Trítio

Isótopo instável de hidrogênio
Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Trício.
Trítio - Deutério - Prótio

Tabela completa
Geral
Nome, símbolo, número Trítio, 3H, 3
Série química alcalinos
Grupo, período, bloco
Densidade, dureza Mohs
Aparência
Propriedades atômicas
Massa atômica Sem dados
Raio médio Sem dados
Raio atômico calculado Sem dados
Raio covalente Sem dados
Raio de Van der Waals Sem dados
Configuração eletrônica Sem dados
Estados de oxidação (óxido) 0 (desconhecido)
Estrutura cristalina
Propriedades físicas
Estado da matéria Gás
Ponto de fusão
Ponto de ebulição
Entalpia de vaporização Sem dados
Entalpia de fusão Sem dados
Pressão de vapor Não aplicável
Velocidade do som Sem dados
Informações diversas
Eletronegatividade Sem dados
Calor específico ? J/(kg·K)
Condutividade elétrica Sem dados
Condutividade térmica ? W/(m·K)
1.ºPotencial de ionização ? kJ/mol
2.º Potencial de ionização ? kJ/mol
Valores no SI e em condições normais (0 °C e 1 atm), salvo quando se indique o contrário.
Calculado a partir de distintos comprimentos de ligação covalente, metálica ou iónica.

O trítio, também conhecido como trício, do latim tritium, é um raro isótopo do hidrogênio, (representado por 3H), e de abundância vestigial.

Seu núcleo atômico contém 1 próton e 2 nêutrons. É um isótopo radioativo que apresenta uma meia-vida de 12,32 ± 0,02 anos.[1] Informalmente é simbolizado pela letra T.

Emite radiação do tipo β (beta). Como o núcleo apresenta três nucleons que participam na interação forte e, somente um próton carregado eletricamente, o trítio pode liberar grande quantidade de energia ao realizar a fusão nuclear, e pode fazê-lo mais facilmente que os outros isótopos mais comuns do hidrogênio. Assim, o trítio poderá ser utilizado (no futuro) para a produção de energia em grande quantidade.

A energia a ser gerada pela fusão nuclear controlada deverá ser bem mais limpa do que aquela produzida pela fissão nuclear pois como principal resíduo, tem-se o hélio e o processo de produção de energia deixaria lixo nuclear de baixa perigosidade. Essa produção de energia seria feita através da fusão nuclear, que produz milhões de graus de temperatura. Teoricamente, para produzir fusão nuclear, também poderia ser utilizado o deutério.[carece de fontes?]

O trítio é produzido artificialmente por irradiação de lítio metálico ou seixos cerâmicos de lítio num reactor nuclear, e é um dos subprodutos nas operações normais dos reactores nucleares . O trítio é então utilizado nas bombas de hidrogénio. [2]

O trítio também é utilizado em radioluminescência, como na iluminação de relógios de pulso, sinais de saída de emergência e utensílios militares como sistemas de mira de armas de fogo, pressão ou arco, já que a liberação das partículas beta em contato com o fósforo o faz ficar luminescente.[carece de fontes?]

RiscosEditar

O trítio é um isótopo de hidrogénio, o que lhe permite ligar-se facilmente aos radicais hidroxil, formando água tritiada (HTO), e aos átomos de carbono. Uma vez que o trítio é um emissor beta de baixa energia, não é perigoso externamente (as suas partículas beta são incapazes de penetrar na pele),[3] mas pode haver um perigo de radiação quando inalado, ingerido através de alimentos ou água, ou absorvido através da pele. [4]

Referências

  1. Lucas, L. L. & Unterweger, M. P. (2000). «Comprehensive Review and Critical Evaluation of the Half-Life of Tritium». Journal of Research of the National Institute of Standards and Technology. 105 (4): 541. doi:10.6028/jres.105.043 
  2. Bergeron, Kenneth D. (2002). Tritium on Ice: The Dangerous New Alliance of Nuclear Weapons and Nuclear Power. [S.l.]: The MIT Press. pp. 95–97 
  3. «Tritium page». Idaho State University (Arq. em WAyBack Machine). 3 de março de 2016 
  4. Fairlie, Ian (13 de março de 2020). «The Hazards of Tritium» (em inglês). IanFAIrlie-org 

BibliografiaEditar

  • Bergeron, Kenneth D. (2002) - Tritium on IceThe Dangerous New Alliance of Nuclear Weapons and Nuclear Power - The MIT Press
  Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.