Abrir menu principal

Voz e Violão – No Recreio – Volume 1

Voz e Violão – No Recreio – Volume 1
Álbum ao vivo de Nando Reis
Lançamento 27 de novembro de 2015
Gravação 25 de Abril de 2015 no Citibank Hall, em São Paulo, São Paulo[1]
Gênero(s) Rock acústico
Duração 67:00[2]
Idioma(s) Português
Formato(s) Download
CD
Gravadora(s) Deckdisc
Cronologia de Nando Reis
Sei como Foi em BH
(2013)
Jardim-Pomar
(2016)

Voz e Violão – No Recreio – Volume 1 é o quarto álbum ao vivo do cantor e compositor brasileiro Nando Reis. O álbum tem a participação de Nando apenas,[3] sem sua banda de apoio Os Infernais. O show registrado ocorreu numa noite de abril na casa de shows Citibank Hall em São Paulo, com um público de 3,7 mil pessoas.[1]

A ideia de fazer um álbum neste formado surgiu após Nando ter participado em fevereiro de 2015 do projeto Sala de Estar, no SESC Pompeia, no qual realizou quatro shows só com o violão.[4] Ele descreve a experiência de ter escolhido o repertório do álbum da seguinte forma: "Dei uma revisitada em algumas canções, em termos de audição, de olhar a minha própria discografia. Ouvi novamente algumas músicas". Uma das faixas é inédita: "Diariamente", escrita por ele, mas lançada originalmente por Marisa Monte em seu álbum de 1991 Mais.[1]

FaixasEditar

N.º Título Duração
1. "As Coisas Tão Mais Lindas"   3:27
2. "N"   5:19
3. "Os Cegos do Castelo"   5:04
4. "Lamento Realengo"   5:28
5. "Nos Seus Olhos"   3:52
6. "Dentro do Mesmo Time"   4:23
7. "Luz dos Olhos"   6:01
8. "Diariamente"   4:57
9. "Sutilmente"   4:46
10. "Relicário"   5:47
11. "Sei"   3:52
12. "All Star"   3:53
13. "Pra Você Guardei o Amor"   5:12
14. "Por Onde Andei"   4:49
Duração total:
67:00[2]

Referências

  1. a b c Antunes, Pedro (27 de novembro de 2015). «Nando Reis lança disco e expõe a relação íntima com o violão». O Estado de S. Paulo. Grupo Estado. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  2. a b «Voz e Violão – No Recreio – Volume 1». iTunes. Apple. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  3. «Nando Reis lança disco no formato voz e violão depois de 30 anos de carreira». Estúdio i. Grupo Globo. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  4. Rodrigues, Leonardo (1 de dezembro de 2015). «"As letras do sertanejo são muito pouco desenvolvidas", diz Nando Reis». UOL Música. Grupo Folha. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  Este artigo sobre um álbum de Nando Reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.