Mazóvia (voivodia)

(Redirecionado de Voivodato de Masóvia)
Disambig grey.svg Nota: Se procura a região histórica, veja Mazóvia.

Voivodia da Mazóvia (em polonês/polaco: województwo mazowieckie) é uma unidade da divisão administrativa da Polônia e uma das 16 voivodias, com capital em Varsóvia (Warszawa). É a maior voivodia em termos de área e população, localizada na parte central e oriental da Polônia. Cobre uma área de 35 558,47 km². Segundo dados de 31 de dezembro de 2019, possuía aproximadamente 5,4 milhões de habitantes.[2]

Voivodia da Mazóvia
Województwo mazowieckie
Brasão Bandeira de Voivodia da Mazóvia Województwo mazowieckie
Voivodia da Mazóvia Województwo mazowieckie no mapa da Polônia
Capital
habitantes
Varsóvia (Warszawa)
1 794 166 (31/12/2020)[1]
Voivoda Konstanty Radziwiłł
Marechal Adam Struzik
Área (2015) 35 558,47 km²
População 5 423 168[2] hab.
(31 de dezembro de 2019)
Densidade pop 152,5 hab/km²
Urbanização 64,7%
Matrículas W
TERYT: 14 ISO: PL-MZ
Voivodia da Mazóvia Województwo mazowieckie
Condados urbanos 5
rurais 37
Comunas urbanas 35
urbana-rurais 53
rurais 226

pl. Bankowy 3/5
00-950 Varsóvia

Site Oficial

HistóriaEditar

 
Voivodias de 1975–1998 com a fronteira da atual voivodia da Mazóvia

Historicamente, a voivodia da Mazóvia existiu nos anos 1526-1795 e 1816-1837.

A atual voivodia da Mazóvia foi criada em 1999 a partir das voivodias da divisão administrativa anterior:

GeografiaEditar

 
Mapa físico da voivodia da Mazóvia

ÁreaEditar

De acordo com dados de 1 de janeiro de 2014, a área da voivodia era de 35 558,47 km², o que corresponde a 11,4% da área da Polônia.[3] A Mazóvia é a maior voivodia da Polônia.

De acordo com dados de 31 de dezembro de 2012, as florestas da voivodia da Mazóvia cobriam uma área de 815,0 milhões de hectares, que constituía 22,9% de sua área. 26,9 milhões de hectares de florestas estavam dentro dos parques nacionais.[4]

Localização administrativaEditar

A voivodia está localizada no centro-leste da Polônia e faz fronteira com as voivodias[5]:

Localização e extensão matemática e geográficaEditar

Coordenadas geográficas dos pontos extremos:

No sentido norte-sul, a voivodia se estende por 274 km, o que na medida angular corresponde a 2°28′08″. No sentido leste-oeste, a voivodia tem 265 km de comprimento, ou seja, 3°52′09″.

Localização geográfica físicaEditar

A voivodia está localizada principalmente na área da Planície da Europa Central, apenas as pequenas partes orientais situam-se nas Planícies Orientais do Báltico-Bielorrússia e as do sul nas Terras Altas da Polônia. A área da voivodia cobre 11 macrorregiões físico-geográficas e 34 mesorregiões.

Configuração da superfícieEditar

As planícies da Mazóvia consistem em vastas terras altas separadas por vales de grandes rios. No meio do território existe uma depressão, a planície central da Mazóvia, com a Bacia de Varsóvia no centro. Os rios maiores fluem em sua direção: o Narew com o Wkra, Bug, Pilica, Bzura, Liwiec e Świder, e as águas são levadas para o oeste pelo Vístula. O ponto mais alto é o pico do Altana - 408 m acima do nível do mar, no extremo sul da voivodia, no final do planalto de Kielce.

Localização histórica, geográfica e etnográficaEditar

Embora a voivodia da Mazóvia seja frequentemente chamada de Mazóvia, não é a totalidade dela. A parte oriental da voivodia é a região da Podlaquia (em uma extensão muito menor do que geograficamente), enquanto a parte sul é a terra de Sandomierz, que faz parte de Pequena Polônia. As diferenças históricas e culturais são visíveis em muitos aspectos, por exemplo, na arquitetura rural, o método de enrolar feixes de feno ou trajes populares. Por outro lado, parte da histórica Mazóvia (a maior parte da antiga voivodia de Łomża com as cidades de Łomża, Zambrów, Grajewo, Kolno e Wysokie Mazowieckie) está fora do atual território da voivodia da Mazóvia.

DemografiaEditar

 
Densidade populacional na voivodia da Mazóvia em áreas rurais em pessoas por km²[6]

De acordo com dados de 30 de junho de 2014, a voivodia da Mazóvia tinha 5 324 519 habitantes, o que constituía 13,7% da população polonesa.[7] A Mazóvia é a voivodia com a maior população da Polônia.

