Abrir menu principal

Waldyr Diogo de Siqueira

engenheiro, empresário, industrial e filantropo brasileiro
Waldyr Diogo de Siqueira
Nome nativo Waldyr Diogo de Siqueira
Nascimento 5 de abril de 1910
Fortaleza
Morte 17 de janeiro de 1970 (59 anos)
Fortaleza
Sepultamento Cemitério São João Batista
Cidadania Brasil
Alma mater Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia
Ocupação engenheiro, empresário, filantropo
Empregador Confederação Nacional da Indústria
Causa da morte parada cardiorrespiratória

Waldyr Diogo de Siqueira (Fortaleza, 5 de abril de 1910 - Fortaleza, 17 de janeiro de 1970), foi um engenheiro, empresário, industrial e filantropo brasileiro.[1][2]

BiografiaEditar

Descendente de tradicional família cearense, filho do industrial e grande benemérito, Antônio Diogo de Siqueira e de D. Elisa Viana de Siqueira, senhora pertencente a ilustre família cearense, iniciada com o português Luís Antônio da Silva Viana, que exerceu elevadas funções fazendárias ao tempo da Capitania do Ceará-Grande.[3]

Formou-se Engenheiro Civil pela Escola Politécnica da Bahia em 1932. Atuou nos setores da indústria de extração de óleos e da construção Civil, dando novo perfil urbanístico a cidade de Fortaleza. Construiu vários outros prédios importantes de Fortaleza, notadamente o da Faculdade de Direito do Ceará, apreciado pela beleza da forma e pela solidez, muito depois insuficiente para as atividades do dito estabelecimento pioneiro do ensino universitário no Ceará, tendo sido então construído um anexo, em desacordo com a arquitetura do principal.[4][5]

Foram suas preocupações sociais com os operários de suas fábricas e da indústria Cearense que o levaram a engajar-se nas entidades de classe, promovendo a fundação da entidade patronal da indústria, a FIEC, em 1950. Exerceu os cargos de Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará e dos Conselhos Regionais do SESI e do SENAI e de Diretor Regional do SESI de 1950 a 1962.[6][7][8]

Foi Diretor Tesoureiro da Confederação Nacional da Indústria no período de 1956 a 1960. Foi diretor do Sinduscon de 1955 - 1959.[9] Em sua gestão, construiu obras para sediar essas entidades na capital e no interior do Estado; firmou convênios internacionais que propiciaram recursos financeiros e equipamentos para as atividades sociais do SESI/Ce e o ensino profissionalizante do SENAI-Ce em favor da educação de bem estar do trabalhador industrial.[10]

Em 17 de janeiro de 1970, preparava-se para ir ao escritório da firma de engenharia de que era titular, como diariamente fazia, apesar de se tratar de um sábado, quando tombou, fulminado por um colapso cardíaco, inesperadamente, embora não se ignorasse as condições precárias de sua saúde.[11]

Fora extremamente dedicado à família, tendo deixado viúva dona Norma Libânia Ferreira Diogo, uma filha, dona Sílvia Diogo de Siqueira Holanda, casada com o médico dr. João Elísio de Holanda, e os filhos Antônio Eduardo Diogo de Siqueira e Waldyr Diogo de Siqueira Filho, que dariam continuidade à empresa paterna.[12][13]

HomenagensEditar

  • Uma unidade do SENAI no Ceará é denominada Centro de Formação Profissional Waldyr Diogo de Siqueira,[14][15]
  • O IFCE tem a sua biblioteca principal denominada Biblioteca Waldyr Diogo de Siqueira,[16]
  • Um Auditório no SENAI é nomeado em homenagem ao engenheiro,[17]
  • Uma Rua no Bairro Vincente Pinzon, em Fortaleza, homenageia o industrial,[18]
  • Uma Praça no Bairro de Fátima, em Fortaleza, foi nomeada em homenagem ao engenheiro,[19]
  • O CREA-CE possui um auditório nomeado Engenheiro Civil Waldyr Diogo de Siqueira,[20][21][22]
  • O Sindicato das Construtoras do Ceará promove a entrega do Troféu Waldyr Diogo de Siqueira,[23][24]

Referências

  1. «Waldyr Diogo de Siqueira». www.sfiec.org.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  2. «Waldyr Diogo de Siqueira - Biografia». www.sfiec.org.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  3. «Waldir Diogo de SIQUEIRA». portal.ceara.pro.br (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2018 
  4. Personalidades do Ceará. [S.l.]: L. Diógenes. 2000 
  5. «Memoria dos Presidentes da FIEC». sfiec.org.br/ 
  6. Cortés, C. (1957). Homens e instituições no Rio. [S.l.]: Serviço Gráf. do I.B.G.E. in Lucas, D. F., Brasil 
  7. O processo histórico de industrialização do Ceará: um estudo. [S.l.]: Federação das Indústrias do Estado do Ceará. 1989 
  8. «Waldyr Diogo de Siqueira - Gestão: A concretização da idéia». www.sfiec.org.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  9. «Institucional - SINDUSCON-CE - Sindicato das Construtoras». SINDUSCON-CE - Sindicato das Construtoras 
  10. Comřcio, Brazil Ministřio do Trabalho, Inds͠tria e (1946). Boletim do Ministřio do Trabalho, Inds͠tria e Comřcio. [S.l.]: Ministřio do Trabalho, Inds͠tria e Comřcio 
  11. Silva, José Solon Sales e (27 de julho de 2018). O Cemitério Revisitado. [S.l.]: Editora Baraúna. ISBN 9788543709031 
  12. Marciano, lopes (1989). Royal Briar. [S.l.]: Gráfica Editora Tiprogresso. ISBN 9788584920082 
  13. Who's who in Brazil. [S.l.: s.n.] 1977 
  14. «Unidades no Ceará». senai-ce.org.br/. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  15. escolas. «Escola - Waldyr Diogo de Siqueira Centro de Formação Profissional - Senai Ceara - Fortaleza - CE». Escol.as. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  16. «Biblioteca Waldyr Diogo de Siqueira». ifce.edu.br/. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  17. «Cristiana Lôbo reinaugura auditório Waldyr Diogo com Fórum Ideias em Debate». senai-ce.org.br/. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  18. «Busca CEP Rua Waldir Diogo Siqueira no bairro Vicente Pinzon na cidade Fortaleza no Ceará - CE». www.achecep.com.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  19. «Praça Waldir Diogo Siqueira, Fátima - Fortaleza CE - CEP 60025-220». www.consultarcep.com.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  20. «Crea 2018 - Valorização profissional, fiscalização e inovação tecnológica». www.creace.org.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  21. «Confea - Conselho Federal de Engenharia e Agronomia». www.confea.org.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  22. «Carlos Alberto Sardenberg é o convidado da próxima edição do Fórum Ideias em Debate». www.iel-ce.org.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  23. www.baladain.com.br. «Balada In | Pompeu Vasconcelos | Coberturas». www.baladain.com.br. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  24. Online, O POVO. «C. Rolim é bicampeã». www.opovo.com.br. Consultado em 30 de setembro de 2018