Abrir menu principal

Wikipédia β

Disambig grey.svg Nota: Se procura o personagem da Monarquia Lusitana, veja Tubal (Monarquia Lusitana).

Tubal (do hebraico תובל ou תבל, "tu serás trazido") é um personagem bíblico do Antigo Testamento.

Foi o quinto filho de Jafé[1][2] (Gên 10:2; 1Cr 1:5.), também designa a nação oriunda deste personagem, citada pelos profetas [3][4].

Tubal enquanto personagem mítico da Monarquia Lusitana foi apontado como povoador da Ibéria após o Dilúvio, confundindo-se aqui a Ibéria do Cáucaso com a Península_Ibérica.

Foi mencionado por vários autores portugueses e espanhóis, por exemplo, Florián de Ocampo ou Bernardo de Brito, que lhe atribuíram o povoamento da Ibéria, baseados especialmente nas polémicas obras de Annio de Viterbo.

Bernardo de Brito atribui-lhe um período exacto (2161 a.C. - 2009 a.C.), e tal como muitos outros autores, associa-o ao nome da cidade de Setúbal:

(...) digo que o nosso Reino foi o mais antigo na povoação, e Setúbal o lugar, em que primeiro ordenaram modo de vida e vizinhança comum. E assim o tem Pineda, em sua Monarchia, Nicolao Coelho, Laimundo e Fr. Heitor Pinto, e a tradição vulgar dos homens que neste Reino tem voto em coisas antigas. Nem me inclina ao contrário, ver que André de Resende, o é tanto desta opinião, dizendo que o nome de Setúbal foi Cetobriga, e daqui se derivou, e não de Tubal (...)[5]

Índice

Outras mençõesEditar

  • Tubal está ainda conectado com Tabal[6], um reino da Anatólia, e por meio da antiga tribo dos Tibareni. Às vezes ele também é visto como o ancestral dos Ilírios e Itálico. No livro dos Jubileus, ele foi doado a três línguas da Europa.
  • Povo ou país geralmente mencionado com Meseque, nome de outro filho de Jafé. Tubal, junto com Javã e Meseque, praticavam intercâmbio comercial com Tiro, negociando escravos e artigos de cobre. (Ez 27:13)
  • Na endecha de Ezequiel a respeito do Egito, Tubal foi incluído entre os “incircuncisos” com quem os egípcios se deitariam no Seol, por causa do terror que tinham causado. (Ez 32:26, 27)
  • O povo de Tubal está também incluído entre os que se unem a “Gogue da terra de Magogue”, que é chamado de “maioral-chefe de Meseque e Tubal” e que rompe “das partes mais remotas do norte”, num ataque feroz contra o povo de Jeová. (Ez 38:2, 3; 39:1, 2; veja GOGUE N.° 2.)
  • Em outra profecia, Jeová prediz que enviará emissários para proclamar sua glória a Tubal, a Javã e a outras terras. — Is 66:19. Assim, Tubal ficava ao N de Israel, mas não tão distante a ponto de não ter contato comercial com Tiro, na Fenícia.
  • Há peritos que acham que esse nome se refere ao povo Tabali, de inscrições assírias, em que Tabali e Musku (evidentemente Meseque) são mencionados juntos. [7] Alguns séculos depois, Heródoto (III, 94) também os alistou juntos, como os tibarenos e os moscos. À base disto, pensa-se que a terra de Tubal estava situada (pelo menos no tempo dos assírios) ao NE da Cilícia, no leste da Ásia Menor. A existência de minas de cobre nesta região concorda com o registro bíblico.

Árvore genealógica baseada em Gênesis:Editar

ReferênciasEditar

  • Barker, Burdick, Stek, Wessel, Youngblood (Eds.). (1995). The New International Version Study Bible. (10th Ann ed). Grand Rapids, MI: Zondervan.
  • Bright, John. (2000). A History of Israel. (4th ed.). Louisville, KY: Westminster John Knox Press.
  • DeVaux, Roland. (1997). Ancient Israel. (John McHugh, Trans.) Grand Rapids, MI: Eerdmans.
  • Freedman, David Noel (Ed.). (2000). Eerdmans Dictionary of the Bible. (pp. 597) Grand Rapids, MI: Eerdmans.
  • Wood, Millard, Packer, Wiseman, Marshall (Eds.). (1996). New Bible Dictionary (3rd ed.) (pp. 477). Downers Grove, IL: Intervarsity Press.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Gênesis 10:2
  2. Enciclopédia Bíblica. Acesso em 22/02/08.
  3. Isaías 66:19
  4. Ezequiel 27:13
  5. Monarchia Lusytana. Bernardo de Brito (1597)
  6. «Tabal». Wikipedia (em inglês). 7 de fevereiro de 2017 
  7. Ancient Near Eastern Texts [Textos Antigos do Oriente Próximo], editado por J. Pritchard, 1974, p. 284