Dados em 30 de junho de 2014[7]:

Descrição Mulheres Homens
unidade habitantes % habitantes % habitantes %
população 5 324 519 100 2 777 021 52 2 547 498 48
área 35 558,18 km²
densidade populacional
(hab./km²)
150 78 72

De acordo com o gênero, as mulheres predominam na população que mora a Mazóvia. Em 2016, seu percentual na população total era de 52,2%, sendo a média nacional de 51,6%. É certo que os meninos geralmente nascem um pouco mais do que as meninas, mas a diferença diminui à medida que a próxima faixa etária é ultrapassada. Nas faixas etárias mais altas (55-59 anos), as mulheres passam a prevalecer em número, o que está relacionado à menor expectativa de vida dos homens.[8]

  • Pirâmide etária dos habitantes da voivodia da Mazóvia em 2014.[9]

Divisão administrativaEditar

A voivodia da Mazóvia consiste em 37 condados e 5 cidades com direitos de condado. Os condados são divididos em 314 comunas - 35 urbanas, 53 urbano-rurais e 226 rurais.

 
Voivodia da Mazóvia - cidades dentro dos limites administrativos

 

Condados – comparação
Brasão Bandeira Condado População
(30 de junho de 2014)[7]
Área
[km²][3]
Despesas do orçamento de 2013[10]
[milhões ]
Receita do orçamento de 2013[11]
[milhões ]
Dívida do governo local em relação à receita de 2013[11]
[%]
Taxa média de desemprego
(30 de junho de 2014)[12]
    Białobrzegi 33 669 639,10 28,22 28,57 11,5% 13,1%
    Ciechanów 90 823 1 059,80 92,00 93,09 28,9% 16,6%
    Garwolin 108 551 1 284,83 106,03 100,56 25,6% 14,7%
    Gostynin 46 345 614,81 48,90 50,07 1,5% 21,3%
    Grodzisk 89 136 367,04 71,22 76,95 18,3% 7,2%
    Grójec 98 692 1 267,73 83,84 85,23 48,4% 7,2%
    Kozienice 61 874 916,10 58,00 55,46 19,8% 16,7%
    Legionowo 111 660 390,76 86,97 85,93 1,9% 15,1%
    Lipsko 35 426 740,22 46,22 45,66 8,5% 14,2%
    Łosice 32 046 772,45 35,11 37,06 18,8% 10,0%
    Maków 46 435 1 064,67 47,26 48,01 21,8% 23,7%
    Mińsk 150 495 1 163,72 123,77 117,55 14,3% 11,7%
    Mława 73 919 1 181,82 66,66 65,37 17,6% 15,3%
    Nowy Dwór 78 604 694,79 50,72 50,14 32,7% 12,4%
    Ostrołęka 88 240 2 098,38 77,23 68,74 45,4% 16,9%
    Ostrów 74 464 1 217,79 56,97 58,19 16,4% 15,8%
    Otwock 122 661 615,92 129,42 114,26 56,4% 8,8%
    Piaseczno 172 929 621,00 169,18 176,80 40,4% 8,0%
    Płock 111 067 1 796,63 93,85 93,03 21,5% 20,4%
    Płońsk 88 612 1 379,79 79,11 78,40 9,4% 17,2%
    Pruszków 15 876 246,30 117,91 129,85 20,5% 8,1%
    Przasnysz 53 448 1 218,58 61,25 64,32 8,9% 15,9%
    Przysucha 42 869 801,19 68,85 66,85 17,0% 25,3%
    Pułtusk 51 409 827,42 78,37 63,40 51,4% 22,3%
    Radom 151 178 1 529,78 119,24 124,36 10,8% 28,6%
    Siedlce 81 685 1 603,48 47,36 45,33 7,9% 11,4%
    Sierpc 53 215 852,04 51,87 51,95 38,7% 22,5%
    Sochaczew 85 103 734,80 71,77 73,86 14,7% 11,0%
    Sokołów 55 511 1 131,17 56,83 56,50 38,0% 10,7%
    Szydłowiec 40 340 451,81 35,31 35,01 17,6% 35,8%
    Varsóvia Ocidental 111 550 533,79 112,26 115,21 20,6% 6,2%
    Węgrów 67 490 1 220,76 57,85 60,68 36,0% 14,7%
    Wołomin 230 287 953,56 158,61 156,22 31,0% 16,7%
    Wyszków 73 929 876,43 81,82 81,93 10,6% 12,2%
    Zwoleń 36 892 573,30 41,26 40,01 13,4% 19,4%
    Żuromin 39 885 806,60 36,89 38,42 16,6% 21,4%
    Żyrardów 76 413 532,54 54,52 55,05 55,6% 16,1%


Cidades com direitos de condado - comparação
Brasão Bandeira Cidade com direitos de condado População
(30 de junho de 2014)[7]
Área
[km²][3]
Despesas do orçamento de 2013[11]
[milhões ]
Receita do orçamento de 2013[11]
[milhões ]
Dívida do governo local em relação à receita de 2013[11]
[%]
Taxa média de desemprego
(30 czerwca 2014)[12]
    Ostrołęka 52 792 28,63 268,22 242,53 33,7% 14,9%
    Płock 122 572 88,04 731,89 685,08 56,8% 12,0%
    Radom 217 834 111,80 1 007,37 986,35 40,2% 21,6%
    Siedlce 76 585 31,86 362,22 350,10 76,9% 10,6%
    Varsóvia 1 729 119 517,24 1 2147,98 1 2222,70 48,5% 4,6%

