Vera Manhães

actriz brasileira

Vera Lúcia Pitanga Manhães, conhecida como Vera Manhães (São Paulo, 22 de fevereiro de 1950) é uma atriz e bailarina brasileira, que iniciou sua carreira artística como dançarina, miss e modelo, época em que desfilava pela marca Pierre Cardin.

Vera Manhães
Nome completo Vera Lúcia Pitanga Manhães
Nascimento 20 de fevereiro de 1950 (71 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Atividade 1970-1985
Cônjuge Antônio Pitanga (1976-1986)
Filho(s) Camila Pitanga (n.1977)
Rocco Pitanga (n. 1980)

Foi casada por dez anos com o ator Antônio Pitanga, com quem teve dois filhos: Os atores Camila Pitanga e Rocco Pitanga.

BiografiaEditar

Vera trabalhou como atriz, modelo e dançarina.[1] Em setembro de 1976 posou nua para a Revista do Homem (atual Playboy).

A atriz Vera Manhães, uma das favoritas de Glauber Rocha, era forte candidata a representar Gabriela, na primeira versão da novela de Walter George, exibida entre 14 de abril e 24 de outubro de 1975. Tinha a cor natural bem próxima da descrita por Jorge Amado.

Deu aulas de dança em casa, tendo por clientes famosos como a atriz Regina Duarte.[2]

Foi casada com o ator Antônio Pitanga de 1976 até o ano de 1986, e teve com ele os filhos Camila Pitanga e Rocco Pitanga. Após a separação o ex-marido ficou com a guarda dos filhos, então com 9 e 6 anos, respectivamente, pois segundo ela, devido à gravidade de sua depressão e ansiedade, o ator teria melhores condições de criá-los.[1]

A atriz deixou então a televisão, por não mais ser convidada para trabalhos na Rede Globo, onde atuou até o início dos anos 1980. Desde então frequenta psicoterapia e faz tratamento psiquiátrico, tomando antidepressivos e ansiolíticos. A artista mora na cidade de Maricá, no bairro de Itaipuaçu, no Rio de Janeiro, numa casa adquirida por sua filha Camila.[1] Sobre a ausência materna Camila declarou: "Eu não fui criada afastada da minha mãe, ela não foi ausente, só que eu morava no Rio e ela nem sempre. Conseguimos restabelecer nossa intimidade. Não queremos resgatar o tempo perdido, e sim viver o agora, numa boa, sem pressa."[3]

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
1985 Roque Santeiro Neusa - esposa do promotor
1982 O Homem Proibido Nalva
1979 Marron Glacê Elizeth[4]
1975 Ovelha Negra Lavínia
1972 Jerônimo, o Herói do Sertão Olga
1972 O Bofe Martina
1971 Bandeira 2 Gracinha
O Cafona Neusa

FilmografiaEditar

Ano Título Papel
1976 A Nudez de Alexandra Vera
1972 Quando o Carnaval Chegar
1971 O Barão Otelo no Barato dos Bilhões Neusa
1970 A Moreninha Paula

Referências

  1. a b c Dirceu Alves Jr., 28/07/2003, Um Sonho para Camila, IstoÉ Gente, edição 208, matéria de capa; acessado em março de 2011
  2. Flávia Martinelli, Morena em Construção, Revista Criativa, acessada em março de 2011
  3. Brasileiríssima, revista Cláudia, acessada em março de 2011.
  4. «Marron Glacê». Memória. Globo. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.