Abrir menu principal

Ovelha Negra (telenovela)

Ovelha Negra
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Walther Negrão
Chico de Assis
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Edson Braga
Atílio Riccó
Elenco Rolando Boldrin
Cleyde Yáconis
Serafim Gonzalez
Geórgia Gomide
e grande elenco.
Tema de abertura "O trenzinho do Caipira" - Orquestra Renato de Oliveira
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Tupi
Transmissão original 2 de junho de 1975 - 30 de setembro de 1975
N.º de episódios 100
Cronologia
Ídolo de Pano
A Viagem

Ovelha Negra é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Tupi e levada ao ar entre 2 de junho e 30 de setembro de 1975, substituindo a novela Ídolo de Pano e sendo substituída por A Viagem, às 20 horas.[1]

Escrita por Walther Negrão e Chico de Assis e dirigida por Edson Braga e Atílio Riccó.

Índice

SinopseEditar

Júlio Monteiro é a "ovelha negra" da cidade e ambiciona liderar a estância termal, mas por causa das suas brincadeiras de mau gosto e por saber demais sobre a vida dos moradores da cidade, atrai a ira de todos e é expulso. Mas ele vai lutar para provar a todos que não é ruim. Vai disputar com seu pai o coração de Laura.

Elenco[2]Editar

Ator/Atriz Personagem
Rolando Boldrin Júlio Monteiro
Cleyde Yáconis Laura
Laura Cardoso Donana
Lia de Aguiar Dona Cecília
Joana Fomm Marina
Léa Camargo Mafalda
Kate Hansen Suzana
Geórgia Gomide Sofia
Wanda Stephânia Glorinha
Wilma de Aguiar Luzia
Leonor Lambertini Ema
Carminha Brandão Isabel
Jonas Bloch Tiago
Serafim Gonzalez Cirilo
Felipe Donavan Nivaldo
Edney Giovenazzi Padre Jonas
Ivan Mesquita Modesto
Abrahão Farc Vital
Carlos Augusto Strazzer Alberto
Adoniran Barbosa tio Quim
Mário Benvenutti Gabriel
Ewerton de Castro Bentinho
Francisco di Franco Chapéu
Antônio Pitanga Dito Preto
João José Pompeo Donato
Sílvia Leblon Dalva
Elisa d'Agostino Tiana
Rachel Araújo Terezinha
Judy Teixeira Maria
Eduardo Abbas
Haroldo Botta Zacarias
Paco Sanches Genésio
Cuberos Neto Tadeu
Geraldo Cunha Roque
Vera Manhães Lavínia
Marco Antonio Donizetti Roque
Aída Mar
Régis Monteiro
Dimitri Orrico Chiquinho
Eudósia Acuña

Trilha sonoraEditar

CuriosidadesEditar

 
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • Ovelha negra era o primeiro fruto da parceria entre os autores Walter Negrão e Chico de Assis, que renderia ainda Xeque-mate e Cinderela 77.
  • Apesar de não ter atingido o sucesso de audiência previsto pela emissora - competindo com os capítulos finais de Escalada na Globo, Ovelha negra é considerada uma novela bastante interessante, que não teve tratamento à altura por parte da TV Tupi. Tanto que, em agosto, quando a Globo começou a reprisar Selva de pedra, a emissora decidiu acabar com a telenovela antes do previsto e estrear uma nova para concorrer com a reprise global e, assim, ganhar audiência. Essa nova atração, de grande sucesso, foi A Viagem.

Referências

  1. «Ovelha Negra». Teledramaturgia. 25 de março de 2015. Consultado em 23 de abril de 2016 
  2. «Ovelha Negra». Teledramaturgia. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.