VSS Vintorez

O VSS (russo: BCC (Винтовка Снайперская Специальная), romanizado: Vintovka Snayperskaya Spetsialnaya, lit. 'Fuzil de Precisão Special', designação GRAU 6P29), também chamado de Vintorez ("macho"), é um fuzil de atirador designado silenciado que utiliza o pesado cartucho subsônico 9x39mm SP5 e o cartucho perfurante SP6. Foi desenvolvido no final dos anos 80 pela TsNIITochMash e fabricado pela Tulsky Oruzheiny Zavod. É usado principalmente pelas unidades Spetsnaz para operações secretas ou clandestinas, um papel evidenciado por sua capacidade de ser desmontado para o transporte em uma maleta especial.

VSS Vintorez
Vss vintorez 01.jpeg
VSS Vintorez.
Tipo
Local de origem  União Soviética
História operacional
Em serviço 1987–presente
Utilizadores Veja utilizadores
Guerras
Histórico de produção
Criador Petr Serdjukov e Vladimir Krasnikov
Data de criação Década de 1980
Fabricante Tulsky Oruzheiny Zavod
Período de
produção
1987–presente
Variantes VSSM
Especificações
Peso
  • 2,6 kg (descarregado)
  • 3,4 kg (carregado)
Comprimento 894 mm (35,2")
Comprimento 
do cano
200 mm (7,9")
Cartucho 9×39mm
Ação Operada a gás, ferrolho rotativo
Cadência de tiro 900 disparos por minuto (modo automatico)
Velocidade de saída 282–292 m/s
Alcance efetivo 300 m
Alcance máximo 400 m
Sistema de suprimento Carregador destacável de 10 ou 20 cartuchos
Mira

Detalhes do designEditar

Mecanismo de operaçãoEditar

O princípio geral de operação e o sistema de supressão de som usados no VSS são derivados do fuzil de assalto AS. O VSS é fuzil de fogo seletivo operado a gás. Possui uma haste de operação de pistão a gás de curso longo em um cilindro de gás acima do cano. A arma é trancada com um ferrolho rotativo que tem 6 engranzadores que encaixam nos soquetes usinados na armação. O VSS possui sistema de percussor lançado. Apresenta um seletor de tiro do tipo botão apertável localizado atrás do gatilho, dentro do guarda-mato; a alavanca de segurança e a alavanca de manejo se assemelham àquelas usadas nas armas Kalashnikov.

CaracterísticasEditar

A arma possui um silenciador integral que envolve o cano. O cano em si possui uma série de orifícios perfurados nas ranhuras de estriamento, que levam os gases de escape ao silenciador para reduzir sua velocidade e esfriá-los. O silenciador pode ser facilmente removido para armazenamento ou manutenção, mas o VSS não deve ser disparado sem o silenciador instalado. O silenciador integral da arma tem um comprimento de 284,36 mm e um diâmetro de 35,86 mm,

A coronha de madeira esqueletizada é uma versão mais arredondada da que é fornecida no fuzil SVD; possui uma soleira de borracha e pode ser removida quando o fuzil é desmontado para armazenamento compacto. O guarda-mão dianteiro é feito de um polímero de alto impacto. O fuzil geralmente é disparado de forma semiautomática. Se surgir a necessidade operacional, a arma pode ser disparada no modo automático, usando seu carregador original de 10 cartuchos ou os carregadores de 20 cartuchos do fuzil AS.

Ele usa o cartucho subsônico 9x39mm para evitar um estrondo sônico. Em comparação, o projétil desse cartucho pesa mais que o dobro do projétil do cartucho 9x19mm Parabellum de 124 gr, com o 9x39mm fornecendo o dobro da energia de saída de um projétil subsônico do cartucho 9x19mm disparado de uma HK MP5SD.

Além disso, o projétil é muito eficaz na penetração de armaduras. É equipado com uma ponta de aço endurecido ou tungstênio e pode penetrar em uma placa de aço de alta densidade de 6 mm (0,2") a 100 m; uma placa de aço de 2 mm (0,08") ou um capacete militar padrão podem ser totalmente penetrados a 500 m; no entanto, o fuzil normalmente é empregado abaixo de 400 m.

MirasEditar

É fornecido um trilho lateral, instalado na armação e usado para montar a mira telescópica PSO-1-1 (1P43). A arma também pode ser empregada de noite com a mira noturna NSPUM-3 (1PN75) de 3,46x, versão especial da mira noturna NSPU-3 (1PN51[2]), usando um suporte apropriado. As miras de ferro de apoio consistem em uma alça de mira tangencial e na massa de mira. A alça de mira tem graduações de alcance de até 400 m, com ajustes de 100 m.

AcessóriosEditar

 
Mira noturna NSPUM-3 (1PN51).

Para transporte e ocultação, o fuzil é desmontado em três componentes principais, transportados em uma maleta especial de 450 x 370 x 140 mm (17,7 x 14,5 x 5,5"). A maleta também tem espaço para uma mira telescópica PSO-1-1, uma mira noturna NSPU-3 e dois carregadores.

O VSS faz parte do sistema de franco-atirador VSK. Com o sistema, pode ser montada, no fuzil, a mira telescópica com colimador PSK-07 ou a mira noturna PKN-03. Quando o fuzil faz parte do sistema VSK, o alcance da munição pode ser estendido para incluir os cartuchos SP-6 e PAB-9.

VariantesEditar

 
O VSSM

O VSSM (BCCM) (designação GRAU 6P29M) é a iteração mais moderna do fuzil VSS, que apresenta uma coronha de alumínio com uma soleira ajustável. Além disso, é equipado com um trilho Picatinny na parte superior da tampa de poeira, nas laterais e na parte inferior do silenciador. As entregas começaram em 2018.[3]

Utilizadores e histórico de serviçoEditar

Veja tambémEditar

Referências

  1. Dolgov, Anna (19 de maio de 2015). «Moscow Admits Two Fighters Captured in Ukraine Are Ex-Russian Soldiers». The Moscow Times. Consultado em 19 de maio de 2015 
  2. ИЗДЕЛИЕ 1ПН51 ТЕХНИЧЕСКОЕ ОПИСАНИЕ И ИНСТРУКЦИЯ ПО ЭКСПЛУАТАЦИИ [PRODUCT 1PN51 TECHNICAL DESCRIPTION AND OPERATING INSTRUCTIONS] (em russo). [S.l.: s.n.] Janeiro de 1992. p. 11 
  3. «Олег Салюков в интервью «МК»: в этом году соединения и воинские части СВ получат более 2500 новых основных образцов ВВСТ» (em russo). 1 de outubro de 2018 
  4. «Как обеспечивается баланс сил в Закавказье» (em russo). 14 de julho de 2014 
  5. «Ствол, с которым идут в разведку» (em russo). 15 de setembro de 2014 
  6. Neville, Leigh (25 de agosto de 2016). Modern Snipers. Col: General Military. [S.l.]: Osprey Publishing. p. 190. ISBN 9781472815347 
  7. «Спецподразделения Грузии» (em russo). 20 de março de 2007 
  8. Neville 2016, p. 229.
  9. «Фотовиставка: "Служу українському народу і спецназу!"» (em ucraniano). 31 de outubro de 2012 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre VSS Vintorez