UrbanizaçãoEditar

 
Varsóvia em 2017
 
Edifício da comissão provincial em Radom
 
Palácio Ogiński em Siedlce
 
Igreja de São Casemiro em Pruszków
 
Câmara Municipal de Legionowo
 
Monumento ao General Józef Bem em Ostrołęka
 
Igreja de São Matias e Santa Ana em Piaseczno
 
Prefeitura em Otwock
 
Igreja da Natividade da Virgem Maria em Ciechanów
 
Igreja de Nossa Senhora da Consolação em Żyrardów
 
Palácio da família Doria Dernałowicz em Mińsk Mazowiecki
 
Hotel Palácio Alexandrinum em Wołomin
 
Museu da região de Sochaczew

Existem 89 cidades na voivodia da Mazóvia, incluindo 5 cidades com direitos de condado.

Herb Cidade Condado População
(30 de junho de 2014)[7]
Área
(km²)[13]
Dens. pop.
(hab./km²)
  Varsóvia com direitos de condado 1 729 119 517,90 3 339
  Radom com direitos de condado 217 834 111,80 1 948
  Płock com direitos de condado 122 572 88,06 1 392
  Siedlce com direitos de condado 76 585 31,87 2 403
  Pruszków Pruszków 59 796 19,19 3 116
  Legionowo Legionowo 54 246 13,60 3 989
  Ostrołęka com direitos de condado 52 792 29,00 1 820
  Piaseczno Piaseczno 45 270 16,22 2 791
  Otwock Otwock 45073 47,33 952
  Ciechanów Ciechanów 44 673 32,84 1 360
  Żyrardów Żyrardów 41 056 14,35 2 861
  Mińsk Mazowiecki Mińsk 40 028 13,12 3 051
  Wołomin Wołomin 37418 17,24 2 170
  Sochaczew Sochaczew 37 333 26,13 1 429
  Ząbki Wołomin 32 376 11,13 2 909
  Mława Mława 30 893 35,50 870
  Grodzisk Mazowiecki Grodzisk 29 988 13,19 2 274
  Marki Wołomin 29 395 26,03 1 129
  Nowy Dwór Mazowiecki Nowy Dwór 28 361 28,27 1 003
  Wyszków Wyszków 27 205 20,78 1 305
  Piastów Pruszków 22 862 5,76 3 969
  Ostrów Mazowiecka Ostrów 22 770 22,09 1 031
  Płońsk Płońsk 22 435 11,60 1 934
  Kobyłka Wołomin 21 132 19,64 1 076
  Józefów Otwock 20 013 23,92 837
  Sulejówek Mińsk 19 385 19,31 1 004
  Pionki Radom 19 286 18,34 1 052
  Pułtusk Pułtusk 19 229 23,00 836
  Gostynin Gostynin 19 026 32,40 587
  Sokołów Podlaski Sokołów 18 730 17,50 1 070
  Sierpc Sierpc 18 468 18,60 993
  Kozienice Kozienice 18 150 10,45 1 737
  Zielonka Wołomin 17 434 79,48 219
  Konstancin-Jeziorna Piaseczno 17 371 17,74 979
  Przasnysz Przasnysz 17 337 25,16 689
  Garwolin Garwolin 17 160 22,08 777
  Łomianki Varsóvia Ocidental 16 632 8,40 1 980
  Grójec Grójec 16 430 8,57 1 917
  Milanówek Grodzisk 16 427 13,52 1 215
  Brwinów Pruszków 13 124 10,06 1 305
  Węgrów Węgrów 12 814 35,50 361
  Błonie Varsóvia Ocidental 12 536 9,12 1 375
  Szydłowiec Szydłowiec 12 030 21,93 549
  Warka Grójec 11 780 26,77 440
  Góra Kalwaria Piaseczno 11 678 13,72 851
  Radzymin Wołomin 11 572 23,32 496
  Ożarów Mazowiecki Varsóvia Ocidental 10 804 5,71 1 892
  Karczew Otwock 10 132 28,12 360
  Maków Mazowiecki Maków 10 098 10,30 980
  Żuromin Żuromin 8 988 11,11 809
  Zwoleń Zwoleń 8 072 15,91 507
  Tłuszcz Wołomin 8 015 7,91 1 013
  Nasielsk Nowy Dwór 7 632 12,57 607
  Białobrzegi Białobrzegi 7 122 7,51 948
  Łosice Łosice 7 111 23,75 299
  Łochów Węgrów 6 793 13,39 507
  Mszczonów Żyrardów 6 466 8,56 755
  Przysucha Przysucha 6 135 7,02 874
  Lipsko Lipsko 5 769 15,70 367
  Iłża Radom 5 010 15,83 316
  Łaskarzew Garwolin 4 904 15,35 319
  Raciąż Płońsk 4 629 18,60 249
  Pilawa Garwolin 4 450 6,62 672
  Skaryszew Radom 4 295 27,49 156
  Gąbin Płock 4 152 27,95 149
  Serock Legionowo 4 140 13,43 308
  Tarczyn Piaseczno 4 091 5,24 781
  Żelechów Garwolin 4 071 12,14 335
  Nowe Miasto nad Pilicą Grójec 3 898 11,25 346
  Podkowa Leśna Grodzisk 3 849 10,13 380
  Halinów Mińsk 3 674 2,84 1294
  Mrozy Mińsk 3 481 7,73 450
  Myszyniec Ostrołęka 3 308 10,74 308
  Zakroczym Nowy Dwór 3 224 19,97 161
  Glinojeck Ciechanów 3 133 7,37 425
  Drobin Płock 2 978 9,65 309
  Chorzele Przasnysz 2 945 17,51 168
  Kałuszyn Mińsk 2 943 12,30 239
  Różan Maków 2 743 6,67 411
  Wyszogród Płock 2 690 12,96 208
  Mogielnica Grójec 2 380 12,98 183
  Kosów Lacki Sokołów 2 158 11,57 187
  Sanniki Gostynin 2 084[14] 11,76 177
  Sochocin Płońsk 1 997 6,83 292
  Brok Ostrów 1 974 28,06 70
  Bieżuń Żuromin 1 910 12,07 158
  Mordy Siedlce 1 822 4,54 401
  Lubowidz Żuromin 1 798 5,27 341
  Wiskitki Żyrardów 1 404 6,61 212
  Czerwińsk nad Wisłą Płońsk 1 089 - -
  Solec nad Wisłą Lipsko 965 20,91 46
  Wyśmierzyce Białobrzegi 908 16,84 54

