Vladimir Shukhov

Vladimir Shukhov (em russo: Владимир Шухов; Grayvoron, 28 de Agosto de 1853Moscou, 2 de Fevereiro de 1939) foi um engenheiro e arquiteto russo, célebre por seus trabalhos de exploração em novos métodos da análise da engenharia civil, que levaram a rupturas das linhas inimigas no desenho industrial de reservatórios de óleo, oleodutos, caldeiras para aquecer líquidos, barcos e chatas.

Vladimir Shukhov
Vladimir Shukhov, em 1890
Nascimento 28 de agosto de 1853
Grayvoron
Morte 2 de fevereiro de 1939 (85 anos)
Moscou
Residência Nauchnye Rabotniki Cooperative Apartment Building
Sepultamento Cemitério Novodevichy
Nacionalidade russo
Cidadania Império Russo, União Soviética
Alma mater
Ocupação inventor, arquiteto, fotógrafo, engenheiro, engenheiro de combate, físico, cientista
Prêmios
Empregador Warsaw–Vienna railway, Branobel
Campo(s) engenharia
Obras destacadas Torre de Shukhov, Shukhov tower on the Oka River, Shukhov tower in Polibino, Stanislav-Adziogol Lighthouse
Movimento estético Arquitetura construtivista
Página oficial
http://www.shukhov.ru

Shukhov é em particular reputado por seus projetos originais de torres de hiperbolóide, como a Torre de Shukhov em Moscovo. As estruturas de hiperbolóide na arquitetura foram primeiro aplicadas por Vladimir Shukhov.

Foi um dos primeiros a desenvolver cálculos práticos de tensão e deformações de raios, cascas e membranas em fundações elásticas. Projetou oito coberturas com telhado por armação (estruturas de concha fina) no pavilhão de exposição da Feira de Níjni Novgorod de 1896.

Recebeu o prêmio Lenin, em 1929.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Vladimir Shukhov