Trocófora

Uma trocófora é um tipo de larva marinha, que possui várias bandas de cilios. Devido ao movimento destes cilios, redemoinhos de água são criados, possibilitando o controle da direção dos seus movimentos.[1] Adicionalmente, estes movimentos de água auxiliam na atração de comida, que pode assim ser mais facilmente capturada.

Esquema de uma larva trocófora
A - episfera
B - hiposfera
1 - gânglio
2 - tufo apical
3 - prototroch
4 - metatroch
5 - nefrídeo
6 - ânus
8 - tracto gastrointestinal
9 - abertura bucal
10 - blastocélio

Quatro grupos de animais (usualmente considerados filos do Reino Animalia) possuem este tipo de larva:[2]

É possível que a larva trocófora tivesse estado presente no ciclo de vida do ancestral deste grupo de organismos. são essencialmene planctotróficas, isto é, alimentam-se de plâncton.

Ontogenia de um Polyplacophora: a primeira imagem é uma trocófora, a segunda é um estádio de metaforfose e a terceira é um juvenil de um Polyplacophora.
Imagem de microscopia de um anelídeo, Pomatoceros lamarckii, (família Serpulidae), mostrando uma trocófora nas imagens D-F.

Referências

  1. McDougall, Carmel; Chen, Wei-Chung; Shimeld, Sebastian M.; Ferrier, David E. K. (2006). «The development of the larval nervous system, musculature and ciliary bands of Pomatoceros lamarckii (Annelida): heterochrony in polychaetes.». Frontiers in Zoology. 3 (1). 16 páginas. PMC 1615870 . PMID 17032451. doi:10.1186/1742-9994-3-16 
  2. Hatschek, Berthold (1891). «Lehrbuch der Zoologie, 3. Lieferung». Gustav Fischer, Jena 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Trocófora
  Este artigo sobre Invertebrados, integrado no Projeto Invertebrados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.