita com Keri Lewis, foi descrita como "um contagiante ritmo em tempo médio", e não descreve exatamente uma situação romântica.[16] A terceira faixa, "Spanish Guitar", foi composta por Diane Warren (que já havia escrito "Un-Break My Heart") e foi considerada uma "balada latina", inspirada na canção de 1996.[17] A canção descreve uma paixão platônica por um violonista latino que toca em clubes durante a noite. A quarta faixa "Just Be a Man About It" é uma canção essencialmente romântica e traz um questionamento sobre o comportamento do parceiro, além de contar com a participação de Dr. Dre.[13] A quinta faixa, "Gimme Some", conta com a participação de Lisa "Left Eye" Lopes, sendo considerada a letra mais ousada do álbum.[16]

SinglesEditar

O single principal do álbum, "He Wasn't Man Enough", foi lançado em 11 de março de 2000,[18] recebendo grande aclamação e vencendo o Grammy de Melhor Performance Feminina de R&B.[19] Foi também um sucesso comercial, alcançando a segunda colocação na Billboard Hot 100 e liderando a Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks.[20] Internacionalmente, a canção liderou a Canadian Hot 100 e emplacou entre as dez primeiras colocações em Austrália, Nova Zelândia, Países Baixos, Suécia, Suíça e Reino Unido.[21] O segundo single foi a canção "Just Be a Man About It", que alcançou a 36ª colocação na Billboard Hot 100 e a 6ª colocação na Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks.

No mercado internacional, "Spanish Guitar" foi lançada como o segundo single do álbum em 19 de setembro (inicialmente a LaFace Records não havia lançado a canção devido à promoção de "Just Be a Man About It").[22] A canção alcançou relativo sucesso nas paradas musicais em todo o mundo, atingindo as 40 primeiras colocações nas paradas de Áustria, Suíça, Bélgica e Países Baixos. No Brasil, a canção fez bastante sucesso, sendo incluída na trilha sonora internacional da telenovela Laços de Família,[23] além de atingir a 27ª posição na Hot 100.[6]

RecepçãoEditar

The Heat recebeu críticas positivas da maioria dos especialistas. Stephen Thomas Erlewine, da Allmusic, notou que o álbum é "um esforço confidente, seguro e sensual que reafirma a posição de Braxton como uma das mais talentosas cantoras da soul music contemporânea." Além de elogiar as canções "He Wasn't Man Enough" e "Spanish Guitar", Erlewine destacou que o álbum "sobra no tom final, mas não há muitos pontos maçantes no álbum - é tudo elegante, sensual, sedutora e atraente aura urbana contemporânea que confirma o talento de Braxton."

Jim Farber, do Entertainment Weekly, também elogiou o resultado final do álbum, afirmando que se trata de uma obra "saborosa, bem conduzida e - o melhor de tudo - consistente". Collin Ross escreveu para a PopMatters que o álbum possui uma "bagagem mista", porém "apesar de ser amplamente formulaico, oferece alguns momentos de qualidasde." Ross também considera a colaboração de Lewis e Braxton fundamental para os próximos álbuns da artista. A revista Rolling Stone contou com a crítica de Barry Walters, para quem o álbum "atualiza e diversifica os entornos estilísticos da cantora enquanto promove uma trilha sonora de teor esperado".

The Heat foi indicado a diversas premiações musicais. Na 43ª Grammy Awards, a canção "He Wasn't Man Enough" foi indicada nas categorias Melhor Canção de R&B (perdendo para "Say My Name" de Destiny's Child) e Melhor Performance Feminina de R&B, vencendo esta última, enquanto o álbum foi indicado na categoria de Melhor Álbum de R&B. Braxton também foi indicada para Melhor Álbum de R&B/Soul no Soul Train Music Awards.

FaixasEditar

N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "He Wasn't Man Enough"  Rodney Jerkins 4:21
2. "The Heat"  
  • Keri Lewis
  • Toni Braxton
  • Keri Lewis
  • Toni Braxton
3:30
3. "Spanish Guitar"  Diane WarrenDavid Foster 4:47
4. "Just Be a Man About It"  
  • Bishop
  • Braxton
  • Bryan-Michael Cox
4:50
5. "Gimme Some" (com Left Eye)
  • Babyface
  • Jazze Pha
4:03
6. "I'm Still Breathing"  Diane WarrenDavid Foster 4:15
7. "Fairy Tale"  
Babyface 4:22
8. "The Art of Love"  
  • Toni Braxton
  • Keri Lewis
  • Toni Braxton
  • Keri Lewis
3:47
9. "Speaking in Tongues"  Toni Braxton
  • Toni Braxton
  • Keri Lewis
3:46
10. "Maybe"  
  • Toni Braxton
  • Keith Crouch
  • John Smith
  • Mechallie Jamison
  • Samuel Gause
  • Keith Crouch
  • Toni Braxton
3:07
11. "You've Been Wrong"  
  • Toni Braxton
  • Brian Casey
  • Teddy Bishop
  • Kevin Hicks
  • Thom Bell
  • Linda Creed
  • Teddy Bishop
  • Kevin Hicks
3:45
12. "Never Just For A Ring"  
Daryl Simmons 3:58
Duração total:
48:31

