Abrir menu principal

Tribuna dos Uffizi (Zoffany)

pintura de Johann Zoffany
Tribuna degli Uffizi
Autor Johann Zoffany
Data 1776
Técnica óleo sobre tela
Dimensões 123,5 cm  × 155 cm 
Localização Royal Collection, Windsor

A Tribuna dos Uffizi (Tribuna degli Uffizi, em italiano) é uma pintura a óleo sobre tela, pintada em 1776 pelo pintor alemão Johann Zoffany, "figura prestigiosa entre os artistas estrangeiros radicados em Florença",[1]:156 e que retrata a Tribuna, que é uma sala de forma otogonal situada na secção nordeste da Galleria degli Uffizi, e que Mark Twain designou como "a mais pequena galeria mais visitada que existe no mundo".[2]

A pintura faz actualmente parte da Royal Collection e constitui "a imagem símbolo dos frequentadores dos salões no século XVIII", quando, a partir de 1765, os Uffizi se abrem oficialmente ao público.[1]:154;156

HistóriaEditar

Após ter conquistado notoriedade em Londres, em particular junto da Família real, o pintor alemão Johann Zoffany viajou para Florença no verão de 1772, onde permanecerá até 1779, para pintar a Galeria Uffizi por encomenda da Rainha Carlotta, mulher de Jorge III e que nunca esteve em Itália.

O preço acordado para a pintura foi de 300 libras esterlinas, uma soma grande para a época.[3]

DescriçãoEditar

A pintura reproduz as obras de arte expostas na Tribuna e que podem ser identificadas na sua maior parte. Abaixo far-se-á o confronto entre as representações da pintura e as obras originais, sempre que possível.

Algumas das obras foram mais tarde deslocadas para outros locais e museus: por exemplo, algumas estátuas romanas antigas da coleção Medici são exibidas nos corredores principais da Galeria Uffizi, enquanto vários pequenos bustos estão na Villa Corsini a Castello ou no Museu Arqueológico Nacional de Florença, juntamente com obras etruscas, egípcias ou gregas. Uma pequeno grupo de obras da Renascença está localizado no Museu Nacional do Bargello.

Zoffany modificou a disposição das obras em relação à instalação original da galeria e juntou sete quadros pertencentes à coleção Medici, emprestados temporariamente para a pintura pelo Palazzo Pitti por concessão especial graças ao pedido do conde George Clavering-Cowper e do baronete Sir Horace Mann. Desta forma, Zoffany teve a oportunidade de retratar "in situ" tais obras, incluindo a Virgem da Cadeira de Rafael.[4]

Personalidades retratadasEditar

Em sinal de gratidão pela intercessão deles, Zoffany retrata Mann e Cowper, este absorto na contemplação da sua última aquisição, a Grande Virgem de Cowper de Rafael, que foi mais tarde adquirida pela Galeria Nacional de Arte de Washington, e talvez por isso colocada em posição proeminente na pintura.[4]

"A tela tornou-se o emblema do Grand Tour também pela fama de alguns dos personagens que representa. Em frente da Vénus de Titian, podem-se identificar Thomas Patch e Sir Horace Mann. O primeiro era pintor, mas também antiquário e copista, e o segundo residente inglês e, portanto, figura oficial da colónia inglesa em Florença".[1]:156

Todas as personagens representados estão identificadas sendo especialistas de arte, diplomatas e visitantes[4] e fazem desta pintura uma combinação de conversation piece, de retrato de género britânico e da tradicional pintura flamenga do século XVII de vistas de galerias e de gabinetes de curiosidades. A inclusão de tantos personagens reconhecíveis despertou várias críticas, incluindo as de Horace Walpole.[5]

Na pintura, Pietro Bastianelli, curador da Galeria Uffizi, mostra a Vênus de Urbino a John Gordon, cuja coleção é conhecida graças a um texto de John Chambers de 1829.[6]

Diante do quadro de Titian estão Thomas Patch, de pé, e Felton Hervey, sentado, em conversa com Sir John Taylor e Sir Horace Mann. Felton Hervey, detentor de uma prestigiosa colecção de arte, estava entre os britânicos com acesso à corte sendo retratado em primeiro plano, mas morrerá antes do regresso a Inglaterra de Zoffany.[7]

Obras representadasEditar

PinturasEditar

Reprodução de Zoffany Original autor e título Posição na pintura Localização actual
    Annibale Carracci, Vénus com Sátiro e Cupidos Parede esquerda Galleria degli Uffizi
    Guido Reni, A Caridade Parede esquerda Palazzo Pitti, Galeria Palatina
    Raffaello, Virgem da Cadeira Parede esquerda Palazzo Pitti, Galeria Palatina
    Correggio, A Virgem que adora o Menino Parede esquerda Galleria degli Uffizi
    Justus Sustermans, Retrato de Galileo Parede esquerda Galleria degli Uffizi
    Atelier de Tiziano, Virgem com o Menino e Santa Catarina de Alexandria Parede central Galleria degli Uffizi
    Atelier de Rafael, São Joãozinho Batista Parede central Galleria degli Uffizi
    Guido Reni, Virgem em extase Parede central Coleção privada
    Rafael, Virgem do pintassilgo Parede central Galleria degli Uffizi
    Rubens, As consequências da guerra Parede central Palazzo Pitti, Galeria Palatina
    Franciabigio (inicialmente atribuído a Rafael), Virgem do Poço Parede central Galleria degli Uffizi
    Hans Holbein, o Jovem, Retrato de Sir Richard Southwell Parede central Galleria degli Uffizi
    Rafael ou Lorenzo di Credi, Retrato de Perugino Parede central Galleria degli Uffizi
    Atelier de Perugino, Virgem com o Menino, Santa Isabel e S. João Batista Parede central Tribuna degli Uffizi
    Guido Reni, Cleópatra Parede da direita Palazzo Pitti, Galeria Palatina
    Rubens, Quatro filósofos Parede da direita Palazzo Pitti, Galeria Palatina
    Raffaello, Retrato de Leão X com os cardeais Júlio de Medici e Luigi de' Rossi Parede da direita Galleria degli Uffizi
    Pietro da Cortona, Regresso de Agar a Abraão Parede da direita Kunsthistorisches Museum, Vienna
    Bartolomeo Manfredi, O tributo a César Parede da direita Galleria degli Uffizi
    Cristofano Allori, São Julião Parede da direita Palazzo Pitti, Galeria Palatina
    Raffaello Sanzio, Grande Virgem de Cowper Parte inferior National Gallery of Art, Washington
    Tiziano Vecellio, Vênus de Urbino Parte inferior Galleria degli Uffizi