Administração e políticaEditar

 
Palácio da Comissão de Receitas e do Tesouro em Varsóvia, sede do voivoda da Mazóvia
 
Palácio Sandomierski em Radom - sede da filial de Radom do gabinete da voivodia da Mazóvia

Autogoverno da voivodiaEditar

O órgão de tomada de decisão do governo autônomo é o Seymik da voivodia da Mazóvia, composto por 51 vereadores. A sede do sejmik da voivodia é Varsóvia. O Sejmik elege o corpo executivo do governo local, que é o conselho da voivodia, composto por 5 membros com seu presidente, o marechal.

O orçamento da voivodia da Mazóvia em 2013 encerrou com receitas no valor de 2 191,6 milhões de PLN e despesas no valor de 2 164,7 milhões de PLN. A dívida da autarquia local no final de 2013 ascendia a 1 587,5 milhões de PLN, o que representava 73,3% do montante das receitas da autarquia local.[15]

Em 2012, o emprego médio da administração autônoma da voivodia era de 2 903 pessoas.[16]

Administração estadualEditar

O órgão de administração do governo local é o voivoda da Mazóvia, nomeado pelo primeiro-ministro. A sede do voivoda é Varsóvia, [18], onde o gabinete da voivodia da Mazóvia em Varsóvia está localizado. A sede do gabinete e do voivoda são os palácios combinados da Comissão do Governo da Receita e do Tesouro e do Ministro do Tesouro na Praça 3/5 de Bankowy.

Para melhorar o funcionamento do gabinete, existem também 5 sucursais (sucursais): em Ciechanów, Ostrołęka, Płock, Radom e Siedlce.[17]

EconomiaEditar

 
Radom – sede da Polska Grupa Zbrojeniowa

Em 2012, o produto interno bruto da voivodia da Mazóvia totalizou 353,3 bilhões de PLN, o que representou 21,9% do PIB da Polônia. No entanto, deve-se ressaltar que 59,1% do PIB da voivodia é gerado pela própria Varsóvia. O produto interno bruto per capita da voivodia da Mazóvia foi de 66,8 mil PLN (159,2% da média nacional), que ficou em primeiro lugar em relação às outras voivodias.[18] Segundo o Eurostat, em 2011 o PIB per capita da voivodia, de acordo com a paridade do poder de compra padronizada, representou 107% do PIB médio da União Europeia,[19] enquanto o PIB da voivodia, sem poder de compra, em 2009 representou 55,3% do PIB médio da União (EUR 13 000 per capita em comparação com a média da UE de EUR 23 500). [20]

Em 2010, a produção vendida da indústria na voivodia da Mazóvia ascendeu a 199,3 mil milhões de PLN, o que constituiu 20,2% da produção da indústria polonesa. As vendas da produção de construção e montagem na voivodia da Mazóvia ascenderam a 37,4 mil milhões de PLN, o que representou 23,3% destas vendas na Polôia.[21]

Radom é a sede de uma das maiores empresas de defesa da Europa - a Polska Grupa Zbrojeniowa SA [25]. PKN Orlen (4.ª no índice), a maior empresa de petróleo polonesa, tem sua sede em Płock. A Polimex-Mostostal opera em Varsóvia e Siedlce. A empresa Kross tem sede em Przasnysz.

