Abrir menu principal

Wikipédia β

Tumor benigno

(Redirecionado de Tumores benignos)
Histologia de um tumor benigno na pele.

Neoplasia benigna ou tumor benigno é o crescimento anormal de células maduras (bem diferencias), sem capacidade de invadir outros tipos de tecidos e órgãos (metástase), crescem mais lento e tem bom prognóstico. Já os "tumores malignos" ou "neoplasias malignas" tem células imaturas (pouco diferenciadas), crescem mais rápido e invadem outros tecidos por isso são chamados popularmente de câncer.[1] Geralmente são arredondados e envolvidos por uma cápsula de tecido fibroso ou epitelial. Exemplos comuns de tumores benignos são as verrugas e pólipos.

Alguns tumores benignos podem fazer transformação maligna e por isso precisam ser acompanhados ou removidos.

Índice

Efeito de massaEditar

Os tumores causam um "efeito de massa" ao comprimir outras estruturas:

  • Nervos comprimidos podem causar dor, fraqueza (paresia) ou paralisia na parte inervada.
  • Vasos sanguíneos comprimidos causam isquemia e necrose dos tecidos que deixarem de ser irrigados.
  • Vasos linfáticos comprimidos podem causar grandes edemas purulentos.
  • Tubo digestivo comprimido por causar dificuldade para engolir (disfagia) ou constipação.
  • Vias respiratórias comprimidas podem causar dificuldade para respirar (dispneia)
  • Dentro do crânio causam hipertensão intracraniana e se não removidos podem causar uma hernia cerebral potencialmente fatal.[2]

AdenomasEditar

Os tumores de glândulas (adenomas) podem produzir hormônios causando doenças endócrinas. Por exemplo um tumor da tiroide pode causar hipertiroidismo e um prolactinoma pode causar infertilidade e perda da libido.[3]

NomenclaturaEditar

Os neoplasmas benignos recebem a denominação através da célula em que se deu a origem do tumor mais o sufixo "-oma". Por exemplo: "rabdomio-" (células musculares esqueléticas em grego)+oma(tumor) = rabdomioma (tumor benigno de células musculares esqueléticas). Já os tumores malignos frequentemente usam os sufixos "-carcinoma", "-sarcoma" ou "-blastoma". Por exemplo: rabdomio+sarcoma = rabdomiossarcoma (tumor maligno de músculo esquelético).

TiposEditar

Referências

  1. http://www.webmd.com/a-to-z-guides/benign-tumors-causes-treatments#1
  2. Zazulia, AR; Diringer MN; Derdeyn CP; Powers WJ (1999). "Progression of mass effect after intracerebral hemorrhage". Stroke. 30 (6): 1167–73. doi:10.1161/01.str.30.6.1167. PMID 10356094.
  3. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/tumor-na-hipofise
  4. Wujcik, Debra; Yarbro, Connie Henke; Barbara H. Gobel (2011). Cancer nursing: principles and practice. Boston: Jones and Bartlett Publishers. ISBN 0-7637-6357-8