Valentin Stansel

Valentin Stansel (Olomouc, 1621Salvador (Bahia), 18 de dezembro de 1705) foi um astrônomo jesuíta tcheco que trabalhou no Brasil.

Valentin Stansel
Nascimento 1621
Olomouc, Morávia, Reino da Boémia
Morte 18 de dezembro de 1705 (84 anos)
Salvador (Bahia)
Nacionalidade tcheco
Alma mater
  • Universidade Palacký
Ocupação astrônomo
Empregador Universidade de Évora
Instituições Universidade Palacký, Universidade Carolina, Universidade de Évora, Colégio de Santo Antão
Campo(s) astronomia
Religião catolicismo

Tinha sido professor da Aula da Esfera, no Colégio de Santo Antão, em Lisboa.[1]

Obras publicadasEditar

  • Dioptra geodetica (Prague, 1652 or 1654)
  • Propositiones selenegraphicæ, sive de luna (Olmütz, 1655)
  • Orbe Affonsino, horoscopio universal (Évora, 1658)[2]
  • Mercurius brasilicus, sive de Coeli et soli brasiliensis oeconomia
  • Zodiacus Divini Doloris, sive Orationes XII (Évora, 1675)
  • Legatus uranicus ex orbe novo in veterum, h. e. Observationes Americanæ cometarum factæ, concriptæ et in Europam missæ (Prague, 1683)
  • Uranophilus coelestis peregrinus, sive mentis Uranicæ per mundum sidereum peregrinantis ecstases (Antwerp and Ghent, 1685)
  • Mercurius Brasilicus, sive Cœli et soli brasiliensis oeconomica

Referências

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.