O salário médio mensal de um habitante da voivodia da Mazóvia em setembro de 2019 era de 6 000,45 PLN , o que a colocava em primeiro lugar em comparação com todas as voivodias.[22]

No final de setembro de 2019, o número de desempregados inscritos na voivodia ascendia a cerca de 123,3 mil habitantes, o que representa uma taxa de desemprego de 4,4% para os economicamente ativos.[23] De acordo com os dados de 2011, 3,2% dos habitantes em domicílios na voivodia da Mazóvia tinham despesas abaixo da linha de pobreza extrema (ou seja, estava abaixo do mínimo de subsistência), enquanto o indicador para a voivodia da Mazóvia, excluindo Varsóvia, incluía 4,5% dos habitantes desta área.[24]

TransportesEditar

Transporte rodoviárioEditar

 
Desvio de trânsito de Varsóvia S2

As seguintes estradas nacionais passam pela voivodia:

Transporte ferroviárioEditar

 
Mezanino no corredor da Estação Ferroviária Central de Varsóvia após a reconstrução em 2015-2016
 
Trens 27WE Elf SKM das linhas S2 e S3 na estação do Aeroporto Frédéric Chopin de Varsóvia

Linhas ferroviárias ativas na voivodia:

  • linha ferroviária E 20 Berlim - Varsóvia - Moscou
  • linha ferroviária E 65 Varsóvia - Gdynia
  • linha ferroviária E 75 Varsóvia - Helsinque
  • linha ferroviária nº 1 Varsóvia Central → Katowice
  • linha ferroviária nº 2 Varsóvia Central → Central Brest  
  • linha ferroviária nº 3 Varsóvia Ocidental → Frankfurt nad Odrą  
  • linha ferroviária nº 4 Grodzisk Mazowiecki → Zawiercie
  • linha ferroviária nº 6 Zielonka → Kuźnica Białostocka  
  • linha ferroviária nº 7 Varsóvia Oriental → Jagodzin  
  • linha ferroviária nº 8 Varsóvia Ocidental → Kraków Główny
  • linha ferroviária nº 9 Varsóvia Oriental → Gdańsk Główny
  • linha ferroviária nº 10 Legionowo → Tłuszcz
  • linha ferroviária nº 12 Skierniewice → Łuków
  • linha ferroviária nº 13 Krusze → Pilawa
  • linha ferroviária nº 19 Varsóvia Główna Towarowa → Józefinów subúrbio
  • linha ferroviária nº 20 Varsóvia Główna Towarowa → Varsóvia Praga
  • linha ferroviária nº 21 Varsóvia Wileńska → Zielonka
  • linha ferroviária nº 22 Tomaszów Mazowiecki → Radom
  • linha ferroviária nº 23 Varsóvia Główna Osobowa → Warszawa Zachodnia
  • linha ferroviária nº 26 Radom → Łuków
  • linha ferroviária nº 27 Nasielsk → Toruń Wschodni
  • linha ferroviária nº 28 Wieliszew → Zegrze
  • linha ferroviária nº 29 Tłuszcz → Ostrołęka
  • linha ferroviária nº 31 Siedlce → Świsłocz  
  • linha ferroviária nº 33 Kutno → Brodnica
  • linha ferroviária nº 34 Ostrołęka → Małkinia
  • linha ferroviária nº 35 Ostrołęka → Szczytno
  • linha ferroviária nº 36 Ostrołęka → Łapy
  • linha ferroviária nº 42 Varsóvia Jelonki → Radiowo
  • linha ferroviária nº 45 Varsóvia Oriental → Varsóvia Grochów
  • linha ferroviária nº 46 Varsóvia Ocidental → Varsóvia Czyste
  • Ferrovia suburbana de Varsóvia:
    • linha ferroviária nº 47 Varsóvia Śródmieście WKD → Grodzisk Mazowiecki Radońska
    • linha ferroviária nº 48 Podkowa Leśna Główna → Milanówek Grudów
  • linha ferroviária nº 55 Siedlce → Małkinia
  • linha ferroviária nº 56 Płock Radziwie → Płock Radziwie Porto
  • linha ferroviária nº 76 Bąkowiec → Kozienice
  • linha ferroviária nº 77 Janików → Świerże Górne
  • linha ferroviária nº 82 Bąkowiec → Puławy Azoty
  • linha ferroviária nº 440 Varsóvia Okęcie → Aeroporto Chopin de Varsóvia
  • linha ferroviária nº 447 Varsóvia Ocidental → Grodzisk Mazowiecki
  • linha ferroviária nº 448 Varsóvia Ocidental → Varsóvia Rembertów
  • linha ferroviária nº 449 Varsóvia Rembertów → Zielonka
  • linha ferroviária nº 452 Varsóvia Oriental → Varsóvia Grochów
  • linha ferroviária n.º 937 Varsóvia Okęcie → Jeziorna

Está prevista a construção de uma ferrovia de alta velocidade ligando Łódź a Varsóvia, Poznań e Breslávia, a chamada linha "Y".

O transporte ferroviário local é fornecido pela Koleje Mazowieckie, que é propriedade da voivodia da Mazóvia.

Varsóvia é a única cidade da Polônia com metrô.