CréditosEditar

  • Toni Braxton - vocais principais, produção executiva, arranjos, teclado
  • Babyface - produção executiva
  • Teddy Bishop - produção, instrumentação, programação, teclado
  • Trina Braxton - vocal de apoio
  • Deborah Killings – vocal de apoio
  • Bryan-Michael Cox - co-produção
  • Keith Crouch - produção, arranjos
  • Dorian "Soul Dog" Daniels – teclado, baixo
  • LaShawn Daniels – produção vocal, arranjos vocais
  • Dr. Dre - vocais adicionais
  • Lisa "Left Eye" Lopes - vocais adicionais
  • Nathan East – baixo
  • Ray Edwards – teclado
  • David Foster – produção executiva
  • Kevin Hicks – co-produção
  • Jazze Pha – produção
  • Fred Jerkins III – arranjos
  • Rodney Jerkins – produção, arranjos, instrumentação
  • Keri Lewis – produção, arranjos
  • Greg Phillinganes – piano
  • Herb Powers Jr. – masterização
  • L.A. Reid – produção exectiva
  • Daryl Simmons – produção
  • John Smith – violão
  • Scott Storch – teclado

Desempenho nas ParadasEditar

CertificaçõesEditar

País Certificação Vendagem
  Austrália (ARIA)   Ouro 35,000+[36]
  Alemanha (BVMI)   Ouro 150,000+[37]
  Bélgica (BEA)   Ouro 25,000+[38]
  Brasil (PRÓ-MÚSICA)   Ouro 50,000+[39]
  França (SNEP)   Ouro 100,000+[40]
  Japão (RIAJ)   Ouro 100,000+[41]
  Países Baixos (NVPI)   Ouro 40,000+[42]
  Suíça (IFPI)   Ouro 25,000+[43]
  Reino Unido (BPI)   Ouro 100,000+[44]
  Estados Unidos (RIAA)   2× Platina 2,093,000[45]


Referências

  1. a b Farber, Jim (23 de abril de 2000). «Soft and Sexy: Toni Braxton has new album, new video and a 'cute' new man». NY Daily News 
  2. «Remembering Left Eye's Hottest Collaborations, 15 Years After Her Death». Respect. 25 de abril de 2017 
  3. «Wayback Machine». web.archive.org. 6 de fevereiro de 2009. Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  4. a b «43rd Grammy Awards». CNN 
  5. «Toni Braxton Wins Best R&B Female Performance». GRAMMY.com 
  6. a b «Certificado de Ouro para The Heat por Toni Braxton - ABPD». Consultado em 23 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 21 de julho de 2013 
  7. «Toni Braxton sues LaFace, and Arista over contract». Variety. 7 de dezembro de 1997 
  8. a b «Toni Braxton In Contract Dispute». MTV News. 12 de agosto de 1998 
  9. «Toni Braxton Settres With LaFace Records, Starts Work on Album». MTV News. 13 de janeiro de 1999 
  10. «Babyface To Head Into Studio With Toni Braxton For New Album». MTV News. 18 de fevereiro de 1999 
  11. «A chat with Toni Braxton». CNN. 31 de janeiro de 2000 
  12. Erlewine, Thomas. «The Heat - Toni Braxton». Allmusic 
  13. a b Ross, Colin. «Toni Braxton - The Heat». PopMatters 
  14. «He Wasn't Man Enough». NME 
  15. Farber, Jim (28 de abril de 2000). «The Heat Review». Entertainment Weekly 
  16. a b Waliszewski, Bob. «The Heat». Plugged In 
  17. Walters, Berry. «Toni Braxton - The Heat (Review)». Rolling Stone 
  18. «Billboard March 11, 2000». Billboard 
  19. «Toni Braxton». Rock on the Net 
  20. «The Heat - Toni Braxton - Awards». Allmusic 
  21. «Chart Archive - Toni Braxton - He Wasn't Man Enough» 
  22. «Spanish Guitar #1 CD Toni Braxton». CD Universe 
  23. «Relembre a trilha sonora da novela 'Laços de Família'». Guia da Semana 
  24. «Toni Braxton - The Heat». Hung Medien 
  25. «Toni Braxton - The Heat». Hung Medien 
  26. «Ultratop.be - Toni Braxton - The Heat». Hung Medien 
  27. «Ultratop.be - Toni Braxton - The Heat». Hung Medien 
  28. «Toni Braxton - Chart history». Billboard 
  29. «Toni Braxton - The Heat». Billboard 
  30. «Toni Braxton - The Heat». Allmusic 
  31. «Les Charts - Toni Braxton - The Heat». Hung Medien 
  32. «Toni Braxton, The Heat». Oricon 
  33. «Toni Braxton - The Heat». Hung Medien 
  34. «Official R&B Albums Chart Top 40» 
  35. «Toni Braxton - Artist - Official Charts». UK Albums Chart 
  36. «ARIA - Accreditations Albums 2000» 
  37. http://www.musikindustrie.de/nc/datenbank/?action=suche&strTitel=The+Heat&strInterpret=Toni+Braxton&strTtArt=alle&strAwards=checked
  38. «Ultratop - Goud en Platina - 2000» 
  39. https://pro-musicabr.org.br/home/certificados/?busca_artista=toni+braxton
  40. «Toni Braxton - No Scrubs». SNEP 
  41. http://www.riaj.or.jp/f/data/cert/gd.html
  42. «Toni Braxton - The Heat». IFPI. Consultado em 29 de setembro de 2017. Arquivado do original em 24 de julho de 2011 
  43. http://www.swisscharts.com/search_certifications.asp?search=Toni+Braxton+The+Heat
  44. https://www.bpi.co.uk/brit-certified/
  45. https://www.baltimoresun.com/bs-mtblog-2011-04-toni_braxtons_declining_record-story.html