Plano CohenEditar

Olá, notei seu interesse por tópicos sobre história, e deixo aqui meu convite para que se manifeste na candidatura a destacado do artigo Plano Cohen. Cordialmente, a wiki mate discussão 14h01min de 12 de fevereiro de 2021 (UTC).[]

Boris FaustoEditar

Estive dando uma olhada no Boris Fausto que você me recomendou para preencher a Lista de governadores-gerais do Brasil. Primeiro, gostaria de agradecer, pois vai ser útil. Vou usar o conteúdo do livro para escrever a introdução com certeza. Também o "glossário biográfico" ao final do livro me ajudou a colocar mais informações sobre Tomé de Souza e Mem de Sá. (Ver diff)

Maas, mesmo o glossário não menciona todos os governadores-gerais. Portanto, você conheceria uma fonte que resuma os governos de cada um dos governadores gerais, para que eu expanda a lista? Se essa fonte não existir, acho que vou desistir da ideia de resumir todos os governos e vou escrever sobre o contexto de cada governo. Vai ser muito difícil pesquisar um por um, entende? O que você acha? (PS: Agora decidi que vou discutir os verbetes antes de abrir a EAD, para que eu não tenha que resolver tudo com pressa. Que bom que tem bastante gente na wiki formada em história... assim posso confirmar com antecedência se está tudo certo com meu trabalho.) --Bageense(fala) 01h23min de 16 de abril de 2021 (UTC)[]

Bageense, que bom que o livro do Boris Fausto foi útil! É a primeira referência que indico pra quem procura saber mais sobre a História do Brasil e ele já me salvou várias vezes durante a graduação. Mas como está a editar sobre um tema bastante específico, talvez eu teria que te recomendar um livro mais especializado, como o "Dicionário do Brasil colonial" do Ronaldo Vainfas. Só não sei se você vai achá-lo em PDF na internet e é um livro um pouco caro. Se você for estudante universitário, é provável que alguma das bibliotecas de sua universidade tenha o livro, que é bastante utilizado por professores de História do Brasil Colonial. El Descamisado (discussão) 01h38min de 16 de abril de 2021 (UTC)[]
Grande dica. Eu não precisei ir a uma biblioteca... é só saber pesquisar bem na internet ;) Enfim, a fonte foi (e está sendo) útil para expandir a descrição de governos que estavam curtas demais (vide histórico da lista dos govs gerais). Mas até agora não consegui preencher nenhuma célula vazia, isto é, que ainda não tinha nada escrito.
Então, minha ideia é a seguinte. Se não houver mais fontes, eu escrevo sobre o contexto desses governos nas células vazias. Isto é, eu abandono o projeto de resumir o governo de cada um, que é um projeto ousado demais, afinal. Que tal? Para ser uma lista destacada, basta que haja notas. Não precisa necessariamente ser um resumo do governo. As outras listas destacadas, como a dos Presidentes, têm notas que não são resumos de governos. --Bageense(fala) 18h55min de 17 de abril de 2021 (UTC)[]
Bageense, outra fonte que pode ser útil é a coleção "O Brasil Colonial", editada em três volumes e organizada por João Fragoso e Maria de Fátima Gouveia. No mais, meu conhecimento bibliográfico sobre história do Brasil colonial se esgota por aí. Ao longo da graduação e da pós, me voltei para o estudo do Brasil republicano e da América Latina após 1870. Mas acredito que as fontes que indiquei e mais aquelas que você já tem são o suficiente pra contextualizar os governos de cada governador-geral. Não costumo editar listas e nem estou atento aos critérios de destaque para elas, mas acredito que a lista de presidentes brasileiros pode servir como um bom modelo, sim. El Descamisado (discussão) 23h32min de 18 de abril de 2021 (UTC)[]
Esqueci de responder. Infelizmente, este livro não achei. Posso até tentar achá-lo em alguma biblioteca aqui da cidade, mas acho difícil. Primeiro, por causa da pandemia, segundo, porque aqui não tem muita biblioteca boa.
Pesquisar individualmente um resumo dos governos dos que faltam pode ser trabalhoso demais, por isso pretendo desistir de escrever sobre isso em todas as colunas. Vou mencionar apenas coisas relevantes que aconteceram no Brasil colonial durante o período de algum gov geral no poder. A não ser se você tiver outra sugestão.. não sei. Saudações, e obrigado pelo ajuda até o momento. Quando a coluna dos resumos dos governos estiver pronta eu volto aqui para tirar outras dúvidas. --Bageense(fala) 18h56min de 28 de abril de 2021 (UTC)[]