Veículos ferroviáriosEditar

A voivodia da Mazóvia, juntamente com a Koleje Mazowieckie e a Mazowieckie Spółka Taborowa, possui 276 veículos, incluindo 244 unidades múltiplas elétricas, 17 unidades múltiplas a diesel e ônibus ferroviários, 13 locomotivas elétricas e 59 vagões push-pull de dois andares adquiridos principalmente pela Koleje Mazowieckie.

Além disso, a Mazowiecka Spółka Taborowa possui oito veículos das séries VT627 e VT628 de produção alemã. Por outro lado, o Gabinete do Marechal da voivodia da Mazóvia é o proprietário de cinco ônibus ferroviários poloneses.

Veículos ferroviários que não são propriedade da Koleje Mazowieckie

Série Tipo Quantidade Número Fabricante Propriedade Utilizador Fonte
VT627 627.0
627.1
003, 008, 101 ÷ 102, 104 ÷ 105 6 Alstom Transport Deutschland
Maschinenbau Kiel
Mazowiecka Spółka Taborowa Koleje Mazowieckie [25]
VT628 628.0 002/012, 009/019 2 Waggonfabrik Uerdingen
Alstom Transport Deutschland
Mazowiecka Spółka Taborowa Koleje Mazowieckie [26]
222M 001 ÷ 002 2 Newag UM Koleje Mazowieckie [27]
SA135 214Mb 021 ÷ 022, 024 3 Pesa UM Koleje Mazowieckie

Transporte aéreoEditar

 
Interior da sala de embarque do Terminal A do Aeroporto Frédéric Chopin de Varsóvia

O maior aeroporto da Polônia está localizado na voivodia: Aeroporto Frédéric Chopin de Varsóvia.

Os seguintes aeroportos estão localizados na voivodia:

Nauka i oświataEditar

 
Auditorium Maximum Universidade de Varsóvia

Mazóvia é a líder entre as voivodias polonesas em termos de desenvolvimento do ensino superior. Atualmente, 270 mil alunos estudam aqui nas universidades, ou seja, duas vezes mais do que na voivodia da Baixa Silésia e 1,5 vezes mais do que na voivodia da Pequena Polônia. Em 2018, cerca de 67% dos alunos estudavam em universidades públicas, o que é o maior resultado em escala nacional e, ao mesmo tempo, comprova um mercado de ensino privado fortemente desenvolvido.[8]

Varsóvia tem a maior concentração de universidades (a capital tem 75% das universidades mazovianas e quase 90% dos estudantes),[8] mas elas também estão localizadas em outras cidades da voivodia: (Płock, Pułtusk, Radom, Siedlce).

Universidades públicas::

  • Academia de Humanidades Aleksander Gieysztor em Pułtusk
  • Academia da Arte de Guerra
  • Academia de Educação Especial
  • Academia de Belas Artes de Varsóvia
  • Universidade Józef Piłsudski de Educação Física em Varsóvia
  • Universidade de Tecnologia de Varsóvia
  • Universidade de Ciências da Vida de Varsóvia
  • Escola de Economia de Varsóvia
  • Escola Principal de Bombeiros
  • Universidade Cardeal Stefan Wyszyński
  • Universidade de Música Fryderyk Chopin
  • Universidade de Ciências Naturais e Humanas de Siedlce
  • Universidade de Tecnologia e Humanidades Casimir Pulaski em Radom
  • Universidade de Varsóvia
  • Universidade de Ciências Médicas de Varsóvia
  • Universidade Militar de Tecnologia Jarosław Dąbrowski em Varsóvia

Segurança públicaEditar

 
Sede da polícia da voivodia da Mazóvia em Radom

Existem dois centros de atendimento de emergência na voivodia da Mazóvia, localizada em Varsóvia e Radom, que atendem aos números de emergência 112, 997, 998 e 999.[28]

CulturaEditar

MonumentosEditar

Em termos de número de monumentos, a voivodia da Mazóvia está logo atrás da Baixa Silésia. O maior número de edifícios industriais históricos da Polônia está localizado na Mazóvia (294). O número de residências historicamente valiosas incluídas no registro de monumentos é significativo (509).[8]

De acordo com uma pesquisa conduzida pela Organização de Turismo da Polônia em 2014, as atrações mais conhecidas de Mazóvia são principalmente edifícios históricos: o Palácio Wilanów, o Parque Łazienki e o centro histórico de Varsóvia.[8]

Na área da atual voivodia da Mazóvia, as seguintes pessoas cresceram e viveram por muitos anos: Juliusz Słowacki, Witold Gombrowicz, Julian Tuwim, Bolesław Prus, Fryderyk Chopin, Isaac Bashevis Singer.

IdiomaEditar

A maioria da população da Mazóvia fala polonês. Antes da Segunda Guerra Mundial, o iídiche era usado entre os judeus, agora é ensinado apenas na Universidade de Varsóvia e usado no Teatro Judaico de Varsóvia em algumas peças. No campo, o dialeto mazoviano era falado, mas vem desaparecendo nas últimas décadas.