EsculturasEditar

Reprodução de Zoffany Descrição Posição na pintura Localização actual
  Arte romana, busto com a cabeça de uma jovem, talvez Plautilla Prateleira da esquerda Galleria degli Uffizi
  Arte romana, retrato feminino, chamada Lívia Prateleira da esquerda Villa Corsini a Castello
  Arte romana, busto de um príncipe júlio-claudiano Prateleira da esquerda Villa Corsini a Castello
  Arte romana, Afrodite de Afrodísias Prateleira da esquerda Villa Corsini a Castello
  Arte romana, divindade Prateleira central Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Arte romana, busto com a cabeça do chamado Nero menino Prateleira central Galleria degli Uffizi
  Arte romana, busto de Augusto Prateleira central Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Arte romana, busto de Serápis Prateleira central Villa Corsini a Castello
  Arte romana, Putto arqueiro Prateleira central Galleria degli Uffizi
  Arte romana, estatueta em bronze de Hércules Prateleira da direita Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Bertoldo di Giovanni, Orfeu, ou Apolo, que toca o alaúde Prateleira da direita Museu Nacional do Bargello, Florença
  Estatueta de sátiro, cópia romana o século I d.C. de original helenístico Prateleira da direita Villa Corsini a Castello
  Concórdia sentada Prateleira da direita Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Arte romana, busto de jovem sátiro Prateleira da direita Villa Corsini a Castello
  Tique sentada, cópia romana de original de Eutiquides Prateleira da direita Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Amor e Psiquê, cópia romana de original helenístico do fim do século IV a.C. Estátuas no centro Galleria degli Uffizi
  O Fauno dançante Estátuas no centro Tribuna degli Uffizi
  Arte romana, Hércules criança asfixia a serpente Estátuas no centro Tribuna degli Uffizi
  Arte romana, Os dois lutadores Estátuas no centro Tribuna degli Uffizi
  Vênus de Médici Estátuas no centro Tribuna degli Uffizi
  Arte romana, Amolador Parte inferior Tribuna degli Uffizi
  Arte etrusca (com enfeites do século XVII), Quimera de Arezzo Parte inferior Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Atelier de Andrea Briosco, Lâmpada de óleo em forma de sátiro dobrada sobre si mesmo Parte inferior Museu Nacional do Bargello, Florença
  Cabeça de bronze de Antinoo (segunda metade do século XVI) Parte inferior Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Arte grega, Torso de Livorno Parte inferior Museu Arqueológico Nacional de Florença
  Arte egípcia, Estátua de Ptamósis Parte inferior Museu Arqueológico Nacional de Florença

ReferênciasEditar

  1. a b c Sandra Costa; Giovanna Perini Folesani (2017). Bononia University Press, ed. I savi e gli ignoranti: dialogo del pubblico con l'arte (16.-18. secolo). Bologna: [s.n.] ISBN 978-88-6923-204-6. LCCN 2017387409. OCLC 987699977 
  2. Mark Twain, A Tramp Abroad, 1880, citado por Freedberg, obra referida, pag. 511.
  3. Desmond Shawe-Taylor (2009). Royal Collection, ed. The Conversation Piece: Scenes of Fashionable Life (em inglês). London: [s.n.] ISBN 978-1-905686-07-0. OCLC 276226915 
  4. a b c Allen Farber (2014). SUNY Oneonta, ed. «Diagram with key to works and people». oneonta.edu (em inglês). Consultado em 7 Novembro 2017 
  5. Horace Walpole (1967). «Horace Walpoleʼs correspondence with Horace Mann, Friday 12 November 1779». In: Yale University Press. The Yale edition of Horace Walpoleʼs correspondence (em inglês). 24. W. S. Lewis, Warren Hunting Smith e George L. Lam; com o apoio de Edwine M. Martz. New Haven: [s.n.] pp. 526–527. LCCN 52004945. OCLC 174297890. Consultado em 7 Novembro 2017 .
  6. John Chambers (1829). «Hundred of Henstead». In: J. Stacy. A general history of the County of Norfolk: intended to convey all the information of a Norfolk tour, with the more extended details of antiquarian, statistical, pictorial, architectural, and miscellaneous information; including biographical notices (em inglês). 2. Norwich: [s.n.] pp. 759–760. LCCN 02029128. OCLC 191995715. Consultado em 7 Novembro 2017. The pictures marked by an asterisk were collected by Mr. John Gordon whose portrait is amongst the amateurs and collectors in Zoffani's picture of the Florentine gallery 
  7. National Trust (ed.). «The Hon. Felton Hervey (1712-1775) - National Trust Collections». nationaltrustcollections.org.uk. Consultado em 10 agosto 2017 

BibliografiaEditar

Ligação externaEditar