Jornadas de junhoEditar

Olá! Vi o trabalho que você realizou no verbete Anarquismo no Brasil, levando esse a um artigo em destaque. Estou querendo trabalhar em cima do verbete Jornadas de Junho, que se encontra atualmente escrito baseado principalmente em fontes jornalisticas e opnativas, mesmo 8 anos após 2013. Acho que já é hora de inserir fontes mais confiáveis, artigos acadêmicos, teses, dissertações e livros. Já propus a reformulação e revisão do verbete na página de discussão e vou começar as leituras e releituras necessárias. Tendo em vista a sua experiência em reformular verbetes com temáticas relacionadas, você teria dicas de como iniciar e fazer essa revisão? ex: é melhor ir adicionando frases aos poucos, ou reformular todo um subtópico de uma só vez? Devo aproveitar as fontes jornalisticas já presentes ou apago as que não condizerem com as referências acadêmicas? Saudações e parabéns pelo trabalho.Tithoniadiversifolia (discussão) 22h51min de 13 de maio de 2021 (UTC)[]

Tithoniadiversifolia, fico contente que queira trabalhar no conteúdo deste artigo, que é de meu interesse. Não costumo editar sobre temas que ainda tem reflexos na política brasileira atual, mas para esse caso eu abriria uma exceção e posso te ajudar, mas só estarei mais disponível a partir de junho. O artigo precisa de uma revisão completa, a começar pelo nome. Apesar dos protestos terem se "nacionalizado" em junho de 2013, algumas cidades, como Porto Alegre, também tiveram protestos massivos contra o aumento das passagens de ônibus antes disso. Além do mais, o artigo também me parece apresentar uma crônica muito focada sobre o que ocorreu São Paulo. Já sobre a tua pergunta, eu recomendaria o seguinte: comece a desenvolver o novo conteúdo em uma página de testes, onde você terá mais liberdade para fazer alterações um pouco mais drásticas (ou inclusive escrever um texto inteiramente novo) sem entrar em conflitos editoriais. Vamos nos falando. El Descamisado (discussão) 00h19min de 14 de maio de 2021 (UTC)[]
Se quiserem ajuda para revisar o texto, é só me chamar :). Liquet Id dice 20h02min de 14 de maio de 2021 (UTC)[]

Categoria:Piotr KropotkinEditar

Meu caro. Agradecia que tenta-se perceber sua reversão não faz sentido algum pois se carregasse no na Categoria:Piotr Kropotkin veria que todas as categorias, que dizem respeito a Piotr Kropotkin estavam lá respeitadas e acrescida do facto de que está agrupado um linque para todos os livros do referido russo. O seja, o objetivo foi o de melhorar esta página, juntando todos os elementos, e não estragar. Por isso, por favor, gostaria voltasse a repôr aquilo que me deu algum trabalho a fazer. Um abraço e estamos juntos em pról de todos. ̴ LourencoAlmada (discussão) 04h45min de 7 de junho de 2021 (UTC)[]

Lourencoalmada, obrigado pela explicação. É que estranhei a retirada de tantas categorias que seriam pertinentes naquele artigo sem que houvesse alguma explicação, por isso desfiz. Agora ficou mais claro. Quando for fazer alguma edição desse tipo, que possa ser mais controversa, utilize o sumário de edição ou a discussão para explicar melhor, porque a primeira vista parece que se está somente retirando conteúdo válido. Sds, El Descamisado (discussão) 21h13min de 7 de junho de 2021 (UTC)[]
Faz sentido. Obrigado pela dica. Um forte abraço. LourencoAlmada (discussão) 21h37min de 7 de junho de 2021 (UTC)[]

1964: O Brasil entre Armas e LivrosEditar

O verbete 1964: O Brasil entre Armas e Livros, editado por você, foi marcado para eliminação por consenso, por ter sido considerado, por algum editor, não condizente com a Wikipédia; isso significa que o verbete talvez não satisfaça os critérios de notoriedade estabelecidos pela comunidade ou se encaixe no descrito em O que a Wikipédia não é.