A voivodia da Mazóvia é caracterizada pelo melhor domínio de línguas estrangeiras na Polônia. É a primeira em termos de conhecimento de inglês e italiano, a segunda em termos de francês e alemão e a sexta em termos de conhecimento de espanhol.[29]

ReligiãoEditar

Catedral Basílica da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria em Płock
Templo da Misericórdia e do Amor em Płock
Catedral da proteção da Santíssima Virgem Maria em Radom
Catedral da Imaculada Conceição da Bem-Aventurada Virgem Maria em Siedlce

A maioria dos habitantes da voivodia da Mazóvia pertence à Igreja Católica. No entanto, menos da metade da população é praticante. Na Arquidiocese de Varsóvia, 30% da população é atuante, na Diocese de Płock, 32% e 34% na Diocese de Varsóvia-Praga, o que os torna um dos mais secularizados da Polônia. 37% da população trabalha na diocese de Radom. A diocese de Siedlce (45%) e a diocese de Łomża (44%) são as mais religiosas.[30]

A segunda maior religião na voivodia da Mazóvia são os mariavitas, que vivem em grande número nas proximidades de Płock, Varsóvia, Siedlce e Mińsk Mazowiecki. Quase metade dos mariavitas poloneses vive na voivodia da Mazóvia. O berço do mariavitismo é Płock, onde Santa Maria Franciszka Kozłowska recebeu revelações da Obra da Grande Misericórdia. Em Płock existe um Templo da Misericórdia e do Amor, um santuário e a sede das autoridades da Antiga Igreja Católica Mariavita. As paróquias desta Igreja estão espalhadas por toda a voivodia e pertencem administrativamente a duas dioceses: Varsóvia-Płock e Lublin-Podlasie. No convento de Felicjanów perto de Płock, tem a sua sede, a sede da Igreja Católica Mariavite, que consiste em duas custódias: Varsóvia e Płock.

Os crentes ortodoxos da voivodia da Mazóvia vivem principalmente em Varsóvia, onde também fica a sede das autoridades da Igreja Autocéfala Ortodoxa Polonesa. As paróquias da voivodia pertencem administrativamente a três dioceses: Varsóvia-Bielsko (Varsóvia, Wołomin, Stanisławowo, Płock), Lublin-Chełm (Siedlce, Mińsk Mazowiecki) e Łódź-Poznań (Radom). Além disso, a paróquia da catedral do Ordinariato Ortodoxo do Exército Polonês opera em Varsóvia.

Existem também sinagogas (neo-ortodoxas, reformadas e ortodoxas), uma mesquita, uma gurdawara siqui, a única capela mórmon independente e muitas igrejas protestantes na voivodia. Esforços para construir um templo budista estão em andamento.

O calvinismo foi importante no nordeste da Mazóvia. Também há Testemunhas de Jeová na voivodia e aqui em Nadarzyn, no condado de Pruszków, eles têm sede na Polônia.

EsportesEditar

Um dos clubes de futebol poloneses de maior sucesso, o Legia Warszawa, joga aqui. Além disso, há também o Polonia Warszawa, o Wisła Płock, Świt Nowy Dwór Mazowiecki, Ząbkovia Ząbki, Radomiak Radom, Sęp Żelechów. O AZS Politechnika Warszawska e Rosa Radom jogam na Liga Polonesa de Basquetebol. O AZS Politechnika Warszawska e Czarni Radom jogam na Liga Polonesa de Voleibol. DPD IŁCapital Legionovia Legionowo joga na TAURONLiga. A PGNiG Men's Super League apresenta o Orlen Wisła Płock, um dos clubes de handebol mais bem-sucedidos da Polônia.

Proteção ambientalEditar

 
Ruínas de celeiro de 1841 na foz do rio Narew até o Vístula

Na voivodia da Mazóvia havia:

  • 1 parque nacional – Parque Nacional Kampinos
  • 9 parques paisagísticos
    • Parque paisagístico de Bolimowski
    • Parque paisagístico de Brudzeński
    • Parque paisagístico de Chojnów
    • Parque paisagístico de Gostynin e Włocławek
    • Parque paisagístico de Górzno-Lidzbark
    • Parque paisagístico de Kozienice
    • Parque paisagístico da Mazóvia
    • Parque paisagístico de Nadbużański
    • Parque paisagístico de Podlaski Przełom Bugu
  • 171 reservas naturais
  • 62 áreas de paisagem protegidas

