Wang Chong

Wang Chong (em chinês tradicional: 王充; em chinês simplificado: 王充; em pinyin: Wáng Chōng; em Wade-Giles: Wang Ch'ung, de nome cortês Zhongren (仲任), viveu em torno de 27 d.C.-100 d.C.),[1] foi um filósofo chinês da dinastia Han que desenvolveu um pensamento racional, temporal, naturalístico, e mecânico do mundo e doa seres humanos. Seu trabalho principal era Lùn Héng (論衡, “ensaios críticos”). Este livro conteve muitas teorias que envolviam ciências da astronomia e da meteorologia, e Wang Chong foi o primeiro na história chinesa a mencionar o uso da bomba da corrente da água, que se tornou comum na irrigação e nas obras públicas da China posteriormente.[2]

Wang Chong
Nascimento 27
Shangyu (Dinastia Han)
Morte 97 (69–70 anos)
Cidadania Dinastia Han Oriental
Ocupação filósofo, meteorologista, astrônomo, matemático

Ao contrário da maioria dos filósofos chineses de seu período, Wang passou muita de sua vida na pobreza não-auto-imposta. Diz-se ter estudado em quiosques de livros, dotado de uma memória magnífica.

Referências

  1. Crespigny, Rafe (2007). A Biographical Dictionary of Later Han to the Three Kingdoms (23-220 AD). Leiden: Brill. ISBN 90-04-15605-4. OCLC 238234833 
  2. Needham, Joseph (1986). Science and Civilization in China: Volume 3, Mathematics and the Sciences of the Heavens and the Earth. Taipei: Caves Books Ltd.

Ligações externasEditar