Você poderá expor seus argumentos na discussão para manter ou eliminar, porém jamais remova o aviso de eliminação que está no verbete, pois seria considerado vandalismo.

Boas contribuições! Raphael Figueira (discussão) 17h21min de 19 de julho de 2021 (UTC)[]

Votação em cursoEditar

MisesEditar

Olá, Descamisado.

Sim, é por conta do Mises Institute. Veja, sendo uma Think Tank de lobby, o Instituto é financiado para professar e propagandear um pensamento único, inclusive negando qualquer evidência que contrarie esse pensamento. É, portanto, um fonte não independente e não fiável, inclusive para citar publicações, já que não há garantia de fiabilidade na tradução ou edição do texto. Se você tem acesso ao texto original, publicado por alguma editora independente, não tenho problemas em manter o livro como fonte, se não, acho muito problemático.

O que acha?

Porantim msg 13h37min de 18 de agosto de 2021 (UTC)[]

Porantim, tendo a concordar contigo, e inclusive quando escrevi o verbete tomei o cuidado de buscar o texto original em inglês, ao invés de citar a tradução. Infelizmente não tenho acesso ao texto original, mas a versão que está publicada no Mises Institute é citada por pelo menos uma fonte fiável ([1]). Além do mais, julgo ser pouco provável que uma think tank dedicada a propagar uma ideologia falsificaria um texto de um dos maiores proponentes dessa ideologia (se souber de algum caso concreto, peço que exemplifique). Como se trata de uma simples citação expositiva, não vejo grandes problemas, já que nossas políticas permitem isso em casos específicos: Citação: Wikipédia:Fontes confiáveis escreveu: «[...] o fato de uma fonte ter visões fortes não é necessariamente um motivo para não usá-la, apesar dos editores deverem evitar usar grupos políticos com visões extremistas largamente reconhecidas [...] Grupos como esses podem ser usados apenas como fontes primárias, isto é, como fontes sobre eles mesmos, suas atividades e seus pontos de vista e, mesmo assim, com cautela e reservadamente». Ou seja, no contexto em que a fonte foi citada, ela apenas serve para referenciar o que o próprio Rothbard escreveu. Isso é bem diferente de usar um daqueles artigos pavorosos do Mises Institute para fundamentar algum artigo sobre política, história ou economia, por exemplo. Deixar a citação lá sem nenhuma referência é complicado, ainda mais levando em consideração que é um artigo em destaque. Existe a possibilidade de simplesmente retirar a citação, mas considero que ela seja importante naquele contexto, pois ajuda a desmistificar as supostas relações entre o anarquismo e o libertarianismo. El Descamisado (discussão) 18h39min de 18 de agosto de 2021 (UTC)[]
Veja, há uma questão aqui: o Mises Institute não é representante das ideias de Rothbard e, assim, a citação que faz da política da Wikipedia não é cabível.
O próprio site do Instituto afirma que esse artigo foi escrito nos anos 50 e assinado por um pseudônimo, mas nunca foi publicado!!! Qual a fonte do artigo, então?
Não há outros textos em que ele ou outros liberais fazem crítica ao anarquismo?
Porantim msg 21h49min de 18 de agosto de 2021 (UTC)[]
Porantim, tens razão: eu não tinha atentado para o fato de que o site informa que se tratava, supostamente, de um texto não publicado e assinado por um pseudônimo. Assim, a fiabilidade fica comprometida, mesmo. Por ora, também achei melhor remover a citação. El Descamisado (discussão) 19h37min de 19 de agosto de 2021 (UTC)[]