Referências

  1. «Resultados da pesquisa atual - Banco de Dados Demográficos - Escritório Central de Estatística da Polônia» (em polonês). Consultado em 5 de julho de 2021 
  2. a b «Baza Demografia - Główny Urząd Statystyczny». demografia.stat.gov.pl. Consultado em 5 de julho de 2021 
  3. a b c Powierzchnia i ludność w przekroju terytorialnym w 2014 r. Varsóvia: Główny Urząd Statystyczny. 24 de julho de 2014. ISSN 1505-5507 
  4. Raport o stanie lasów w Polsce 2012. Varsóvia: Centrum Informacyjne Lasów Państwowych. 2013. p. 78. ISSN 1641-3229 
  5. «geoportal.gov.pl». geoportal.gov.pl. Consultado em 5 de julho de 2021 
  6. http://stat.gov.pl/cps/rde/xbcr/gus/powierzchnia_ludnosc_teryt_2007.zip
  7. a b c d e «Baza Demografia - Główny Urząd Statystyczny». demografia.stat.gov.pl. Consultado em 7 de julho de 2021 
  8. a b c d e Wydział Geografii i Studiów Regionalnych Uniwersytetu Warszawskiego (2018). Mazowsze - Ekonomia i Gospodarka. [S.l.: s.n.] ISBN 978-83-65912-14-5 
  9. «Województwo mazowieckie » mapy, miasta, nieruchomości, GUS, noclegi, regon, wypadki drogowe, bezrobocie, zarobki, wynagrodzenie, tabele, edukacja, demografia, statystyki, pojazdy». Polska w liczbach (em polonês). Consultado em 7 de julho de 2021 
  10. «Wykonanie budżetów JST woj Mazowieckiego za 2013 r. w podziale na kwartały (raport z dnia 22.06.2014) → Tab.1 poz. 12 i poz. 23; Tab.4a poz. 29». Regionalna Izba Obrachunkowa w Warszawie. Consultado em 6 de julho de 2021 
  11. a b c d e «Wykonanie budżetów JST woj Mazowieckiego za 2013 r. w podziale na kwartały (raport z dnia 22.06.2014)». Regionalna Izba Obrachunkowa w Warszawie. Consultado em 6 de julho de 2021 
  12. a b «Obwieszczenie Prezesa Głównego Urzędu Statystycznego z dnia 24 września 2014 r. w sprawie przeciętnej stopy bezrobocia w kraju oraz na obszarze powiatów». isap.sejm.gov.pl. Consultado em 6 de julho de 2021 
  13. Powierzchnia i ludność w przekroju terytorialnym w 2010 r (PDF). Varsóvia: Główny Urząd Statystyczny. 22 de junho de 2011. ISSN 1505-5507 
  14. Prawa miejskie od 01.01.2018; Ludność z 2011 r.
  15. «Execução dos orçamentos das autarquias locais da voivodia da Mazóvia para o ano de 2013, repartidos por trimestres (relatório de 22.06.2014) → Tabela 1 item 12 e pos. 23; Tab. 4a pos. 10 e pos. 29». Regionalna Izba Obrachunkowa w Warszawie. Consultado em 16 de julho de 2021 
  16. Urząd Statystyczny w Warszawie (10 de janeiro de 2014). «Rocznik Statystyczny Województwa Mazowieckiego 2013». p. 87. ISSN 1509-9652 
  17. (§3. Statut MUW w Warszawie) Załącznik do Zarządzenia Nr 480 Wojewody Mazowieckiego z dnia 26 listopada 2010 r. (Dz. Urz. Woj. Mazowieckiego z 2010 r., Nr 209, poz. 6628).
  18. Główny Urząd Statystyczny (12 de janeiro de 2015). Rocznik Statystyczny Województw 2014. Varsóvia: [s.n.] p. 164, 625. ISSN 1230-5820 
  19. «Regional GDP Regional GDP per capita in 2011» (PDF) (em inglês). Eurostat - European Commission. 27 de fevereiro de 2013. Consultado em 16 de julho de 2021 
  20. «Gross domestic product (GDP) at current market prices by NUTS 2 regions» (em inglês). Eurostat - European Commission. 22 de março de 2012. Consultado em 16 de julho de 2021 
  21. Główny Urząd Statystyczny (24 de janeiro de 2012). Rocznik Statystyczny Województw 2011 (wybrane tablice) (PDF). Varsóvia: [s.n.] pp. 58–59. ISSN 1230-5820 
  22. «Urząd Statystyczny w Warszawie». warszawa.stat.gov.pl. Consultado em 16 de julho de 2021 
  23. GUS. «Desempregados registrados e taxa de desemprego no final de setembro de 2019» (em polonês). stat.gov.pl. Consultado em 16 de julho de 2021 
  24. GUS. «Pobreza na Polônia em 2015 e 2016» (em polonês). stat.gov.pl. Consultado em 16 de julho de 2021 
  25. «Koleje Mazowieckie pozbywają się spalinowych VT628». www.rynek-kolejowy.pl (em polonês). Consultado em 17 de julho de 2021 
  26. «Koleje Mazowieckie pozbywają się spalinowych VT628». www.rynek-kolejowy.pl (em polonês). Consultado em 17 de julho de 2021 
  27. «Drugi 222M we flocie Kolei Mazowieckich - TransInfo». transinfo.pl (em polonês). Consultado em 17 de julho de 2021 
  28. «Wykaz NKA dla lokalizacji Ab. Służb Alarmowych 112» (PDF) (em polonês). uke.gov.pl. Consultado em 17 de julho de 2021 
  29. «Mapa linguístico da Polônia - classificação de competências em línguas estrangeiras por regiões». Bankier.pl (em polonês). 26 de novembro de 2009. Consultado em 17 de julho de 2021 
  30. «As últimas estatísticas sobre a religiosidade polonesa - ekai.pl». web.archive.org. 19 de julho de 2011. Consultado em 17 de julho de 2021 

Ligações externasEditar