Tormenta (livro)

Tormenta - O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos é um livro da jornalista Thaís Oyama que trata dos bastidores dos primeiros anos do governo Bolsonaro.[1][2][3][4][5][6]

Tormenta - O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos
Autor(es) Thaís Oyama
País Brasil
Assunto Política, Jornalismo, Governo Jair Bolsonaro
Gênero Não-ficção
Linha temporal 2020
Localização espacial São Paulo
Ilustrador Alceu Chiesorin Nunes
Editora Companhia das Letras
Lançamento 2020
Páginas 272
ISBN 9788554516406

Em seu livro, a autora Thaís Oyama indicou uma relação contenciosa entre Sergio Moro (então Ministro da Justiça) e o Presidente Jair Bolsonaro a partir de setembro de 2019, inclusive afirmando que o Presidente pretendia demitir o Ministro [7] - que apenas alguns meses depois da publicação do livro, viria a pedir sua própria exoneração, em meio a insinuações de interferência política por parte do Presidente da República nas instituições de Estado.[8] Outros temas controvertidos que são abordados pela publicação dizem respeito à relação entre o Presidente Jair e seu filho Carlos, bem como a suposta relação da família Bolsonaro com o assassinato da vereadora Marielle Franco, a qual a jornalista avaliou como "uma fantasia".[7]

O Presidente Jair Bolsonaro e o chefe do GSI, Augusto Heleno, criticaram duramente as informações constantes no livro, inclusive desqualificando sua autora em nível pessoal.[9][10][11][12] A jornalista, entretanto, declarou ter ficado lisonjeada com os ataques recebidos.[7]

ReferênciasEditar

  1. Oyama, Thaís (2020). Tormenta - O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos. São Paulo: Companhia das Letras. ISBN 9788554516406 
  2. «Leia um trecho do livro "Tormenta", de Thaís Oyama». noticias.uol.com.br. 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  3. Britto, Marco; Schelp, Diogo (18 de janeiro de 2020). «Bolsonaro supera Lula em carisma e impacto pessoal que causa, afirma autora». noticias.uol.com.br. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  4. «Livro conta sobre os bastidores de intrigas do governo Bolsonaro». www.jb.com.br. 16 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  5. Britto, Marco (16 de janeiro de 2020). «Livro relata sumiços e chantagens emocionais de Carlos com o pai, Bolsonaro». noticias.uol.com.br. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  6. Amado, Guilherme (13 de janeiro de 2020). «Carlos Bolsonaro tentou emplacar primo no Planalto, mas Santos Cruz vetou». Época. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2020 
  7. a b c «Exclusivo: 'Fiquei lisonjeada', diz Thaís Oyama sobre reação de Bolsonaro a livro». Jovem Pan. 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  8. «Alegando interferência política, Moro anuncia saída do Ministério da Justiça». Época Negócios. 24 de abril de 2020 
  9. Andrade, Hanrrikson de (14 de janeiro de 2020). «Bolsonaro diz não ter decidido sobre subsídio na conta de luz de igrejas». economia.uol.com.br. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2020. Voluntariamente, Bolsonaro mencionou o livro "Tormenta - O governo Bolsonaro: Crises, Intrigas e Segredo", da jornalista Thaís Oyama, que será lançado em 20 de janeiro, para argumentar que não deve explicações à imprensa. "Tem uma colega de vocês que fez um livro em que leu o meu pensamento. Acho que eu não tenho que conversar com vocês", disse. "O livro é fake news. É um livro mentiroso." 
  10. «'No Japão, ia morrer de fome', diz Bolsonaro sobre jornalista com ascendência asiática». Estado de Minas. 16 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  11. Félix, Victor (17 de janeiro de 2020). «Bolsonaro ataca Thaís Oyama com frase xenófoba». Portal dos Jornalistas. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  12. «'Mal feito, pouco confiável e inútil', diz Heleno sobre livro 'Tormenta'». R7.com. 16 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.