Fantástico!Editar

Olá, fico muito feliz por sua mensagem. Respondo aqui porque não tenho sido bem sucedido em responder de uma forma que o outro usuário receba a notificação, rs. Mas enfim, comecei faz bem pouco tempo, mas também estou tentando ter um foco nesse tema, em melhorar ou fazer do zero os verbetes relacionados. Tenho certeza que podemos colaborar bastante. Tenho lido de forma não muito planejada a história do movimento, e ando fazendo como posso esses melhoramentos. Enfim, saiba que agora mesmo estou fazendo um teste com o Sindicalismo revolucionário, espero deixar um pouquinho melhor. Abraços! JoaquimCebuano (discussão) 19h51min de 9 de setembro de 2021 (UTC)[]

@JoaquimCebuano: Enquanto te familiariza com o projeto, sugiro que vá editando na sua página de testes, antes de passar os artigos pro domínio principal. Assim vai evitar maiores frustrações. Quanto ao verbete Sindicalismo revolucionário, talvez uma olhada no da Wikipédia em inglês possa dar uma luz: [2]. El Descamisado (discussão) 20h04min de 9 de setembro de 2021 (UTC)[]
Sim sim, vou editando. É interessante o verbete em inglês, apesar de bastante focado nos EUA, você sugere traduzir? É isso? JoaquimCebuano (discussão) 20h38min de 9 de setembro de 2021 (UTC)[]
@JoaquimCebuano: A tradução é uma possibilidade, mas te mostrei o verbete em inglês mais para ter uma noção de estrutura e conteúdo mesmo. Também acho que o artigo é bem mais focado nos Estados Unidos e na Europa. Mas ele é cheio de boas referências. A maioria dá pra encontrar na internet com alguma pesquisa. El Descamisado (discussão) 23h45min de 9 de setembro de 2021 (UTC)[]
Sim sim, tem boas referências, algumas seções penso em traduzir, apenas adicionando mais algumas referências. Grato! JoaquimCebuano (discussão) 01h23min de 15 de setembro de 2021 (UTC)[]

Retomada do mutirão anarquistaEditar

Caro companheir@, entro em contato para dizer que junto com alguns gatos pingados estou tentando dar uma reativada no mutirão anarquista do wikipedia. As contribuições que você tem feito foram essenciais ao projeto, e espero podermos continuar colaborando naquele subtema já falado do sindicalismo revolucionário. Comecei lá na página de discussão do mutirão uma lista de tarefas paralelas, que pretendo efetivar quando revisarmos o estado da lista de tarefas do portal. Nova lista de tarefas do mutirão anarquista. Um novo layout também foi colocado por uma editora, o que considerei muito bom. Deixo esse comentário para sua apreciação, caso queira adicionar items na liste, fique à vontade. Pretendo fazer diversas traduções nos próximos tempos de personalidade importantes dos Estudos Anarquistas/Estudos Anarquistas Contemporâneos, para então atacar esse tema de maneira mais frontal. Os subtemas do Anarquismo negro e Anarquismo africano também tem recebido minha atenção, espero poder corrigir essa ausência num futuro próximo. Infelizmente hoje mais um editor tacanho veio prejudicar minhas contribuições, apagando a categoria do 'anarquismo negro', para o qual eu estava traduzindo meia dúzia de biografias, sob o "argumento" de que: "anarquismo tem cor?"... Enfim, não faz nenhum sentido, demonstrei a base bibliográfica e política do termo, em algum momento terá que se feito, uma pena esse impedimento. No mais é isso, abraços JoaquimCebuano (discussão)

Salve, JoaquimCebuano! Bela iniciativa. Estarei adicionando algumas coisas na lista, em especial referentes ao subtópico do anarcossindicalismo e do sindicalismo revolucionário. Quanto ao anarquismo negro, de fato é um tema bem ausente por aqui, lamentavelmente. Sugiro que crie, assim que possível, o artigo Anarquismo negro, explicando o que é e referenciando com as fontes adequadas. Sei que é um tema que vem sendo bastante discutido lá fora desde algum tempo e aqui no Brasil essa discussão começou a aparecer graças à tradução das obras do Lorenzo Kom'boa e aos esforços do prof. Wallace de Moraes. Com o artigo criado, dificilmente irão apagar a categoria depois. As categorias são utilizadas aqui para agregar artigos sobre um determinado tema, e geralmente esse tema deve ter um artigo próprio antes que se crie a categoria. El Descamisado (discussão) 15h12min de 15 de setembro de 2021 (UTC)[]