Abrir menu principal

Valmir Salaro

jornalista e repórter brasileiro
Valmir Salaro
Valmir Salaro.jpg
Nascimento 16 de novembro de 1953 (65 anos)
São Paulo São Paulo
 Brasil
Ocupação Jornalista e Repórter
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Atividade 1978– presente
Trabalhos notáveis Fantástico

Valmir Salaro (São Paulo, 16 de novembro de 1953) é um jornalista e repórter brasileiro. Atualmente, trabalha na Rede Globo cobrindo as notícias do Fantástico.

Índice

EducaçãoEditar

Formado na Universidade Metodista de São Paulo, Salaro começou como jornalista esportivo, estagiou no Jornal da Gazeta.[1] Tornou-se repórter policial, em 1978, no Diário do Grande ABC, uma experiência que o direcionaria, definitivamente, para sua vocação. Na redação, convivia com grandes nomes do jornalismo do Brasil, entre eles o escritor e roteirista José Louzeiro[2]. Também teve uma longa passagem na Rádio Jovem Pan.

Trabalhos e premiaçõesEditar

Ele foi trabalhar na "Agência Folha" onde conheceu de perto a realidade da violência urbana. Era a época da Rota, a polícia de elite de São Paulo, conhecida pela truculência. Em uma entrevista ele diz suposto discurso.[3][4][5]

NomeaçõesEditar

Ano Trabalho nomeado Prêmio Resultado
1982 "Fantástico" Prêmio Vladimir Herzog   Venceu

PrêmiosEditar

Em 1982, com a reportagem ("A Rota entre o Bem e o Mal") no jornal Folha de S. Paulo, Valmir, junto com o jornalista Dácio Nitrini, ganharam o Prêmio Vladimir Herzog de Jornalismo.[8][9][10]

Referências

  1. ROMÁRIO, Felipe (30 de setembro de 2016). «Rafaela Silva, João Côrtes e Valmir Salaro falam de esporte, violência e carreira no "Altas Horas"». TV Show. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  2. «FUNAP e Reintegração Social ganham destaque no Encontro Nacional do "Começar de Novo"». Assessoria de Imprensa - SAP. 9 de setembro de 2011. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  3. BARROS, Ana Claudia (20 de fevereiro de 2013). «Defesa "ressuscita" caso Escola Base para tentar desqualificar acusação contra Gil Rugai». R7.com. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  4. CAMINHA, Carol (1 de outubro de 2016). «Valmir Salaro, do 'Fantástico', diz que sofre a cada crime que cobre: 'Não consigo me desvencilhar'». Gshow. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  5. «Jornalistas da Folha são perfilados em livro de coletâneas». 21 de outubro de 2015. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  6. Carol Caminha (ed.). «Valmir Salaro, do 'Fantástico', diz que sofre a cada crime que cobre: 'Não consigo me desvencilhar'». Última Hora Notícias. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  7. Flávia Dias (ed.). «"Prisão é um lugar extremamente caro para deixar as pessoas piores", diz Milton Gonçalves». Fiesp. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  8. Paulinho (O Menino de Ouro). (ed.). «O repórter, o perito, a Globo, o menor dos Gaviões, o Corinthians e a escola Base (Tudo no Iskema)». UOL. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  9. Rafael Nogueira (ed.). «As 90 reportagens que fizeram história». Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  10. «Vencedores da 36ª edição do Prêmio Vladimir Herzog são conhecidos em sessão pública na Câmara Municipal de São Paulo». Instituto Vladimir Herzog. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.